Grupo Patrimar tem resultados expressivos na Prévia Operacional do 3º tri do ano
Grupo Patrimar tem resultados expressivos na Prévia Operacional do 3º tri do ano
Grupo Patrimar tem resultados expressivos na Prévia Operacional do 3º tri do ano
Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

Companhia registra alta de lançamentos e vendas de julho a setembro e recorde de vendas nos últimos 12 meses

A construtora e incorporadora mineira Patrimar – que atua nas classes econômica, média e alta em Belo Horizonte, no Rio de Janeiro e no interior de São Paulo – divulgou no dia 17/10 sua Prévia Operacional com os resultados do terceiro trimestre do ano (3T22) e acumulado dos primeiros nove meses de 2022 (9M22). O documento mostra um desempenho expressivo e consistente, com valor de vendas brutas recorde superando R$ 1,1 bilhão nos últimos 12 meses, encerrados em 30 de setembro deste ano.

Mais uma vez observamos um trimestre forte em vendas. Um espetacular resultado, seguindo os mesmos caminhos dos trimestres anteriores. Estou muito orgulhoso do trabalho do nosso time”, afirma Alex Veiga, CEO do Grupo Patrimar.

A Companhia lançou R$ 933,4 milhões no 3T22, crescendo 68,9% quando comparado com o mesmo período de 2021. Também registrou R$ 253,8 milhões em vendas neste último trimestre, o que garante um aumento de 44,4% contra o trimestre imediatamente anterior e mais de 100% contra igual período do ano passado, que foi de R$ 125,6 milhões.

O banco de terrenos da Patrimar é outro destaque do período, atingindo a maior posição na história da Companhia. O Valor Geral de Vendas (VGV) potencial é de R$ 10,8 bilhões, 15,6% maior que a posição de dezembro de 2021 e 8,8% maior que setembro de 2021.

De acordo com Felipe Enck Gonçalves, a Patrimar possui uma excelente saúde financeira, capacidade operacional e investimento em tecnologia. “A Companhia vem crescendo e se desenvolvendo muito bem. Hoje, temos um landbank preparado para o crescimento em todos os segmentos nos próximos anos, principalmente no Programa Casa Verde e Amarela”, finaliza o executivo, destacando os próximos passos da Companhia.

Há quase 60 anos, o Grupo Patrimar está presente no mercado imobiliário, atuando como construtora e incorporadora. Começou sua trajetória em Minas Gerais e hoje também está no interior de São Paulo e na cidade do Rio de Janeiro. Atualmente, a Companhia trabalha com empreendimentos voltados para as classes econômicas e média com a Construtora Novolar e alta renda com a marca Patrimar Engenharia. Com foco constante em inovação e tecnologia, busca aliar eficiência com sustentabilidade e segurança nos projetos e processos corporativos.  Assim, tornou-se forte referência no segmento, sendo uma das 10 maiores empresas de construção imobiliária do Brasil, de acordo com o Ranking Nacional de 2022 da Revista O Empreiteiro. Também é vencedora em duas categorias do “Oscar” da construção civil, o Prêmio Master Imobiliário 2022, com os empreendimentos Oceana Golf, no Rio de Janeiro, e La Réserve, em Belo Horizonte.

Seguros: motivos que fazem setor ser um dos que mais movimentam o setor financeiro do país
Seguros: motivos que fazem setor ser um dos que mais movimentam o setor financeiro do país

O jornal O Estadão publicou no mês de outubro uma matéria apontando o setor de seguros como um personagem importante no que diz respeito à movimentação financeira do Brasil. Mas quais motivos atribuem esse posto a esse mercado? Essa pergunta foi respondida pelo planejador e gestor de riscos Eduardo Bravo.

Ele elaborou uma lista com cinco motivos que dão essa posição ao setor de seguros brasileiro explicando detalhadamente cada um deles. O primeiro, antes de tudo, segundo Bravo, se dá pela evolução desses negócios, que ele caracterizou como amadurecimento.

1- Amadurecimento do setor

“Acredito que um ponto que favorece o crescimento, é o amadurecimento do setor no país e a entrada das grandes companhias, principalmente no segmento de Seguros de Vida, no mercado nacional. Até pouco tempo, os grandes distribuidores do mercado securitário eram os grandes bancos do varejo com uma modalidade muito usada: a venda casada. O seguro era embutido em qualquer outro produto, sendo adquirido de forma automatizada, muitas das vezes até sem o consentimento do cliente. O brasileiro aprendeu a comprar seguro de uma forma muito distorcida e isso vem mudando ao longo do tempo. A entradas das grandes multinacionais e o ganho de espaço das cias independentes, além de trazer uma saudável concorrência e opções aos seus beneficiários, estão mostrando para as famílias brasileiras que a compra de seguro de forma personalizada, baseada na sua real necessidade, pode fazer sentido no seu planejamento financeiro pessoal e isso trouxe fôlego ao mercado”, explicou.

2- Pessoas mais bem informadas

“As famílias brasileiras estão mais atentas quanto se trata de planejamento financeiro, e isso é um fato que vem aquecendo o setor.

Um bom planejamento financeiro tem como base uma análise detalhada da gestão de riscos das famílias e das pessoas. Entenda-se por esse conceito de gestão as reservas de emergência caracterizadas principalmente por produtos de acumulação e os contratos de seguros, no caso de um imprevisto. A construção de uma boa gestão leva-se em conta um levantamento detalhado dos dados dos clientes, atrelada a uma solução bem dimensionada. Fato é que o brasileiro está aprendendo a comprar seguros e enxergar a sua importância”, disse.

3- Corretores mais bem informados

“Um outro ponto relevante é que cada vez mais os profissionais que atuam no setor securitário estão se aprimorando e desenvolvendo, buscando entregar uma visão mais consultiva e uma solução 360º para seus clientes. A busca por uma certificação especializada na área, que chancele a carreira desses profissionais é cada vez mais exigida por seus consumidores”, falou.

4- Variedade de possibilidades

“A contratação de seguros possui várias vertentes. Aquele modelo de padrão que seguro de vida é, na verdade, um seguro de morte já é passado. Ajudar os clientes a enxergar as possíveis soluções, como enxergar a sucessão societária de uma empresa, a proteção de uma pessoa chave, já é uma realidade”, comemorou.

5- Atendimento de pessoas físicas e também jurídicas

“Outro ponto relevante é que os consultores de seguros enxergaram que as soluções passam a envolver tanto pessoas físicas quanto pessoas jurídicas e isso aumenta e muito o volume de contratos fechados. Em um mesmo cliente que comprou um tipo de produto, enxerga-se a possibilidade de realizar novas vendas. Nos demais ramos do setor, a busca em proteger os riscos profissionais é cada vez mais procurada pelos consumidores. Contratos de grandes riscos, Responsabilidade civil, Seguros fiança ganham cada vez mais mercado que anda aquecido. As imobiliárias que antes exigiam fiadores, acabam aceitando o contrato de seguro como garantia do aluguel, por exemplo”, finalizou.

Atualmente, Eduardo é sócio da “AddGroup”, que é uma empresa que reúne um conjunto de soluções Financeiras e Tecnológicas para atender os profissionais da área de Planejamento Financeiro. Ela reúne um completo portfólio de soluções, desde Seguros de Vida, Saúde, Bens e Patrimônio, passando por estratégias comportamentais e de investimentos que faz com que os clientes atinjam seus objetivos de Vida.

A AddGroup é um grupo de ferramentas e serviços multidisciplinares, que oferece aos seus clientes e associados uma gama de soluções eficientes e ideais. A empresa é o resultado da fusão de dois work groups distintos: a AddMoney e WI Broker.

Atualmente a AddGroup conta com mais de 200 corretores parceiros e uma equipe interna de 16 profissionais que garantem experiência e performance dos trabalhos. O objetivo da empresa é trazer uma central de soluções focadas em planejamento financeiro panorâmico, seguro e otimizado.

Tudo funciona como a intermediação da relação de seguradoras e corretores. Ou seja, há uma gama de serviços atrelados, onde o corretor associado pode contar com a parceria de outros da empresa que podem oferecer um serviço completo em todas as áreas sem a necessidade de o cliente buscar qualquer outro para solucionar suas demandas.

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

Mercado Comum: Jornal on-line BH - Cultura - Economia - Política e Variedades

Rua Padre Odorico, 128 – Sobreloja São Pedro
Belo Horizonte, Minas Gerais 30330-040
Brasil
Telefone: (0xx31) 3281-6474
Fax: (0xx31) 3223-1559
Email: revistamc@uol.com.br
URL: https://www.mercadocomum.com/
DomingoAberto 24 horas
SegundaAberto 24 horas
TerçaAberto 24 horas
QuartaAberto 24 horas
QuintaAberto 24 horas
SextaAberto 24 horas
SábadoAberto 24 horas