Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec nec mauris interdum, suscipit turpis eget, porta velit. Praesent dignissim sollicitudin mauris a accumsan. Integer laoreet metus

Paulo Queiroga

Empresa investirá R$ 42 milhões nos próximos dois anos para atrair turistas dos países vizinhos.

O Brasil é visto pelos outros países como um lugar apaixonante, com um povo sempre cordial, festeiro e hospitaleiro.

Mas também, o brasileiro é o que menos gasta da América Latina. Essa imagem foi desenhada pelo presidente da
Embratur, Flávio Dino, no 39º Congresso Brasileiro de Agências de Viagens e Feira das Américas – Abav
2011, realizado no Rio de Janeiro.

Segundo Dino, “gastamos menos porque ficamos menos tempo em um só lugar. Isso é cultural, não é porque temos pouco dinheiro”, justificou o presidente.

Prioridade da Embratur será a América Latina 10 milhões até 2016

O perfil foi traçado a partir do estudo sobre a Demanda Internacional no Brasil realizada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). A meta é receber 7 milhões de turistas dos países vizinhos para bater os 10 milhões de visitantes internacionais previstos até a Olimpíada.

Europeu gasta mais
Dos 5,1 milhões de turistas estrangeiros que visitaram o Brasil em 2010, 46% vieram da América do Sul. Nossos vizinhos gastaram, no ano passado, média de US$ 59 per capta e por dia no País. O europeu gastou US$ 66. “Dos cinco maiores mercados emissores para o nosso país, dois são da região: Argentina e Uruguai”, afirmou o presidente da Embratur.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *