Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec nec mauris interdum, suscipit turpis eget, porta velit. Praesent dignissim sollicitudin mauris a accumsan. Integer laoreet metus

Por: Jussara Ávila e Honorio Tomelin


Esse artigo não reflete necessariamente a opinião de MercadoComum


Instrutora do Método MasterMind e Introdutor da
marca MasterMind em MG respectivamente
 
Na via contrária do que assistimos no cenário político nacional, alguns empresários continuam crescendo, investindo em seus negócios, adotando uma postura positiva em relação ao futuro do país. O que eles têm de diferente? Sorte? Conhecimento? Genialidade?
Napoleon Hill, um jovem pesquisador e jornalista americano, no início do século XX, também questionou sobre a habilidade de algumas pessoas alcançarem o sucesso e outras não.
Em busca de respostas, Napoleon Hill iniciou uma série de entrevistas com empresários de destaque, a fim de desvendar a “fórmula do triunfo”.  
Bateu à porta de Andrew Carnegie, um dos homens mais ricos da América, originário de uma família sem recursos e, naquela época, considerado o magnata do aço. Surpreendido com a ousadia daquele jovem, Andrew lhe propôs auxilio nesta empreitada, apoiando-o em uma pesquisa junto aos 500 maiores líderes, inclusive ele, durante 20 anos, com o objetivo de acompanha-los observando suas ações perante seus negócios. Hill aceitou de imediato. Tudo ocorreu entre 1908 e 1928.
A pesquisa, até hoje a maior existente na área de desenvolvimento pessoal, é retratada nas suas obras A Lei do Triunfo e Quem Pensa Enriquece, livros de cabeceira dos empreendedores.
Atual nos seus resultados, a pesquisa revela 17 (dezessete) características comuns nos 500 lideres analisados, como Henry Ford, Thomas Edison, Firestone, Andrew Carnegie.
1 – Objetivo Bem Definido 
 Ter a consciência do que se quer e como agir para alcançar. Afinal, que sentido há em correr no caminho errado?
2 – Construção do Master Mind Construção de uma aliança de mentes em torno de um objetivo comum, criando uma mente mestra. É a fusão de mentes que se completam nas suas competências.
3 – Confiança em Si Mesmo
É acreditar plenamente em seus objetivos. Ter convicção em atingi-los, resiliência e flexibilidade para enfrentar situações adversas e administrar conflitos.
4 – Hábito de economizar 
Segundo Hill é impossível ser bem-sucedido nos negócios sem saber poupar. 
Porque quando as oportunidades surgem é preciso estar preparado, ter capital para acolhê-las. 
5 – Iniciativa e Liderança 
Liderança é a habilidade de influenciar pessoas para trabalharem entusiasticamente, visando atingir objetivos comuns, inspirando confiança por meio da força do caráter. 
6 – Uso Adequado da Mente
A mente tem quatro zonas bem definidas. A memória, a razão, a imaginação e a criatividade. Aquele que usa adequadamente a sua mente integra todas as suas funções para projetar e alcançar seus desejos.
7 – Entusiasmo
Ha dois tipos de entusiasmo: o endógeno e exógeno. 
O entusiasmo exógeno é o que conhecemos por motivação e o endógeno é a capacidade de automotivação.
8 – Autocontrole
Pessoas bem-sucedidas são maiores que os seus problemas e buscam a melhor solução para estancá-los, mantendo o controle das situações.
9 – O Hábito de Fazer mais que o Combinado
Ter disposição de fazer além do que se é pago para fazer resultará em receber mais pelo que se faz. 
10 – Personalidade Agradável
Ter características que atraiam as pessoas, facilita a rede de relacionamentos duradouros. 
Algumas caraterísticas estão ligadas ao que se vê, outras a qualidades interpessoais, que podem ser treinadas.
11 – Pensar com Segurança
É controlar nossa tagarelice mental, a nossa segunda voz. 
Ter consciência dos pensamentos que ocupam nossa mente, traz a percepção de quais são úteis e saudáveis na condução do objetivo principal bem definido.
12 – Concentração e Foco na coisa certa
É a arte da disciplina, consiste na capacidade de renunciar ao que não colabora para o alcance das metas traçadas.
13 – A Cooperação
É a ação em conjunto e o poder do esforço organizado. 
A base para o triunfo é um espirito cooperativo, compartilhar as potências e benefícios das habilidades diferentes e superiores existentes em cada um.
14 – Tirar proveito do Fracasso
Não existe fracasso existe desistência. Nada conhece mais o fracasso do que o próprio sucesso. 
15 – Tolerância
O líder eficaz primeiro lidera a si mesmo, depois aos outros. 
Tolerar é respeitar o outro e impedir que preconceitos e crenças, minem relacionamentos.
16 – Regra de Ouro
Colhe-se exatamente o que se planta. A regra de ouro é a ética, a moral, o humanismo nos negócios o que resulta em maiores chances de êxito nos empreendimentos. 
17 – A Força Cósmica do Hábito
É a percepção do poder dos hábitos, que virtuosos, aumentam o potencial para o sucesso. O homem se transforma em escravo de seus hábitos constantemente repetidos. Os vencedores fazem diariamente o que os perdedores fazem de vez em quando. 
Segundo Hill, a aplicação destes princípios trará musculatura emocional para o enfrentamento da jornada rumo ao sucesso. Desafios surgirão e estas habilidades aumentarão as chances de êxito.
Hill cita também que o triunfo está ligado à construção de um objetivo principal bem definido, uma fé aplicada e uma atitude mental positiva na utilização das Leis de forma eficaz.
Como aplicá-las de forma correta?
Em 1932, após os resultados surpreendentes de seu workshop Líder com Mente de Mestre, ministrado a pedido do Presidente dos Estados Unidos para auxiliar na melhora dos ânimos depois de 1929, ano do crash da bolsa de Nova Iorque, Hill desenvolve os treinamentos direcionados à liderança de alto desempenho, com a utilização adequada das Leis do Êxito.
A Napoleon Hill Foudation é detentora desta metodologia, presente em 27 países no mundo, inclusive no Brasil.
 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *