Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec nec mauris interdum, suscipit turpis eget, porta velit. Praesent dignissim sollicitudin mauris a accumsan. Integer laoreet metus

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

Por: Kiko Ferreira

 

O movimento da luta antimanicomial apresenta suas armas culturais. O grupo realizou um concurso para escolher o samba de enredo do desfile do Dia da Luta Antimanicomial, dia 18 de maio, e o resultado foi um samba inteligente, com dose discreta de humor e qualidade poética acima de 90% dos sambas que andam sendo vendidos como geniais nas rodas das novas gerações.

 

Ouvindo vozes

Anúncio

Com o sugestivo título de “Psiu, estou ouvindo vozes”, o samba, criado no centro de Convivência São Paulo, tem letra que vale a pena reproduzir:

 

Psiu, psiu psiu estou ouvindo vozes

Psiu psiu estou ouvindo vozes(2X)

Mães de maio, mães da praça,

Continuam com seus olhos em Luanda

No peito um tambor: Liberdade aqui está o seu amor

Prá lembrar seus sonhos de menina,

Somos todos kaiowá na Palestina

 

Resistir é todo dia no caminho da Estação

Pra expressar em liberdade minha loucura ou não

Sou vira lata, eu sou poesia, mudando a cor da monotonia.

Bordados de prata, banhados em ouro

Esse é o contorno do meu tesouro.

 

Delirar delirô eu entendi

Pus o dedo no futuro, fiz um furo na razão

Que cheiro é esse? É a indiferença na drogolândia de todos nós.

Tem de sal de fruta aí? Tem essa luta aqui.

 

Prá que escutem a nossa voz

Dandara é o amor de Zumbi

Rimando hip hop em guarani

Dou gracias a la vida, meu canto é livre aqui,

Pois nessa roda somos todos Mcs.

 

Ciranda cirandinha vamos todos criançar

Dando uma volta ou meia, prá você me encontrar

Na teimosia do sonho que encantou

Do amor que tu me tens de tão belo a dor.

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *