Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec nec mauris interdum, suscipit turpis eget, porta velit. Praesent dignissim sollicitudin mauris a accumsan. Integer laoreet metus

Pesquisa inédita do Sebrae Minas mostra a participação das micro e pequenas empresas mineiras na economia do estado

 

As micro e pequenas empresas mineiras (MPE) representavam 37% do Produto Interno Bruno (PIB) de Minas Gerais, em 2009. Os bens e serviços produzidos pelos pequenos negócios totalizaram R$ 94,5 bilhões. É o que mostra a pesquisa Participação das Micro e Pequenas Empresas no PIB de Minas Gerais. O estudo, inédito, foi realizado em 2012 pelo Sebrae Minas, em parceria com a Tendências Consultoria Integrada.

No Brasil, o estudo do Sebrae Nacional mostra que as MPE representavam 25% do PIB do país. Em Minas Gerais, os pequenos negócios correspondiam, em 2011, a 99% das empresas formais e eram responsáveis por 55,7% da mão de obra empregada. Para estimar a participação das MPE na economia do estado, o Sebrae Minas desenvolveu uma nova metodologia para pesquisa.

O estudo considerou dados de 2002 a 2009, disponibilizados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e da Relação Anual das Informações Sociais (RAIS), divulgada pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

Foram pesquisados os setores de comércio, serviços, construção civil e indústria. A pesquisa também levou em consideração dados do setor agropecuário, que não está representado na RAIS, mas que em 2009 teve participação de 9% na economia mineira e de 5,6% no PIB do país.

 

Destaques setoriais

No setor de serviços, o destaque ficou para os segmentos de intermediação financeira, seguros e previdência complementar, nos quais a participação das MPE no PIB passou de 30,4%, em 2002, para 42,8%, em 2009. Nesse segmento, o emprego formal nas MPE apresentou alta de 135,4%, entre 2002 e 2009, taxa superior à verificada nas médias e grandes empresas, de 37,5%.

O desempenho da construção civil mostrou bons resultados nos últimos anos, com um aumento de 87,2% no número de empregos formais entre 2002 e 2009. As médias e grandes empresas tiveram um aumento de 135,8% nos postos de trabalho. Nas MPE do setor, o emprego cresceu 53,4% no mesmo período e a participação no PIB foi de 48,4%, em 2009.

O setor de comércio, a participação das MPE no PIB foi de 71,6%, em 2009. Nesse setor, o segmento supermercadista registrou aumento do índice das médias e grandes empresas, inclusive em cidades do interior.

A participação dos pequenos negócios no setor agropecuário que era de 76,3%, em 2002, passou para 71%, em 2009. O aumento do valor das commodities pode ter influenciado o resultado. No período, a participação das médias e grandes empresas no emprego formal aumentou 43,3%, enquanto a das MPE foi de 8,9%.

 

Principais Resultados – Participação percentual das MPE no PIB de Minas Gerais por setor de atividade

.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *