Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec nec mauris interdum, suscipit turpis eget, porta velit. Praesent dignissim sollicitudin mauris a accumsan. Integer laoreet metus

RE já que falamos em leitura, vale conferir “Via Férrea”, livro de poemas de Mário Alex Rosa que saiu recentemente pela editora Cosac Naify. Sucessor de “Ouro Preto”, passeio mais do que particular e denso pela Ouro Preto de suas memórias afetivas e efetivas, o poeta e artista plástico apresenta 49 poemas escritos entre 2004 e 2006, que devem ser lidos na sequencia, no fôlego possível, e depois redegustados um a um.

Mesmo que o certo seja ler tudo de um gole, de uma tacada, vai um flash: “No alarido da cidade/ capta a voz do coração/ cortando a via férrea./ a batida dura o tempo/da espera, que há muito só ouve./A combustão do silêncio pega, inflama,/ mas você já não reclama, deixa o pavio”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *