Sebrae
Sebrae Minas completa 50 anos
Sebrae Minas completa 50 anos
Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

Trajetória da instituição é marcada pelo estímulo à cultura empreendedora e o fortalecimento dos pequenos negócios do estado

A SEBRAE-MINAS recebe o 24º Prêmio Minas – Desempenho Empresarial – Melhores e Maiores – MercadoComum – 2022 na Categoria Tradição e Perpetuidade.

O Sebrae Minas completou 50 anos de atuação no dia 11 de julho de 2022. Neste meio século de história, a instituição se destacou pelo apoio às micro e pequenas empresas e pelas ações de estímulo ao empreendedorismo, melhoria do ambiente de negócios e do desenvolvimento econômico dos municípios mineiros.

O que justifica esse trabalho são mais de 3 milhões de empreendimentos formais, que respondem por 58% dos empregos e 40% dos salários pagos no estado. Este é o retrato atual dos pequenos negócios, segmento que representa 99% das empresas ativas em Minas Gerais.

Sebrae

Além do atendimento individual, apoiando cada empreendedor em sua trajetória à frente do próprio negócio, o Sebrae Minas investe em estratégias de desenvolvimento de setores e territórios do estado. No suporte empresarial, oferece diversas soluções para apoiar os empreendedores na melhoria da gestão e na busca do crescimento.

Todo o atendimento realizado pela instituição, de forma presencial ou remota, tem o propósito de despertar e fortalecer atitudes e competências essenciais para aumentar a competitividade dos pequenos negócios. “Não é exagero dizer que grande parte das micro e pequenas empresas mineiras bem-sucedidas transformou ou iniciou corretamente seus negócios com a assessoria e o apoio do Sebrae Minas. A instituição tem um índice de recomendação superior a 83 pontos, um patamar considerado de excelência”, destaca Roberto Simões, presidente do Conselho Deliberativo.

Sebrae

50 + 50: passado, presente e futuro em sintonia – O Centro de Assistência Gerencial de Minas Gerais (CEAG-MG), inaugurado em 11 de julho de 1972, foi instituído pela Fundação João Pinheiro e o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG). Uma semana antes, naquele mesmo ano, o Governo Federal criou o Centro Brasileiro de Assistência Gerencial às Pequenas e Médias Empresas (Cebrae), inaugurado em 5 de julho.

O CEAG-MG nasceu com a missão de reduzir o alto índice de mortalidade das pequenas e médias empresas do estado. Os empreendedores recebiam orientação técnica e gerencial para melhorar o desempenho dos negócios, mas já em seus primeiros anos a instituição se tornou uma referência no incentivo ao empreendedorismo em Minas Gerais.

“Ao longo desses 50 anos, ações lideradas ou apoiadas pelo Sebrae Minas garantiram tratamento legal diferenciado aos pequenos negócios, como a redução de impostos e a desburocratização do processo de abertura e gestão de empresas. A criação do SIMPLES, em 1996, e a aprovação da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas, em 2006, foram algumas conquistas importantes do segmento: e o Sebrae participou ativamente da construção desses marcos legais”, conta Roberto Simões, presidente do Conselho Deliberativo.

O Sebrae acompanhou as mudanças econômicas e sociais de cada década, buscando sempre oferecer aos empreendedores o suporte necessário para superar os desafios e impulsionar os negócios. E mais recentemente, diante dos inúmeros desafios impostos pela pandemia aos empreendedores, o Sebrae se consolidou como um serviço essencial à sociedade.

Em meio às turbulências provocadas pela suspensão das atividades presenciais de vários segmentos, a instituição ofereceu amplo acesso aos empreendedores a produtos e serviços para a atualização dos seus modelos de negócio. “Esse apoio foi e continua sendo fundamental para que os empreendedores sigam acompanhando as mudanças no comportamento do consumidor, fortaleçam sua presença digital e busquem se posicionar de forma mais competitiva e sustentável no mercado”, conclui Simões.

Marcelo de Souza e Silva
Marcelo de Souza e Silva

Conselho Deliberativo do Sebrae Minas elege novo presidente, diretores e membros do Conselho Fiscal

Dirigentes tomam posse em janeiro de 2023

O Conselho Deliberativo do Sebrae Minas elegeu na tarde desta quarta-feira (23/11) o presidente, diretores Conselho Fiscal para o período de 2023 a 2026. Marcelo de Souza e Silva, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL-BH), foi eleito presidente do Conselho Deliberativo. Ele assumirá o cargo em janeiro de 2023, para um mandato de quatro anos. Marcelo sucederá Roberto Simões, que ocupou a presidência da instituição em duas gestões: 2007-2010 e 2019-2022.

Afonso Maria Rocha e Marden Marcio Magalhães, atuais Superintendente e Diretor de Operações do Sebrae Minas, respectivamente, foram reeleitos para o próximo mandato. Douglas Cabido, atual Subsecretário de Desenvolvimento Regional da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais, foi eleito para o cargo de Diretor Técnico. Também foram eleitos os membros (titulares e suplentes) do Conselho Fiscal para o período de 2023 a 2027.

Marcelo de Souza e Silva é o atual presidente da CDL-BH e participa do CDE do Sebrae Minas há mais de 20 anos. Formado em Administração e Contabilidade, Marcelo foi diretor da Junta Comercial do Estado de Minas Gerais (Jucemg) entre 2007 e 2009; secretário de Desenvolvimento Econômico e Secretário da Regional Centro-Sul da Prefeitura de Belo Horizonte entre 2013 e 2015.

“Fico muito feliz em ter sido escolhido para seguir essa condução excelente que está sendo feita pela atual gestão”, afirmou o presidente eleito. “Tenho a missão de dar continuidade a esse trabalho, e conto com todos os colaboradores do Sebrae Minas, com este Conselho, mantendo sempre o alinhamento com o Sebrae Nacional. Toda essa articulação é muito importante para mantermos o foco nos pequenos negócios, que são os maiores empregadores do Brasil e precisam realmente do apoio do Sebrae para garantir a sustentabilidade de suas atividades”, destacou.

O Conselho Deliberativo do Sebrae Minas é composto por 15 instituições: Banco do Brasil, BDMG, CDL-BH, Caixa, Ciemg, Faemg, Fapemig, Fecomércio, Federaminas, Fiemg, Indi, Ocemg, Sebrae Nacional, Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) e Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede). A presidência do Conselho é definida a cada quatro anos, com alternância entre representantes dos setores do comércio e serviços, indústria e do agronegócio.

Diretoria Executiva

Afonso Maria Rocha, 61 anos, é Superintendente do Sebrae Minas desde 2007, e já ocupou o mesmo cargo na instituição entre 1997 e 1999. Foi Superintendente de Operações e Mercado do Senac-MG (2000-2004), e Superintendente-executivo do Instituto Estrada Real (2004-2006). É administrador de empresas.

Marden Marcio Magalhães, 54 anos, é Diretor de Operações do Sebrae Minas desde 2015. Na instituição, também foi gerente das regionais Triângulo (2006-2015) e Sul (2006/2008) e analista técnico (1993-2006). É doutorando em Ciências Empresariais pela Universidad de Ciencias Empresariales y Sociales (UCES), Mestre em Engenharia de Produção e graduado em Engenharia Elétrica.

Douglas Augusto Oliveira Cabido, 31 anos, é Subsecretário de Desenvolvimento Regional de Minas Gerais e trabalha na Administração Pública estadual desde 2012. Foi Superintendente na Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Governo de Minas Gerais e Diretor de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte na Secretaria de Estado Extraordinária de Desenvolvimento Integrado e Fóruns Regionais. É graduado em Administração Pública, com

MBA em Gestão Estratégica.

Conselho Fiscal

Titulares: Tatiana Campos Sales da Silva (Ocemg), Carlos Francisco Borja (BDMG) e Nourival de Souza Resende Filho (Federaminas).

Suplentes: Elson Márcio Antero (Ocemg), Israel Luiz Harmendani Diniz (BDMG) e Leonardo Santos Gabriel (Federaminas).

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais – Sebrae Minas – é uma entidade associativa de direito privado, sem fins lucrativos, instituída sob a forma de serviço social autônomo. Integra o Sistema Sebrae, hoje formado por uma unidade central, o Sebrae Nacional, e por unidades localizadas em cada estado da federação e no Distrito Federal.

Sediado em Belo Horizonte, o Sebrae Minas está presente em 55 microrregiões e conta com uma rede de atendimento composta por mais de 500 pontos, sendo 58 agências próprias e o restante pontos de entidades parceiras, abrangendo os 853 municípios mineiros. A instituição oferece produtos e serviços para empreendedores em diversos estágios de desenvolvimento, ajudando a iniciar, diversificar ou ampliar a atuação dos pequenos negócios do estado.

 Números do Sebrae-MG

10 unidades regionais

+ de 500 pontos integrados à Rede de Atendimento Aqui tem Sebrae

+ de 205 mil atendimentos em 2022

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

Mercado Comum: Jornal on-line BH - Cultura - Economia - Política e Variedades

Rua Padre Odorico, 128 – Sobreloja São Pedro
Belo Horizonte, Minas Gerais 30330-040
Brasil
Telefone: (0xx31) 3281-6474
Fax: (0xx31) 3223-1559
Email: revistamc@uol.com.br
URL: https://www.mercadocomum.com/
DomingoAberto 24 horas
SegundaAberto 24 horas
TerçaAberto 24 horas
QuartaAberto 24 horas
QuintaAberto 24 horas
SextaAberto 24 horas
SábadoAberto 24 horas