Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec nec mauris interdum, suscipit turpis eget, porta velit. Praesent dignissim sollicitudin mauris a accumsan. Integer laoreet metus

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

Após escandalosas denúncias de desvios de dinheiro público que desde o ano passado mancham a reputação do governo federal, gerando até prisões nos altos escalões, a presidente Dilma nomeia mais um paraquedista para a pasta do turismo.

A pressão da opinião pública e da imprensa deram um empurrãozinho na decisão da presidente Dilma de afastar o
deputado Federal Pedro Novais (PMDB – MA), do cargo de ministro do Turismo, metido até o pescoço em corrupção e
desvios de verbas públicas.

No seu lugar, toma posse outro “paraquedista”, o deputado federal Gastão Vieira, que de turismo talvez conheça como
consumidor. O novo ministro é também do PMDB, também do Maranhão, também afilhado do Presidente do Congresso,
José Sarney. Coincidência? Claro que não. O problema é que, no loteamento dos cargos, o governo federal não pode
retirar o ministério do Turismo do PMDB, partido do Sarney e do vice-presidente da República Michel Temer.

Anúncio

O novo ministro foi consultado para o cargo pelo vicepresidente
Michel Temer durante uma festa de apoio à candidatura de Átila Lins (PMDB – AM) para ministro do Tribunal de Contas da União – TCU. Em entrevista ao jornal O Globo, Gastão disse que havia conversado com José Sarney
e recebeu dele a informação de que a decisão seria de Temer.

Solução política
A escolha de Gastão, de certa forma, resolve uma questão política, pois, o deputado tem ficha limpa, embora sugira
gastos até no nome. Quer dizer, nem tão limpa. Quando assumiu a Secretaria de Planejamento maranhense, na gestão
de Roseana Sarney, Vieira, segundo o site Transparência Brasil, continuou a usar seu apartamento funcional na
Câmara dos Deputados, em Brasília, onde moravam suas duas filhas. Outra das suas peraltices foi empregar uma
delas na Câmara. Ela ficou no cargo até ser exonerada pelo Supremo Tribunal Federal – STF, que proíbe o nepotismo.

Egresso da área da educação
Aos 65 anos e formado em Direito pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Gastão Dias Vieira está no PMDB
desde 1994. Ele se filiou pela primeira vez ao partido em 1985 e permaneceu na legenda até 1990. Passou quatro
anos, mas, em seguida, voltou ao PMDB.

Nascido em São Luís, Gastão chegou a se licenciar duas vezes do mandato de deputado federal para ocupar outros
cargos. A primeira vez foi entre 1995 e 1999, quando assumiu a Secretaria de Educação do Maranhão. Entre 2007 e 2011, ele ocupou o cargo de secretário de Planejamento e

Orçamento do Maranhão.
O novo ministro do Turismo admitiu que emendas de turismo são usadas para construção de praças em “cidades onde
não há lazer”. Mas disse que agora, no comando da pasta, deve rever esse tipo de ação.

Muita responsabilidade e poucos recursos
De acordo com o o site G1, Gastão Vieira teve uma conversa de 40 minutos com a presidente Dilma
Rousseff, no gabinete dela no Palácio do Planalto. E, durante o encontro, Dilma disse que a principal preocupação dela no ministério é a preparação para a Copa do Mundo de 2014.
Logo após assumir o cargo, Gastão Vieira afirmou à imprensa que tem consciência do tamanho do rombo de sua pasta – cerca de 80 milhões – deixados pelo antecessor, Pedro Novais. Segundo o site “Congresso em Foco”, o valor se refere a cerca de 500 convênios irregulares criados entre 2003 e 2009, com empresas, entidades do terceiro setor e
prefeituras para a realização de eventos populares.

Google entra “de sola” no mercado de turismo
O Google acaba de lançar no mercado americano serviços voltados para a área de turismo, como parte da estratégia para reduzir a sua dependência em relação à publicidade on-line.

Os sistemas de busca de hotéis (Google Hostel Finder) e de voos (Google Flights) foram
desenvolvidos com tecnologia da americana ITA Software, comprada pelo Google há cinco meses, por US$ 700 milhões. O Google já havia fechado parceria com os sites Decolar.com e Submarino Viagens, com a empresa de turismo CVC e o grupo hoteleiro Marriott.

A empresa está confiante de poder atingir uma participação significativa de mercado, sobretudo com o lançamento de outros serviços já em desenvolvimento. Entre eles estão estudos sobre tendências de consumo para agências de turismo e aplicativos para smartphones.

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *