Paulo Queiroga
Paulo Queiroga
Paulo Queiroga
Mercado Comum: Jornal on-line BH - Cultura - Economia - Política e Variedades
Mercado Comum: Jornal on-line BH – Cultura – Economia – Política e Variedades
Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

Grandes atrações naturais do Brasil

Paulo Queiroga

A par de destinos urbanos consagrados como Ouro Preto, Brasília, Rio de Janeiro, Salvador, cidades charmosas da Serra Gaúcha, o Brasil possui também atrativos naturais encantadores, verdadeiros paraísos à disposição do viajante.

Anúncio

Uma lista com as melhores atrações nacionais ao ar livre, publicada pelo site Trip Advisor, descreve essas experiências, que não por acaso, tivemos a oportunidade de conhecê-las. Vamos elencar alguns desses destinos, no melhor estilo do turismo interno brasileiro.

1.    Cataratas do Iguaçu, Foz do Iguaçu (PR)

Na fronteira Brasil e a Argentina, as quedas d’água exuberantes encantam turistas de todas as partes. Se existe um lugar em que temos oportunidade de presenciar a grandeza e a força da natureza,  Cataratas do Iguaçu é o local perfeito.

Excursões turísticas nas Cataratas, acompanhadas de guias, em Foz do Iguaçu, partem diariamente dos principais hotéis da cidade, com direito até a um banho de vapor d’água nas trilhas do entorno das cachoeiras.

2. Cachoeira do Buracão, Ibicoara (BA)

Apesar da água extremamente gelada, entrar na cachoeira é um passeio imperdível na Chapada Diamantina. Chega-se por uma trilha passando por cânions e cavernas. A Cachoeira do Buracão é uma experiência única, de rara beleza. Não se esqueça de levar uma capa à prova d’água para a câmera fotográfica!

 3.    Cachoeira Santa Bárbara, Cavalcante (GO)

A cachoeira fica dentro de uma comunidade quilombola. Paisagem típica do Cerrado, após cruzar a trilha que leva até ao local, a surpresa da queda d’água e a cor lagos que se formam lembram as praias do mar do Caribe em pleno interior de Goiás.

4.  Rio da Prata, Bonito (MS)

Um dos destinos naturais mais bem preservados do país e com excelente infraestrutura de serviços. O viajante enfrenta uma pequena trilha com água, às vezes gelada, para ser premiado com o melhor passeio de flutuação. A água cristalina é de uma transparência inacreditável. A variedade de peixes e plantas aquáticas é digna de catálogo de botânicos e naturalistas.

5.    Serra do Rio do Rastro, Bom Jardim da Serra (SC)

Com curvas intermináveis, de perder o rumo, a estrada sinuosa subindo a serra encanta quem passa pela Serra Catarinense.  Os desníveis de altitude por entre vegetações de Mata Atlântica, os cânions formados por milhões de anos pela água e pelos ventos fazem da Serra do Rio do Rastro um dos melhores destinos naturais do Sul do País.

6.    Canions de Furnas, Capitólio de Furnas (MG)

Aqui, tão perto de nós, na cidade de Capitólio é um show da natureza. Para aproveitar mais o belo cenário, alugue um barco na cidade para passear entre os cânions, quedas d’água e lagos multicoloridos. A grandeza dos paredões e a exuberância da natureza nos fazem sentir pequenos diante do espetáculo.

7.    Cânion Fortaleza, Cambará do Sul (RS)

Chega-se ao local por uma estrada de terra perfeita para veículos 4X4. O Fortaleza é qualificado como um dos passeios mais memoráveis da região dos Cânions do Rio Grande do Sul. A região de rara beleza exige calma do viajante para apreciar a vista de sonho e as mudanças de névoa entre montanhas e penhascos.

8.    Piscinas Naturais de Porto de Galinhas, Porto de Galinhas (PE)

Lugar de beleza singular, com tanta variedade de peixes que quase conseguimos pegar os peixinhos com a mão. Chega até a dar medo de pisar em algum, de tão próximo que ficam de nós. Importante é programar o passeio de acordo com a tábua de marés e garantir o melhor dia e horário para visitar essas piscinas naturais. O percurso é acessível também por jangadas.

Os passeios guiados no Cabo de Santo Agostinho de Recife, incluem o sul de Porto de Galinhas, Reserva do Paiva, Gaibu e Praia de Suape.

9.    Catarata dos Couros, Alto Paraíso de Goiás (GO)

É preciso atravessar cerca de 30 km de uma estrada de terra com sinalização esparsa, além de uma trilha de nível médio. Mas, a vista no final vale o esforço. São vários níveis de quedas formando piscinas naturais que convidam o visitante ao banho relaxante ou às quedas d’água para se revigorar da caminhada.

10.  Abismo Anhumas, Bonito (MS)

Vale a pena enfrentar o medo de altura para conhecer o fundo da caverna de mais de 70 metros de profundidade. A descida deve ser feita vagarosamente para não perder nenhum detalhe. A experiência de olhar para o fundo do abismo, com formações

magníficas e águas cristalinas no fundo da caverna nos transporta a um filme de ficção.

O isolamento do país, em razão da pandemia é a nossa oportunidade para conhecer o Brasil e reconhecer que não devemos nada aos destinos naturais mais famosos do mundo.

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades
Mercado Comum: Jornal on-line BH - Cultura - Economia - Política e Variedades
Mercado Comum: Jornal on-line BH – Cultura – Economia – Política e Variedades