Muitos servidores também querem Reforma Administrativa", diz secretário do Ministério da Economia
Muitos servidores também querem Reforma Administrativa”, diz secretário do Ministério da Economia
Mercado Comum: Jornal on-line BH - Cultura - Economia - Política e Variedades
Mercado Comum: Jornal on-line BH – Cultura – Economia – Política e Variedades
Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

Muitos servidores também querem Reforma Administrativa”, diz secretário do Ministério da Economia

Caio Paes de Andrade falou em live com empresários associados ao CIESP

O secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, Caio Paes de Andrade, disse em live no dia 30 de junho com associados do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (CIESP) que o funcionalismo público demanda e necessita uma reforma administrativa dentro da esfera estatal que possibilite a desburocratização do ambiente de negócios do país.

Anúncio

Durante a live, o secretário discorreu sobre a importância da racionalidade administrativa na esfera federal voltada à gestão pública e apresentou um modelo inovador via site NAP – Nova Administração Pública – onde se concentram as balizas de um novo modelo de que privilegia a eficiência, dentro de um modelo que oferece aos empresários segurança jurídica e consistência de crescimento sustentado à sociedade.

“A desburocratização do aparato amarrado do Estado é uma prioridade deste governo, a partir de um novo marco fiscal que permita à gestão pública se assemelhar à ingerência privada, a partir de conceitos mais maleáveis que possam se adequar e responder às demandas econômicas que travam o crescimento do nosso país”, afirmou Caio durante a explanação do sistema que será apresentado por meio de Proposta de Emenda Constitucional (PEC).

Segundo o secretário, o comprometimento integral e sustentável do governo diante do orçamento com despesas obrigatórias é uma das balizas centrais para estimular o crescimento econômico ao longo dos próximos anos. O combate e fiscalização rigorosa aos privilégios estatais também foi outro ponto bastante abordado por Roriz durante a live e respaldado pelo secretário como meta de governança administrativa.

O vice-presidente do CIESP, José Ricardo Roriz Coelho, endossou os pontos centrais das reformas estruturais. Segundo Roriz, as mudanças vão ajudar a reduzir o Custo Brasil e melhorar o ambiente de negócios no país. “É consenso entre o setor industrial que a retomada sustentável do crescimento econômico do país passa por amplas reformas estruturais que possibilitem a modernização do parque industrial brasileiro e a inclusão de um amplo escopo de novas tecnologias fundamentais a uma cadeia produtiva competitiva e eficiente”, afirmou.

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades
Mercado Comum: Jornal on-line BH - Cultura - Economia - Política e Variedades
Mercado Comum: Jornal on-line BH – Cultura – Economia – Política e Variedades