Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec nec mauris interdum, suscipit turpis eget, porta velit. Praesent dignissim sollicitudin mauris a accumsan. Integer laoreet metus

Minas Gerais é destaque entre os melhores cafés do país

Acabam de ser definidos os 50 finalistas do 21º Prêmio Ernesto Illy de Qualidade do Café para Espresso. Mais uma vez, o destaque fica para Minas Gerais, que conquista 48 posições na lista com os melhores cafés brasileiros da safra 2011/2012. Nesta edição, São Paulo conquistou as outras duas posições.

Um dos concursos mais importantes da cafeicultura do país, o prêmio da illycaffè busca valorizar centenas de fornecedores, que produzem os grãos que compõem o blend illy, distribuindo cerca de R$ 180 mil aos melhores produtores e classificadores do Brasil. Mais que laurear bons fornecedores, a torrefadora italiana pretende com o prêmio colocar em primeiro plano o esforço desses cafeicultores para alçar seus cafés a um padrão de excelência compatível com os melhores grãos do mundo.

“Foi muito difícil selecionar os 50 finalistas, dada a alta qualidade dos cafés apresentados”, afirma Aldir Alves Teixeira, consultor técnico da illycaffè, que preside a comissão julgadora.

“As notas foram tão altas que muitos outros poderiam ser qualificados como finalistas, mas tivemos de selecionar os melhores entre os melhores para chegar aos 50”, completa. Aumento de mais de 30% De junho a setembro deste ano, quase 500 amostras foram enviadas à Porto de Santos/illycaffè, empresa responsável pelo recebimento dos grãos para o prêmio e pela compra e exportação dos cafés brasileiros à illycaffè. Houve um acréscimo de cerca de 30% em relação à 20ª edição do Prêmio, demonstrando a confiança que os produtores tiveram na
qualidade da safra 2011/2012. Os cafés apresentados vieram de diferentes Estados do Brasil: Minas Gerais, São Paulo,
Paraná, Bahia, Goiás e Espírito Santo.

A Comissão Julgadora, formada por especialistas nacionais e internacionais, presidida pelo Dr. Aldir Teixeira, da Assicafé, analisa os cafés pela classificação das amostras quanto ao aspecto, seca, cor, tipo, peneira, teor de umidade, seleção de grãos no equipamento de ultravioleta e quanto à qualidade da bebida, com degustação em prova de xícara e para espresso.

Após esta criteriosa análise que revelou os 50 finalistas nova codificação será dada às amostras e a Comissão Julgadora se reunirá novamente para analisar e selecionar os dez vencedores que serão anunciados na aguardada cerimônia de entrega do 21º Prêmio Ernesto Illy de Qualidade do Café para Espresso, em março de 2012, em São Paulo.

Mais de US$ 4 milhões
Em sua 21ª edição, o prêmio da illycaffè consagra uma parceria da torrefadora italiana com os produtores brasileiros, que já rendeu mais de US$ 4 milhões distribuídos desde 1991. A expectativa é grande para conhecer os dez primeiros colocados.
Em reconhecimento à qualidade do que produzem, os 10 melhores cafeicultores recebem, respectivamente, R$ 50 mil, R$ 35 mil, R$ 18 mil, R$ 9 mil, R$ 5 mil e, do sexto ao décimo lugares, R$ 2 mil. Todos os demais finalistas recebem R$ 1,2 mil.

Além dos produtores, o concurso premiará cinco classificadores:
o primeiro colocado ganha R$ 3,5 mil; o segundo, R$ 2,5 mil; o terceiro, R$ 1,5 mil; o quarto, R$ 1 mil e o quinto colocado, R$ 1 mil.
A premiação entregará ainda o Diploma de Reconhecimento às Melhores Práticas e Sustentabilidade, para a propriedade mais comprometida com a sustentabilidade no trabalho com o café. Na mesma noite, será anunciado o Fornecedor do Ano safra 2011/2012 e concedido o Diploma de Reconhecimento aos Agentes dos classificadores vencedores, pelo apoio aos produtores durante a safra e pela propagação do
conceito do café de alta qualidade no Brasil.

.

 

21º Prêmio Ernesto Illy de Qualidade do Café para Espresso

A trajetória da torrefadora italiana illycaffè no Brasil começou em 1991, quando a empresa buscava grãos para compor seu exclusivo blend. Ao encontrar um mercado que comercializava café apenas como commodity, pouco valorizado e com qualidade inferior, a illycaffè acreditou no potencial do país e de seu café.

Escreveu-se então um novo capítulo na história da cafeicultura brasileira. As visitas realizadas pelo Dr. Ernesto Illy pelo interior do país provaram aos cafeicultores que existia um mercado disposto a comprar e pagar mais por um produto superior. A presença e o incentivo da illycaffè fortaleceram novamente a cadeia produtiva, oferecendo ferramentas e mecanismos para desenvolver esse tipo de produto. Além de investir em conhecimento em torno do melhor grão, a illycaffè optou por reconhecer o árduo trabalho dos produtores que abraçaram seus
princípios de qualidade e sustentabilidade.

Há 21 anos, nascia aquele que seria conhecido como um dos mais importantes prêmios de qualidade do país: o “Prêmio Brasil de Qualidade do Café para Espresso”. Desde 2008, o concurso leva o nome de Prêmio Ernesto Illy de Qualidade do Café para Espresso, em homenagem ao falecido presidente honorário da empresa, Ernesto Illy. Atualmente em sua 21ª edição, o prêmio já soma mais de US$ 4 milhões distribuídos aos produtores de café.

Sobre a illycaffè

Sediada em Trieste, na Itália, a torrefadora italiana illycaffè produz e comercializa um único blend de café 100% arábica, sob uma única marca, líder em qualidade. Presente em mais de 140 países, o espresso illy está disponível em mais de 50 mil dos melhores restaurantes e bares ao redor do mundo, onde, diariamente, são vendidas mais de 6 milhões de xícaras. A espressamente illy, sua cadeia de franquia de cafeterias no estilo italiano, está presente em mais de 30 países com 230 lojas.

Mundialmente conta com aproximadamente 800 colaboradores e um faturamento consolidado de mais de € 305 milhões em 2010. As exportações responderam por mais de 55% do total das vendas. A illycaffè compra café verde arábica da melhor qualidade diretamente dos cafeicultores, por meio de parcerias que se baseiam na sustentabilidade e reciprocidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *