Confira as dicas do educador financeiro da Creditas para manter suas contas em dia e encontrar os melhores conteúdos para se informar

A volta às aulas este ano trará uma novidade para os alunos. Educação Financeira agora é matéria obrigatória na grade escolar desde o ensino básico. A medida do Ministério da Educação deve colher bons frutos à longo prazo, porém, os pais, que cresceram sem esta disciplina, ainda têm o desafio de incorporar lições básicas na própria vida. Hoje, com o avanço da tecnologia, não falta conteúdo disponível. Otávio Machado, especialista em educação financeira da Creditas, principal plataforma online de crédito com garantia do Brasil, listou algumas dicas para encontrar os melhores canais para quem quer incorporar as lições de educação financeira no dia a dia.

Saiba quanto você gasta

Parece uma dica óbvia, porém, uma pesquisa conduzida pela Creditas junto ao IBOPE Inteligência, aponta que 51% dos entrevistados não sabem quanto pagam de juros em seus empréstimos. O número chega a 70% quando se fala do cheque especial. “Listar os gastos é uma maneira simples de visualizar para onde está indo o dinheiro. Desta forma fica mais fácil saber quando vale a pena trocar uma dívida com juros altos, por outra mais barata, ou economizar em uma taxa de manutenção de conta-corrente, por exemplo.”

Se a ideia é facilitar a organização das contas, o segredo é escolher um modelo em que a pessoa se sinta confortável para incorporar o hábito à rotina. Existem diversas opções de planilhas e aplicativos gratuitos disponíveis para realizar esta tarefa. A Planilha de Gastos do Primo Rico, no site da Creditas, Guiabolso, Organizze e Minhas Economias são alguns exemplos populares.

Aprenda a poupar

Quando o salário entra todo mês, o mais comum para muitas pessoas é pagar primeiro todos os gastos fixos ou de rotina, como as contas de moradia e consumo, o que também é chamado de gastos burocráticos. Em seguida, partir para gastos flexíveis ou com qualidade de vida, ou seja, os custos com tudo o que você compra, mas não precisa necessariamente, como aquela ida ao cinema ou a um restaurante que você gosta. E, enfim, ficam por último os investimentos no futuro: aquele dinheiro que você reserva para ter um bom padrão de vida no futuro ou realizar um projeto ou objetivo importante. Isso, se sobrar, certo?

No entanto, o ideal é inverter essa lógica e poupar em primeiro lugar. Existem diversas técnicas para aprender a juntar dinheiro, o importante é encontrar uma maneira que seja de fácil adaptação para cada caso.

Influenciadores e Canais de finanças

Com uma busca rápida, é possível encontrar muita gente falando sobre este assunto nas redes. Os canais com conteúdo de finanças pessoais e investimentos se proliferam na internet. Mas é importante saber em qual estágio está seu entendimento de finanças. “Não adianta acompanhar canais de investimentos avançados, se você não souber a dinâmica da bolsa. Comece por conteúdos para iniciantes, ou que tenham mais a ver com sua própria realidade, para aprender o básico. Aí sim, se organizar e investir”, conta Machado.

Portais de Educação Financeira

Com um viés educativo e informativo, diversos endereços na web têm investido em conteúdos voltados para este segmento. Com notícias e reportagens práticas que informam e contextualizam sobre economia, finanças e negócios, com objetivo de aproximar as pessoas deste universo. As próprias fintechs têm oferecido materiais educativos, como C6 Bank, com o 6 Minutos, e a Creditas, com o Exponencial.

Mudar hábitos e comportamentos

Uma vida financeira saudável está muito mais relacionada aos s hábitos do que simplesmente a quantidade de dinheiro em mãos. Por isso, a mudança de comportamentos e do mindset com relação às finanças é o que mais faz a diferença para quem quer ou precisa se organizar financeiramente — especialmente se você nunca fez nenhum tipo de planejamento financeiro.

Mantenha seus objetivos de investimento e economia sempre em mente e considere-os antes de fazer algum gasto que talvez não seja tão necessário e possa atrapalhar seu planejamento.

Sobre a Creditas

A Creditas é a principal plataforma online de crédito com garantia do Brasil e oferece quatro produtos principais: empréstimo com garantia de imóvel, empréstimo com garantia de veículo, consignado privado e financiamento de veículo. Fundada em 2012 pelo espanhol Sergio Furio, a fintech tem o propósito de viabilizar suas novas conquistas. Essa modalidade de crédito é diferenciada porque oferece taxas mais baixas, parcelas menores, valores maiores e prazos de pagamentos mais longos. Seu DNA digital permite usar a tecnologia para escalar o negócio, otimizar processos e melhorar a experiência dos clientes – sem dispensar o atendimento personalizado, prestando consultoria e oferecendo educação financeira. A Creditas também oferece soluções especiais para quem quer reformar a casa e comprar, vender ou trocar de veículo e de imóvel. Com sede em São Paulo, a Creditas conta com mais de 1400 Tripulantes (colaboradores) e já recebeu R$ 1,2 bilhão em investimentos de fundos internacionais de Venture Capital. A empresa tem se destacado nos rankings da KPMGBusiness Insider, Glassdoor e LinkedIn, sendo apontada como uma das fintechs mais promissoras e inovadoras do mundo