Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec nec mauris interdum, suscipit turpis eget, porta velit. Praesent dignissim sollicitudin mauris a accumsan. Integer laoreet metus

 

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

• Empresa abriu mais de 50 concessionárias nos últimos cinco anos

• Processo envolveu 14 novos grupos investidores e R$ 400 milhões

• Rede presente em todas as rotas estratégicas do transporte no Brasil

Anúncio

• Concessionária 100 é também a primeira sustentável

 

 

 

A Iveco inaugurou no dia 1 de dezembro sua concessionária número 100 no Brasil. Trata-se da Mercalf, filial de Jundiaí (SP), e com ela a empresa apresenta uma ampla cobertura de atendimento para os clientes da marca no País. “O transportador e o caminhoneiro precisam da tranquilidade que vem com a certeza de que podem contar com o serviço de assistência onde ele estiver, na hora em que ele precisar”, explica Marco Mazzu, presidente da Iveco Latin America. “O Brasil tem dimensões continentais e por isso a capilaridade, ou seja, a presença da rede no território é fundamental”.

A 100ª concessionária Iveco é também a primeira sustentável do Brasil, talvez do mundo. “Nada mais bonito do que celebrar este número histórico com a relevância da sustentabilidade”, comemora Orlando Merluzzi, diretor de desenvolvimento e gestão de rede da Iveco. “Vamos estudar as melhores práticas da Mercalf Jundiaí para ver como as mesmas podem ser adotadas pelo restante da rede”, indica Airton Vieira Pinto, presidente da Associação Nacional dos Concessionários Iveco (Ancive).

Para chegar à sua instalação número 100, a Iveco teve de inaugurar mais de 50 novas casas nos últimos cinco anos.

Em dezembro de 2006 a rede somava 52 concessionárias no Brasil. Em média, foram abertas 10 novas casas por ano. No total são 31 grupos econômicos que representam a marca na atualidade, sendo que 14 são novos grupos que foram atraídos pelo plano de expansão. Em conjunto, investiram cerca de R$ 400 milhões em terrenos, prédios, oficinas e equipamentos para atender aos clientes da marca. “Ainda temos várias outras casas em construção ou em processo de início de obra, de forma que a expansão continua”, diz Merluzzi.

Além das novas instalações inauguradas pelos novos grupos que entraram para a rede, houve também um processo de renovação das casas já existentes. Boa parte da rede já foi adequada a um novo padrão visual corporativo da marca.

Houve ainda a adoção de rigorosos padrões de gestão e serviço. Em alguns casos, as mudanças exigiram a troca de controle acionário. “De forma amigável, substituímos aqueles grupos que não tinham condições de acompanhar nossa velocidade de crescimento”, explica o diretor de rede da Iveco.

A concessionária 100 é um marco importante dentro da expansão da marca Iveco no Brasil. Sustentado por um investimento de R$ 570 milhões no período 2007-2011, o plano incluiu a criação de um centro de desenvolvimento de produto, lançamento de seis famílias de caminhões, uma nova unidade de produção e um centro de distribuição de peças, além de forte investimento em divulgação da marca. Neste processo, as vendas da marca cresceram seis vezes, dobrando o market share da empresa (9,1% hoje). A qualidade do serviço passou por processos de melhoria contínua.

“Nos últimos quatro anos, o volume de passagens pela rede subiu de 35.000/ano para 240.000/ano e a tendência era a qualidade do serviço ter caído”, comenta o diretor de Pós- -Venda da Iveco, Mauricio Gouveia. “Na verdade, subiu”. Segundo ele, o CSI (índice de satisfação do cliente, em inglês) tem aumentado consistentemente desde 2007. “O serviço excelente é um pilar de sustentação da marca Iveco”.

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *