Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec nec mauris interdum, suscipit turpis eget, porta velit. Praesent dignissim sollicitudin mauris a accumsan. Integer laoreet metus

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O governador Antonio Anastasia é campeão absoluto de manchetes, fotos e notícias sobre seus atos nas primeiras páginas do Diário Oficial “Minas Gerais”, impresso pela Imprensa Oficial. Considerado o “Diário Oficial dos Poderes do Estado de Minas Gerais”, das suas 64 edições impressas que circularam desde o início do ano até 9 de abril, ele compareceu com destaque em 44 delas – o que equivale a 69% do total.

 

 

 

 

 

.

 

 

Em 12 edições, além das fotos a ocupar maior parte do espaço das primeiras páginas, o nome Anastasia é realçado com anúncios de grandes realizações, e foram: “Anastasia diz que Federação é letra morta na Constituição”; “Anastasia assina ordem para início das obras do Hospital Regional de Valadares”; “Anastasia aprova propostas para novo Pacto Federativo”; “Anastasia entrega Comenda Chico Xavier e destaca as virtudes do médium mineiro”; “Pacto Federativo deve ser prioridade no País, diz Anastasia”; “Anastasia anuncia a revitalização do Teatro Clara Nunes”; “Anastasia anuncia R$ 735,2 milhões para fortalecimento de hospitais”;

“Anastasia inaugura na Capital a Casa de Direitos Humanos”;

“Anastasia anuncia metas e investimentos de R$ 28 bi”; “Anastasia Lança Uaitec, a maior rede do País de ensino a distância”; “Anastasia entrega aos quatro vencedores o Prêmio de Literatura”;

Em 20 outras edições a palavra “Governador” é usada para iniciar as manchetes das primeiras páginas, como: “Governador anuncia R$ 1 bilhão para “; Governandor anuncia investimento de R$ 4,5 bi em saneamento básico”; “Governador inaugura Centro de Segurança para Grandes Eventos”; “Governador autoriza início da Estação da Cultura em BH”;

“Governador volta a defender profissionalização da gestão pública”; “Governador expõe no Amazonas o modelo mineiro de gestão”; “Governador exige serviços de qualidade no Mineirão”; “Governador inaugura primeira PPP de sistema penitenciário do Brasil”; Governador anuncia R$ 235 mi para aeroportos regionais”;

Dispõe o art. 17, parágrafo único, da Constituição de Minas Gerais: “A publicidade de ato, programa, projeto, obra, serviço e campanha de órgão público, por qualquer veículo de comunicação, somente pode ter caráter informativo, educativo ou de orientação social, e dela não constarão nome, símbolo ou imagem que caracterizem a promoção pessoal de autoridade, servidor público ou partido político”.

De acordo com o Tribunal de Contas de Minas Gerais, durante o período de governo Aécio/Anastasia – (2003 a 2011) foram gastos com publicidade R$ 1,508 bilhão – valor esse mais do que suficiente para se construir uma outra Cidade Administrativa. Para se ter também uma ideia mais ampla sobre o que significa esse colossal gasto basta dizer que ele é quase igual ao patrimônio líquido do BDMG – Banco de

Desenvolvimento de Minas Gerais S.A., de R$ 1,470 bilhão, em 31.12.2012.

A média anual dos gastos de publicidade do governo mineiro no referido período atingiu a impressionante cifra de R$ 167,53 milhões.

 

Enaltecendo a administração tucana O BDMG-Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais S.A. está contratando o Instituto Publix para o Desenvolvimento da Gestão Pública com o “objetivo de prestar serviços especializados de estudos técnicos com fins de registrar a experiência de implantação do novo modelo, atualmente vigente, de gestão pública em Minas Gerais, a história bem como os resultados alcançados e as lições aprendidas ao longo de seus 10 anos”. Ao que se consta, com dispensa de licitação pública. Valor da encomenda do saco de elogios: R$ 391 mil.

.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *