Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec nec mauris interdum, suscipit turpis eget, porta velit. Praesent dignissim sollicitudin mauris a accumsan. Integer laoreet metus

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

A Fiemg deu início às comemorações de seus 80 anos no dia 13 de março, com o lançamento dos selos e do carimbo em homenagem à indústria mineira, realizado no Teatro Sesiminas, em Belo Horizonte. Três selos foram criados por artistas mineiros, e um, para cartas comerciais, traz a imagem da bandeira de Minas.

O governador Antonio Anastasia, o ministro do Trabalho, Carlos Brizola; o vice-governador, Alberto Pinto Coelho; o prefeito Marcio Lacerda e o presidente da Fiemg, Olavo Machado Júnior, foram convidados ao palco para carimbá-los e oficializar o lançamento, conduzido pelo diretor dos Correios no estado, Pedro Amengol.

Em seu discurso, Olavo Machado Júnior lembrou a trajetória da Fiemg e de seus pioneiros (Alvimar Carneiro de Resende, Américo René Giannetti e Euvaldo Lodi), que a criaram em 12 de fevereiro de 1933. Ele também destacou o trabalho da instituição através das décadas para incentivar o desenvolvimento e a diversificação da indústria de Minas. “Nosso foco se mantém centrado no fortalecimento da indústria mineira e no desenvolvimento de Minas Gerais e do Brasil. Juntos, chegaremos lá”, disse.

O governador Anastasia fez um retrospecto da história da indústria mineira e de como a Fiemg contribuiu para o seu crescimento e, dessa forma, fez também o estado se desenvolver. Ele lembrou o trabalho que a entidade tem feito ao longo dos anos para agregar valor ao que as empresas daqui produzem. “Quero transmitir os meus parabéns ao presidente Olavo Machado Júnior, aos empresários e aos presidentes de sindicato. Não só por seu trabalho pelo desenvolvimento da indústria, mas também pelo trabalho pela inclusão, pela sustentabilidade e pela inovação”, disse.

Anúncio

A parceria de mais de três décadas em prol do desenvolvimento econômico e social foi lembrada pelo prefeito Marcio Lacerda. Ele contou que sua história e a da Fiemg estão entrelaçadas há 30 anos, desde que ele trabalhava como secretário de sindicato. “Temos que celebrar a bela história da Fiemg e dessa trajetória conjunta”, disse.

Em seguida à solenidade, os convidados assistiram a um espetáculo em que a história da Fiemg foi contada através de música e dança. O repertório, formado por clássicos da MPB, como “Construção” e “Asa Branca”, foi interpretado pela Orquestra de Câmara, Coral e Cia. de Dança Sesiminas.

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *