Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec nec mauris interdum, suscipit turpis eget, porta velit. Praesent dignissim sollicitudin mauris a accumsan. Integer laoreet metus

A 7ª edição do Festival Internacional de Quadrinhos (FIQ) bateu novos recordes com relação à edição de 2009. Além
de aumentar o número de oficinas, convidados, avaliações de portfólio e atividades interativas, o FIQ recebeu este ano 148 mil visitantes nos cinco dias de evento. O Festival é uma realização da Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Fundação Municipal de Cultura, em correalização com a APPA (Associação Pró-Cultura e Promoção das Artes) e AMICULT (Associação dos Amigos do Centro de Cultura de Belo Horizonte), com patrocínio master da Oi; apoio cultural da Oi Futuro 10 Anos; Consulado da França no Rio de Janeiro; Instituto
Cervantes Belo Horizonte e incentivo da Lei Estadual/ Governo de Minas.

O grande homenageado desta edição foi Mauricio de Souza.

Referência no cenário dos quadrinhos, o autor da Turma da Mônica participou de coletivas, bate-papos e sessões de autógrafos ao longo do evento.

O país homenageado nesta edição do FIQ foi a Coreia do Sul, cuja produção de quadrinhos tem se destacado
internacionalmente nos últimos anos. Dois autores de manhwas, os gibis coreanos, compareceram ao FIQ para
divulgar seus trabalhos e ainda participaram de painéis e bate-papos com o público. Foram eles: Hyung Min Woo, que tem vários títulos publicados na Coreia do Sul e em outros países e Park Sang-sun, autora de “Tarot Café”, também já
publicado no Brasil, Europa e Estados Unidos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *