Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec nec mauris interdum, suscipit turpis eget, porta velit. Praesent dignissim sollicitudin mauris a accumsan. Integer laoreet metus

Licenciamento de autoveículos no acumulado dos dois primeiros meses de 2014 é 4,6% maior que mesmo período de 2013; produção de autoveículos teve aumento de 16,9% em fevereiro

 

A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Au­tomotores, Anfavea, divulgou na terça-feira, 11, balanço com o resultado da indústria automobilística em feverei­ro. Os dados apontam que o primeiro bimestre do ano foi o melhor da história em li­cenciamentos, com 571,9 mil unidades – crescimento de 4,6% em relação ao mesmo período do ano passado.

 

A venda de autoveículos no mês passado registrou 259,3 mil unidades, o que represen­ta acréscimo de 10,3% em relação a fevereiro de 2013, quando a indústria comercia­lizou 235,1 mil unidades, e re­tração de 17% ante as 312,6 mil de janeiro deste ano.

 

A produção de autoveícu­los fechou o segundo mês de 2014 com incremento de 16,9% se comparado com o mesmo período do ano passado. Foram produzi­das 281,5 mil unidades em fevereiro deste ano, contra as 240,8 mil de 2013. Já os dados do bimestre mostra­ram que a fabricação recuou 2,7%: no total foram 518,6 mil veículos fabricados nos dois primeiros meses de 2014, recuo ao redor de 14 mil uni­dades em relação ao primeiro bimestre do ano passado.

As exportações apresenta­ram queda de 24% no acu­mulado do ano. Foram 51,6 mil produtos enviados para fora do País neste período, o que representa retração frente as 67,9 mil do primeiro bimestre de 2013. Na visão de Luiz Moan Yabiku Junior, presidente da Anfavea, o “atual cenário econômico da Argentina teve peso relevante para o desempenho, mas a indústria tem plena confiança que os governos dos dois pa­íses encontrarão rapidamente soluções para o atual cenário econômico”.

 

Só no mês passado a indús­tria automobilística exportou 28,8 mil veículos, acréscimo de 26,5% em relação aos 22,8 mil de janeiro de 2014 e redução de 9,1% quando comparado com as 31,7 mil unidades de fevereiro do ano passado.

 

Bens de capital

A produção de máquinas agrícolas e rodoviárias teve alta de 1,4% em fevereiro de 2014, com 7,9 mil máquinas frente as 7,7 mil do mesmo mês do ano passado. A in­dústria registrou ainda cresci­mento de 51,2% em relação a janeiro deste ano, quando o setor fabricou 5,2 mil pro­dutos.

 

O setor de máquinas agríco­las e rodoviárias encerrou o último mês com 5,6 mil uni­dades comercializadas – au­mento de 48,9% sobre as 3,8 mil vendidas em janeiro deste ano e queda de 9,6% em re­lação as 6,2 mil de fevereiro de 2013. No acumulado as vendas atingiram 9,4 mil má­quinas, baixa de 19,1% con­tra as 11,6 mil de igual perío­do do ano passado.

 

As exportações do segmento agrícola ficaram em patama­res elevados no último mês. Foram 1,0 mil máquinas en­viadas a outros países, o que significou alta de 86,7% em comparação com o primei­ro mês deste ano e de 5,5% quando comparado com fe­vereiro de 2013. O acumula­do dos dois primeiros meses registrou 1,6 mil unidades, redução de 11,4% sobre o mesmo período do ano pas­sado.

 

Outras informações

                No link www.anfavea.com.br/coletiva.pdf está dispo­nível a apresentação feita à imprensa.

                Também está disponível no site www.anfavea.com.br/carta.html a Carta da Anfavea nº 334, com infor­mações detalhadas sobre produção, mercado interno, exportações e emprego da indústria automobilística.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *