Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec nec mauris interdum, suscipit turpis eget, porta velit. Praesent dignissim sollicitudin mauris a accumsan. Integer laoreet metus

O advogado e presidente da Dufry do Brasil, Humberto Mota, foi o convidado para o último almoço do semestre da Associação de Dirigentes Cristãos de Empresa (ADCE MG), realizado no dia 22 de junho, na Fiemg. Com o tema: “Cenários Brasileiros em 2015 e 2016”, Mota traçou um panorama do atual momento econômico, social, político e de mercado e suas perspectivas e possíveis desdobramentos no próximo ano. O empresário ressaltou que a sociedade brasileira tem que ter uma atitude de cobrança para que a agenda do Brasil seja a agenda da sociedade. Destacou que as perspectivas para o PIB em 2015, juntamente coma inflação, são algumas das principais preocupações.
“As perspectivas para o PIB desse ano não são das melhores, especialistas de mercado apontam para um resultado negativo. Temos de ficar atentos também com a inflação para que ela não chegue aos dois dígitos. Inflação acima da zona de conforto provoca a perda de referência de preços o que acaba corroendo a renda e penalizando sempre quem está na base da pirâmide”, disse Mota.
O executivo acredita que em 2016 o Brasil já apresente números positivos em alguns setores, principalmente o de commodities. Citou como exemplo a reabertura do mercado russo e chinês para a carne brasileira, além de forte demanda para outros insumos como milho e soja em países europeus e americanos. 
Para empresários, Mota destacou que o momento é para se evitar dívidas já que o dinheiro está muito caro. Mas para aqueles que estão com dinheiro em caixa é o momento para buscar novas oportunidades de negócios e se preparar para a retomada da economia. Para esse ano a Dufry planeja a abertura de 51 novos pontos de atendimento. O presidente da ADCE MG, Sérgio Frade, destacou o chamado de Mota para a necessidade de uma visão cristã na sociedade civil e política para superar as divergências e encontrar o caminho do crescimento sustentável.
“O Brasil precisa se unir através de uma agenda nacional para superar os obstáculos e dificuldades pontuais, para a retomada do crescimento. Mantemos a esperança de que os líderes políticos e empresariais encontrem os caminhos necessários para reestabelecer o crescimento sustentável”, afirma Frade. O encontro, realizado mensalmente, é uma iniciativa da Associação de Dirigentes Cristãos de Empresa (ADCE MG) em parceria com o Sistema FIEMG, por meio do Serviço Social da Indústria (SESI). 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *