O livro, que inspira coragem e revela o espírito empreendedor dos fundadores da indústria, é um verdadeiro ensinamento do mundo dos negócios

Em agosto, a Forno de Minas começou a contagem regressiva para celebrar os 30 anos de história da marca. Para registrar essa conquista e os desafios vividos ao longo das três décadas, Hélida Mendonça, uma das sócia-fundadoras da Forno de Minas, fará, em Belo Horizonte, o lançamento do livro sobre a trajetória da empresa, a determinação dos fundadores e sua paixão pela família.

Aqui todo mundo é de casa leva para o público a história de persistência, liderança e ascensão de uma das empresas mais queridas e admiradas de Minas Gerais e do Brasil. O livro, que não será vendido, é um verdadeiro presente para os que fizeram, os que fazem parte da Forno de Minas e para os interessados em histórias de sucesso.

A obra, que começou a ser escrita em 2014, por Hélida Mendonça e coautoria de Clarice Laender, transmite para o leitor o espírito de empreendedorismo e os caminhos para se chegar à cultura empresarial presente hoje na Forno de Minas. Com muita leveza, fotos e imagens que marcaram a história da empresa, também faz o leitor entender como transformar crises em oportunidades. O livro conta a trajetória da Forno criada em 1990, a venda para a multinacional Pillsbury e recompra em 1999 até os dias atuais.

No dia do lançamento, para convidados, os sócios: Maria Dalva, Helder, Hélida Mendonça e Vicente Camiloti prometem surpreender o público. Tudo sempre ao estilo Forno de Minas com muita mineiridade e boa gastronomia. “É uma oportunidade para nós comemorarmos juntos aos principais clientes, formadores de opinião, parceiros, consultores e claro nossos colaboradores”, comenta a empresária.

O livro é o terceiro escrito por Hélida. O primeiro a ser lançado – Estrela Dalva – foi uma homenagem à mãe e conta boa parte da história de vida da família, narrada de maneira simples e sutil. O segundo foi também uma homenagem, mas ao pai (Hélio Mendonça Braga que morreu em 1973) e contém relatos marcantes, sinceros e engraçados. E este terceiro que promete ter um lançamento bem diferente do tradicional. “Mas é surpresa”, finaliza Hélida.