Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec nec mauris interdum, suscipit turpis eget, porta velit. Praesent dignissim sollicitudin mauris a accumsan. Integer laoreet metus

O Instituto Brasileiro de Executivos Financeiros – IBEF Nacional, fundado em 1971, é uma instituição sem fins lucrativos, reconhecida de utilidade pública. Com sede no Rio de Janeiro- RJ, mantém 11 seccionais nos estados do Ceará, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo (Campinas e São Paulo) e Distrito Federal, estando presentemente ultimando os preparativos para iniciar também as suas atividades na Bahia e Mato Grosso do Sul.

O IBEF conta com cerca de 6.000 associados em todo o país. As empresas as quais esses associados participam possuem faturamento superior a 50% do PIB-Produto Interno Bruto nacional.

Parte expressiva dos associados do IBEF é formada por executivos de finanças – CFO’S e CEO’S e os mesmos dispõem de posição de destaque nas empresas onde atuam.

Anualmente, o IBEF Nacional realiza em uma de suas Seccionais o CONEF-Congresso Nacional de Executivos de Finanças. O último (XXIV) – com o título “Oportunidades em Economia e Negócios” ocorreu no Hotel Sofitel Copacabana, no Rio de Janeiro, nos dias 17 e 18 de outubro de 2013, com a presença de cerca de 1.000 participantes, obtendo grande repercussão na mídia em geral.

Além dos painéis de abertura e encerramento, o evento contou com outros sete painéis contendo a seguinte temática: Visão Empresarial da Economia; Perspectivas Atuais do Direito Empresarial (Tendências do Moderno Direito Societário; Regimes de Exploração e Produção no Brasil: Partilha de Produção, Concessão e Cessão Onerosa; Debêntures de Infraestrutura; Panorama Atual da Arbitragem; A Tributação das Distribuições de Lucros na Vigência do Regime Tributário de Transição); O Momento da Infraestrutura no Brasil; O Esporte como Alavanca do Desenvolvimento; CFO Program (Papéis e Desafios dos CFO’s em Mundo de Grandes Transformações; Alternativa de Hedge Accounting em Tempos de Volatilidade; Onde Estamos e Para Onde Vamos); Perspectivas e Estratégias de Investimento no Brasil para os Próximos Anos; Cyber Security e Cyber Crime: Os Desafios para as Organizações; Perspectivas e Oportunidades na Indústria Naval e Área de Óleo e Gás; Perspectivas e Estratégias de Investimento no Brasil para os Próximos Anos.

Com o tema “Brasil: O papel da mais jovem potência no contexto mundial”, o CONEF de 2012 ocorreu no Hotel Unique em São Paulo; em 2011, sob o título de “Brasil de hoje: desafio presente”, o XXIII CONEF ocorreu em Curitiba-PR.

O XXV CONEF – Congresso Nacional de Executivos de Finanças do IBEF ocorrerá no Hotel Mercure, em Belo Horizonte, Minas Gerais – durante os dias 17, 18 e 19 de setembro de 2014. A programação e o elenco de eventos encontram-se ainda em processo de análise, de discussão e definição. As sugestões nesse sentido são muito bem-vindas e estima-se a presença de um público da ordem de 2.000 participantes durante os três dias de sua realização.

Durante a realização do CONEF ocorre, regularmente, a concessão do “PRÊMIO IBEF” que tem por objetivo homenagear a personalidade do ano na área da economia brasileira. Coube a escolha deste último ao economista Luciano Coutinho, presidente do BNDES. Também já receberam a premiação: Fernando Henrique Cardoso, Jaime Lerner, Carlos Jereissati, Henrique Meirelles, Roger Agnelli, Henri Reichstul, Alcides Tápias, Armínio Fraga, Pedro Malan, Antonio Delfim Netto, Pérsio Arida, Marcílio Marques Moreira, Mailson da Nóbrega, Karlos Rischbieter, Octávio Gouveia de Bulhões, entre outros. O escolhido deste ano é Cledovirno Belini, presidente da Fiat Automóveis S.A.

O IBEF está procurando construir uma agenda bastante flexível, com a previsão de um número maior de painéis ocorrendo simultaneamente. Esta decisão permitirá aos associados participar daqueles painéis que efetivamente sejam do seu real interesse o que, de outro lado, também ensejará uma amplitude maior dos temas a serem abordados.

Uma agenda paralela e dinâmica buscará compatibilizar a agenda oficial com visitas culturais e turísticas em Belo Horizonte e nas cidades históricas mineiras, possibilitando assim um melhor desfrute por parte dos acompanhantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *