Vallourec anuncia a criação da "Vallourec Tubos para Indústria", joint venture com o Grupo Açotubo
Vallourec anuncia a criação da "Vallourec Tubos para Indústria", joint venture com o Grupo Açotubo
Rodrigo Rennó, CEO da VTI – Vallourec anuncia a criação da “Vallourec Tubos para Indústria”, joint venture com o Grupo Açotubo
Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

Com demanda crescente de mercado por novas soluções e qualidade técnica, a empresa fornecerá tubos e soluções tubulares para a indústria em geral.

A Vallourec, líder mundial em soluções tubulares premium com grande atuação no Brasil, anunciou o lançamento da empresa Vallourec Tubos para Indústria (VTI), uma joint venture entre a sua Unidade de Tubos Trefilados e Perfilados com a Divisão de Tubos Trefilados e Peças do Grupo Açotubo. Unindo a qualidade e valor de solidez de duas grandes referências de mercado, o novo negócio terá como foco o fornecimento de tubos de aço e soluções tubulares para a indústria em geral, especialmente para os segmentos automotivo, energia, máquinas e equipamentos industriais.

Mais do que nunca, o mercado busca confiabilidade de entrega, alta qualidade técnica, flexibilidade e competitividade em custos, justamente algumas das características que tornaram a Vallourec e a Açotubo reconhecidas.

“As duas empresas têm uma grande afinidade cultural. A Vallourec reforça o seu posicionamento junto aos setores que já atende, mas ampliando o portfólio de produtos com a VTI, enquanto a Açotubo aumenta a sua participação no ramo industrial. Os processos de produção complementares e a semelhança organizacional formaram o cenário ideal para o fechamento da parceria”, explica Rodrigo Rennó, CEO da VTI.

“No caso da Açotubo, a divisão de Tubos de Aço segue com o foco em distribuição e continuaremos comprando de diversos players de mercado. Já a parte da Divisão de Tubos Trefilados e Peças passa a fazer parte da VTI, que também poderá fornecer para a Açotubo.”, ressalta Bruno Bassi, CEO do Grupo Açotubo.

Números e perspectivas

A divisão societária será de 75% da Vallourec e 25% da Açotubo em participações, sendo que a gestão será feita completamente pela Vallourec. Em relação à estrutura, a empresa terá sede em Minas Gerais, além de duas plantas em São Paulo, contando com mais de 500 empregados.

A joint venture terá capacidade anual de trefilar entre 60 e 70 mil toneladas de tubos com e sem costura, além das operações de corte, dobra, transformação dos tubos em peças e componentes. O foco é o mercado nacional, mas as exportações também fazem parte do plano. “A exportação está no DNA da Vallourec e, considerando que o Brasil será o primeiro lugar no mundo onde atuaremos com os produtos que serão disponibilizados pela VTI, isso abre possibilidades lá fora também”, diz Rodrigo Rennó.

Enquanto o lançamento da VTI traz dinamismo ao mercado, os clientes também serão beneficiados. Um portfólio mais amplo reduz o esforço de compra. Além disso, a união resultará em gestão e operações otimizadas, impactando diretamente em maior agilidade e flexibilidade.

“Estamos muito felizes em contar com a expertise do Grupo Açotubo neste empreendimento, trazendo a sua cultura de excelência no atendimento aos clientes com transparência e agilidade”, declarou o executivo da VTI. “É uma honra realizar um projeto com uma empresa irmã como a Vallourec. Isso traz a segurança que o mercado precisa”, finaliza o CEO da Açotubo.

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades