Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec nec mauris interdum, suscipit turpis eget, porta velit. Praesent dignissim sollicitudin mauris a accumsan. Integer laoreet metus

Paulo Queiroga

O governo federal poderá definir no início do ano que vem os aeroportos a serem concedidos à iniciativa privada,
afirmou o ministro da Aviação Civil, Wagner Bittencourt em audiência na Câmara dos Deputados. Segundo o ministro, poderão constar desta lista os terminais do Galeão e Santos Dumont, no Rio de Janeiro e de Confins, em Belo Horizonte.

Até agora, o Brasil realizou o leilão de apenas um terminal aéreo, o de São Gonçalo do Amarante (RN) e aguarda
a aprovação do TCU (Tribunal de Contas da União) para repassar à iniciativa privada outros três terminais: Guarulhos
(SP), Viracopos (SP) e o de Brasília.

Para Bittencourt, o governo realiza estudos para definir os terminais que ficarão sob responsabilidade da Infraero e os que serão repassados para Estados, municípios e para a iniciativa privada.

“Estamos definindo o que ficará com a Infraero e o que será concedido ao setor privado, Estados e municípios. A
estratégia está sendo discutida e estará pronta, a princípio, no início do ano que vem”, prevê o ministro.

O governo ainda mantém a data de 22 de dezembro para o leilão dos três terminais já definidos, apesar dos editais ainda estarem em análise pelo TCU.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *