Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

Além da liderança do engenheiro especializado em gestão, empresa conta com três novos diretores

O engenheiro Luiz Carlos Ciocchi assumiu a presidência de Furnas no dia 29/04 após validação em Assembleia Geral Ordinária de Acionistas. Engenheiro especializado em gestão, o executivo iniciou o processo de transição na última semana, quando promoveu uma série de reuniões com a diretoria e os superintendentes.

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades
“É uma honra assumir o importante desafio de dirigir uma empresa com a representatividade e competência técnica indiscutível de Furnas. Furnas não são as turbinas, os transformadores. Furnas são as pessoas. Recebi o desafio de fazer de Furnas a melhor empresa do Grupo Eletrobras, mas é pouco. Nossa missão é fazer com que Furnas seja a melhor empresa de energia elétrica do Brasil e do mundo”, disse Ciocchi.
 
Em seu discurso de posse, o executivo também enfatizou o trabalho em equipe, ao destacar que a diretoria deve dar o exemplo com um trabalho coeso. “Confiança não se decreta, se conquista”, afirmou o executivo que fez questão de agradecer o então presidente Ricardo Medeiros por contribuir com uma transição transparente e integrada.
 
Ao ser questionado sobre o tema privatização, Ciocchi reforçou que as decisões serão alinhadas com a Eletrobras e enfatizou a importância de capital para Furnas realizar os investimentos necessários.
 
“Os ajustes desse plano estão sendo discutidos junto ao Governo. Sabemos que Furnas tem um conjunto de ativos muito grande, o qual requer manutenção e investimentos em volume expressivo. Furnas tem pela frente o desafio não só de manter o market share da geração de energia, mas também da liderança tecnológica. A empresa precisa de capital para investimento, fundamental para a sobrevivência. Ainda não sei de que forma será definido. Será muito saudável que Furnas retome a dianteira do mercado”, argumentou.
 
Com ampla experiência em gestão, planejamento estratégico e desenvolvimento organizacional, Luiz Carlos Ciocchi ressaltou a transparência no encerramento da cerimônia. “Ser diretor não é tomar somente decisões agradáveis. No entanto, essas decisões serão transparentes e com muito respeito às pessoas, seja quando o tema for capitalização ou privatização, acordo coletivo de trabalho, entre outros”, concluiu.
 
Nova diretoria
 
Referência no setor elétrico brasileiro, Furnas conta ainda com três novos diretores: Caio Pompeu de Souza Brasil Neto assumiu a Diretoria de Finanças; José Alves de Mello Franco, a de Gestão de Novos Negócios e de Participações, e Pedro Eduardo Fernandes Brito, a de Administração.
 
Dois diretores permanecem no cargo: Djair Fernandes como Diretor de Operação e Manutenção e Claudio Guilherme Branco da Motta, Diretor de Engenharia.
 
 
 
SOBRE A NOVA DIRETORIA
 
Luiz Carlos Ciocchi – Diretor-Presidente
 
Graduado em Engenharia Eletrônica pela Faculdade de Engenharia Industrial (FEI-SP) e pós-graduado em Administração de Empresas (FGV-SP). Foi presidente da Empresa Metropolitana de Água e Energia (EMAE), vice-presidente da AES Brasil e AES Argentina. Atuou ainda nas empresas Ford e Queiroz Galvão. É especializado em gestão, planejamento estratégico e desenvolvimento organizacional.
 
Caio Pompeu de Souza Brasil Neto – Diretor de Finanças
 
Graduado em Ciências Econômicas (UCAM-RJ) e mestre em Economia (UFF). Tem pós-graduação em Ciências Econômicas (FGV-RJ) e MBA em Finanças Corporativas (IBMEC-RJ). Ingressou em FURNAS em 1997. Foi gerente de Recursos Financeiros e Seguros e superintendente de Finanças Corporativas e de Planejamento, Análise e Controle Financeiro. Ocupou interinamente o cargo de diretor de Finanças (set/16 a mar/17).
 
José Alves de Mello Franco – Diretor de Gestão de Novos Negócios e de Participações
 
Graduado em Engenharia Elétrica (UFJF-MG) e pós-graduado em Energia (Unicamp-SP). Foi diretor de Regulação da Enel Brasil, superintendente de Regulação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e assistente de diretoria da Eletronorte.
 
Pedro Eduardo Fernandes Brito – Diretor de Administração
 
Mestre em Direito de Negócios pela (FGV-SP), especialista em Direito Societário pela FGV e especialista em Regulação do Setor Elétrico e Direito Processual e Público (Universidade Católica de Santos-SP). Foi gerente jurídico da Empresa Metropolitana de Água e Energia (EMAE).
 
Claudio Guilherme Branco da Motta – Diretor de Engenharia
 
Graduado em Engenharia Civil (Uerj), com especialização em Gestão Empresarial (Univ. Cândido Mendes – RJ). Ingressou em FURNAS em 1980, tendo atuado como gerente da Divisão de Projetos de Transmissão, Assessoria de Licenciamento Ambiental, Departamento de Engenharia Civil e superintendências de Empreendimentos de Geração e Estudos e Projetos. Foi também assistente da Diretoria de Engenharia.
 
Djair Roberto Fernandes – Diretor de Operação
 
Graduado em Engenharia Elétrica (Inatel-MG), mestre em Administração de Empresas (Unopar-PR), especialista em Administração Empresarial (Unopar-PR) e Gestão Empresarial (Univ. Cândido Mendes-RJ). Ingressou em Furnas em 1985, tendo atuado como gerente das subestações de
 
Ivaiporã e Foz do Iguaçu e das assessorias de Tecnologia de Gestão da Qualidade e Planejamento Estratégico. Foi também assistente da Diretoria de Gestão de Novos Negócios e de Participações e diretor de Administração.
 
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *