Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec nec mauris interdum, suscipit turpis eget, porta velit. Praesent dignissim sollicitudin mauris a accumsan. Integer laoreet metus

O governador Antonio Anastasia participou no dia 01/09, ao lado da presidenta Dilma Rousseff, da inauguração do complexo siderúrgico da Vallourec e Sumitomo Tubos do Brasil (VSB), em Jeceaba, na região Central do Estado. A empresa investiu cerca de R$ 5 bilhões na construção do complexo de 2,5 milhões de metros quadro que vai gerar 1.600 empregos diretos e outros 2 mil terceirizados.

Durante o evento, Anastasia destacou a importância do empreendimento, consonante com a política de desenvolvimento do Estado de agregar valor a produtos e gerar empregos de qualidade para os mineiros.

“Ficamos orgulhosos em saber que o nosso minério de ferro, vindo aqui de perto se transforma, aqui mesmo, com essa tecnologia, com esse grande esforço de todos, do trabalho e do denodo, nos tubos que vão levar à exploração do petróleo e do gás. Nós mineiros, um Estado mediterrâneo, porque não temos mar, sabemos que teremos produtos made in Minas na exploração do petróleo pelo mar afora, não só no pré-sal brasileiro, mas também em outras nações. Todo esse esforço é fruto de diversas parcerias” afirmou, referindo-se a parceria entre a União, Governo de Minas e município para garantir a viabilidade do projeto.

O governador destacou as ações do Estado para viabilizar empreendimentos que garantam a melhoria da qualidade de vida dos mineiros e lembrou que os materiais produzidos em Minas cada vez mais ganham o mundo. “França, Japão e Minas tem uma identidade histórica que agora se consolida com um empreendimento econômico com tal envergadura. Os produtos aqui feitos passarão pelo mundo e nos orgulharemos de ter aqui aquilo que é obsessão de todo governante: agregar valor aos nossos produtos, agregar valor ao nosso minério, fazer o nosso aço, torná-lo competitivo e levá-lo pelo mundo afora, criando empregos, empregos de qualidade para os mineiros e para os brasileiros. Tenho certeza que Minas Gerais ao longo dos próximos anos mandará boas notícias ao Brasil e ao mundo”, disse.

A presidenta Dilma Rousseff reafirmou a importância de se agregar valor aos produtos brasileiros e destacou o papel do governo mineiro para viabilização do projeto. “De fato para o Brasil e para Minas Gerais é muito importante que a Vallourec e a Sumitomo tenham feito um investimento dessa envergadura, com uma demonstração de como é possível gerar valor utilizando os minérios de ferro daqui de Minas, algo que muito nos preocupa. Eu queria dar parabéns a Vallourec, a Sumitomo, ao governador Anastasia, que eu tenho certeza que é um dos artífices desse projeto, pela sua determinação em viabilizá-lo, pela percepção da importância dele para nossa Minas Gerais. Por esse caminho nós somos um país imbatível no que se refere ao crescimento e a nossa defesa em relação às crises internacionais”, disse.

O presidente do Conselho de Administração da VSB, Flávio Azevedo afirmou que a empresa quer colaborar para o crescimento de Minas e do Brasil. O município de Jeceaba foi o local escolhido para a instalação da planta industrial da VSB por sua localização estratégica, com fácil acesso rodoviário e ferroviário aos portos do Rio de Janeiro, Santos e Vitória. Além disso, a usina instalada é próxima à Mina Pau Branco, jazida de minério de ferro que já pertence ao grupo Vallourec. “A Vallourec e Sumitomo Tubos do Brasil chega para somar, para participar e para contribuir através dessa usina na construção de um país soberano, poderoso em sua economia e decidido a fazer do crescimento econômico um instrumento de transformação e inclusão social”, destacou.

O complexo siderúrgico da VSB utilizará o que há de mais avançado em tecnologia siderúrgica no mundo. O empreendimento terá uma usina com capacidade de produção de um milhão de toneladas de aço bruto/ano e uma laminação que irá produzir 600 mil toneladas de tubos de aço sem costura/ano. Os tubos terão alto valor agregado e serão exportados, atendendo à demanda do setor petrolífero mundial.

Os tubos produzidos pela VSB serão voltados exclusivamente para o setor energético, em especial para a indústria petrolífera. Eles serão usados na perfuração de poços de petróleo e transporte do óleo tanto em águas profundas (offshore) quanto em terra firme (onshore). A produção da usina vai utilizar a tecnologia de rosqueamento VAM e receber tratamento térmico. Os tubos são capazes de resistir a diversas condições de temperatura e pressão. Além de tra-balhos de prospecção, são ideais para extração e transporte de óleo e gás.

A Vallourec & Sumitomo Tubos do Brasil (VSB) é uma joint venture formada pelo grupo francês Vallourec e pelo japonês Sumitomo Metals. Parceiros há mais de 30 anos no campo de conexões premium destinadas ao setor de óleo e gás, as duas empresas iniciaram, em 2007, a construção da usina de tubos de aço sem costura, mediante investimento conjunto de R$ 5 bilhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *