Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec nec mauris interdum, suscipit turpis eget, porta velit. Praesent dignissim sollicitudin mauris a accumsan. Integer laoreet metus

A Fundação Dom Cabral e o Grupo CCR celebraram, no dia 14 de março, no Museu de Artes e Ofícios de Belo Horizonte, os 10 anos de parceria entre as duas instituições. No evento foi assinado um Protocolo de Intenções, que amplia o apoio do CCR, tornando-o um apoiador institucional de todo o conhecimento gerado pelos núcleos da FDC. “Esse novo patamar nos permitirá investir mais em áreas como: sustentabilidade, liderança, inovação, estratégia e economias emergentes, além da continuidade em infraestrutura e logística”, disse o presidente executivo da FDC, Wagner Furtado Veloso.

A cooperação entre as duas instituições permitiu a realização de trabalhos voltados à geração de conhecimento nas áreas de Infraestrutura e Logística e Governança Corporativa. Ao longo de uma década, já foram realizados 30 pesquisas sobre os temas. “Nesses dez anos, os recursos investidos pela CCR nos Núcleo de Governança Corporativa e no Núcleo de Infraestrutura e Logística nos permitiram desenvolver estudos e pesquisas relevantes que serviram à sociedade e às organizações. Foi desenvolvido, por exemplo, um modelo brasileiro de governança corporativa, posteriormente adotado no Programa de Desenvolvimento de Conselheiros da FDC”, disse Wagner Furtado Veloso.

Estiveram presentes na comemoração o Secretário de Transportes e Obras Públicas de Minas Gerais, Carlos Melles, o fundador e presidente da Direto­ria Estatutária, Emerson de Almeida, presidente executivo da FDC, Wagner Furtado Veloso, o presidente do Grupo CCR, Renato Vale, entre outros con­vidados.

Escritório em Minas Gerais

 

Além de comemorar uma década de parceria, o Grupo CCR inaugurou um escritório na cidade de Belo Horizonte. O escritório será sede para apoio e atendimento a todos os projetos de infraestrutura que a companhia venha a participar, inclusive com a concessão do Aeroporto Internacional de Confins.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *