Minas Gerais na mira do STF
Minas Gerais na mira do STF
Minas Gerais na mira do STF
Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, começa 2022 com uma missão intrincada.
Zema tem feito gestões junto ao STF na tentativa de evitar confiscos nas contas do estado a partir de abril.
Trata-se do deadline fixado pelo próprio Supremo para que o governo mineiro feche sua adesão ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF), como forma de renegociar sua dívida de mais de R$ 140 bilhões junto à União.
Pelo andar da carruagem, dificilmente o prazo será cumprido.
A Assembleia Legislativa de Minas (ALMG) resiste em dar seu aval à operação.
A Casa não concorda com algumas das contrapartidas para a adesão de Minas ao RRF, notadamente as restrições ao reajuste salarial de servidores e a privatização obrigatória da Codemig.
 (Fonte: Relatório Reservado – 13.02.2022)

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades