Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec nec mauris interdum, suscipit turpis eget, porta velit. Praesent dignissim sollicitudin mauris a accumsan. Integer laoreet metus

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

O Sicoob Central Crediminas completa 25 anos de existência em 2013. No dia 4 abril, o presidente do Sicoob Central Crediminas, Alberto Ferreira, recebeu no hotel Dayrell os convidados para a celebração da data: dirigentes das cooperativas, autoridades do cooperativismo e personalidades que fizeram parte da trajetória da Central.

Alberto Ferreira deu as boas-vindas afirmando o quão importante é o sentimento de gratidão. “Nosso maior dever é a gratidão, pois não construímos nada, absolutamente nada sozinhos, ao contrário, temos que ter ao nosso lado as melhores pessoas, as melhores relações e os melhores profissionais, além de dirigentes e colaboradores que trabalham motivados por um ideal coletivo”, destacou o presidente do Conselho de Administração do Sicoob Central Crediminas.

“O vigésimo quinto ano desta Central foi sustentado por três pilares: colaboradores e dirigentes engajados; cooperativas sérias e atuantes e os associados, que são o maior motivo de nossa existência”, explicou o dirigente.

Anúncio

“Entre vitórias e percalços da instituição, iniciada na década de 80 por cinco cooperativas das seguintes cidades: Muzambinho, Entre Rios de Minas, Bom Despacho, Curvelo e Montes Claros, logo foi vista como divisor de águas, pois nosso sistema foi o primeiro a ser um representante oficial para o funcionamento do crédito rural no Estado, ao se organizar e estabelecer manual de normas para atuar”, continuou.

Já na década seguinte, o Sicoob Central Crediminas percebeu que era preciso se profissionalizar para crescer. Em outubro de 1992, houve uma proposta de reestruturação que, à medida que era implementada, aperfeiçoava os processos administrativos, organizacionais, operacionais e financeiros. O profissional, com grande experiência na área bancária, que esteve à frente deste marco foi o senhor Raimundo Mariano do Vale, o condutor das mudanças de acordo com as necessidades e expectativas das cooperativas filiadas.

Dentre os fatos relevantes para o fortalecimento da Central e, consequentemente, estruturação do Sistema, estão a Centralização Financeira; Informatização; encontro com o presidente Fernando Henrique Cardoso, que culminou na autorização do Banco Central do Brasil para a criação dos Bancos Cooperativos e abriu as portas para a fundação do Bancoob. Nesta época, o senhor Heli Penido, personalidade histórica do Sicoob Sistema Crediminas, conduzia a Central. Homem íntegro e comprometido com o desenvolvimento do setor, ainda atua em várias vertentes para engrandecimento do Sistema.

Na virada do século, mais conquistas cruciais formataram esta trajetória. “Fomos uma das centrais que constituíram o Sicoob Confederação, instituição que surgiu para organizar todo o Sistema, nacionalmente. Outro fato relevante foi ver o trabalho das cooperativas ser guiado pela Lei Complementar 130, sancionada em 2009. Por meio dela, o desenvolvimento mercadológico se torna real, pois exige das cooperativas uma postura e gestão mais profissionais e a adoção de técnicas e processos que conferem segurança e transparência aos negócios. Fatores inerentes ao novo modelo de governança corporativa, que por meio de sua regulamentação, induz as cooperativas a terem diretoria profissionalizada, com dedicação integral a suas atividades, para conduzi-las com solidez e eficiência”, explicou Alberto Ferreira.

Esta forma de gestão já é inerente às cooperativas de livre admissão. O Sicoob Sistema Crediminas hoje conta com 71 singulares atuando desta forma. Ele é pioneiro nesta modalidade, de acordo com a resolução 3.106 do Banco Central do Brasil. Com essa medida, as cooperativas passam a ter a oportunidade de ampliar o número de associados e contribuir para o desenvolvimento do segmento no mercado.

“Diante das vicissitudes da vida cooperativista, continuamos perseverantes, planejando nossas ações, repensando a forma de gerir, buscando novas relações e novas parcerias para sempre atuarmos embasados nas melhores práticas”, enfatizou Alberto Ferreira. Hoje, o Sicoob Sistema Crediminas conta com meio milhão de associados, 83 cooperativas filiadas, 422 postos de atendimento, mais de cinco mil funcionários e dirigentes e mais um bilhão em patrimônio líquido. Estes números que ratificam o comprometimento e a vocação para o crescimento.

“Nosso sucesso é uma viagem recorrente, e não um ponto de destino. Continuaremos a caminhada construindo relações maduras, respeito e excelência profissional. Nossa tarefa é estar permanentemente preparados para as perspectivas e os desafios que o futuro nos impõe”, finaliza Alberto Ferreira.

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *