Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec nec mauris interdum, suscipit turpis eget, porta velit. Praesent dignissim sollicitudin mauris a accumsan. Integer laoreet metus

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

Grupo Orguel

A história do Grupo Orguel tem origem em meados de 1963, quando os irmãos Fábio Guerra Lages e Francisco de Assis
Guerra Lages fundaram a primeira empresa em Minas Gerais especializada em máquinas para construção, ferramentas
elétricas e manutenção de equipamentos: a Orguel. De lá até agora, após muito planejamento e investimentos, o negócio prosperou. Atualmente, as Organizações Guerra Lages (Grupo Orguel) constituem um negócio familiar dos mais
importantes do Brasil e com atuação no exterior.

O pequeno empreendimento se transformou em uma holding de 10 empresas, com negócios que vão desde indústria
de equipamentos a incorporação imobiliária. Apesar da diversificação, o foco do Grupo Orguel ainda é voltado para a
fabricação, venda, locação de equipamentos e prestação de serviços para construção, indústria e mineração.

Anúncio

A sede está localizada em Belo Horizonte, mas o Grupo está presente em todo o país, com 75 filiais e representantes nas
principais cidades do Brasil e da América Latina. Presidida por Sérgio Fagundes Guerra Lages, a holding possui mais de 2.000 funcionários e fechou o ano de 2011 com um faturamento de R$ 360 milhões – 30,43% acima dos resultados alcançados no ano de 2010, que foi de R$ 276 milhões.

Os principais indicadores econômicos confirmam a capacidade operacional e gerencial das empresas do Grupo para aproveitamento do bom momento econômico e das oportunidades de negócios surgidas nos últimos anos.

Empresas do Grupo Orguel Orguel – Criada em 1963, foi pioneira na revenda especializada de equipamentos para a construção em Minas Gerais e possui três unidades em Belo Horizonte, uma no Rio de Janeiro e outra em Recife. Atua nas áreas Fornecedores de venda e locação de máquinas, equipamentos e peças para construção, possuindo na linha leve: compactadores, vibradores, betoneiras, ferramentas elétricas, entre outros.

Mecan – Com 34 anos de mercado, a Mecan é a maior fabricante-locadora de andaimes, elevadores e escoramento
do Brasil. É também a maior empresa do Grupo Orguel, respondendo por quase metade do seu faturamento Locguel – Com 35 anos de atuação, a Locguel é a maior locadora de equipamentos para construção do Brasil.

Pioneira no segmento, possui mais de 2 milhão de contratos atendidos em sua história e oferta mais de 80 equipamentos
distintos em todas as suas 35 filiais.

Locbras – Há 24 anos no mercado, a Locbras é maior locadora de ferramentas elétricas do Brasil e a principal
empresa brasileira especializada em cortes e furos em concreto. Dentre as ferramentas, destaque para furadeiras,
martelos e lixadeiras.

Bramex – Fundada em 1996, a Bramex importa e distribui no Brasil ampla linha de equipamentos e acessórios para
construção. Além disso, presta serviço de trading para atender empresas do mercado nacional.

Multiclean – Fundada 1997 com o propósito de atuar na locação de equipamentos para limpeza, a Multiclean é uma
das poucas a desenvolver um sistema de qualidade total em sua área de atuação. Além de trabalhar com produtos e
consumíveis de limpeza, tem a revitalização de pisos como carro-chefe de seus negócios.

Orguel Plataformas – Fundada em 2007, a Orguel Plataformas é especializada na locação de equipamentos
de acesso à altura, como plataformas de trabalho aéreo e manipuladores telescópicos em todo o Brasil. A empresa
apresenta para locação uma série de modelos de plataformas do tipo tesoura (movimento pontográfico), elétricas e a diesel; e articuladas e telescópicas, também elétricas e a diesel.

Orguel Finanças – Há dez anos no mercado, a Orguel Finanças é uma empresa de factoring com foco na antecipação de
recebíveis de venda mercantil ou na prestação de serviços.

Possui ampla carteira de clientes, incluindo fornecedores das empresas do Grupo Orguel. O maior diferencial da empresa
é a agilidade, o relacionamento e o conhecimento técnico das necessidades de crédito de seus clientes.

Construir Empreendimentos – A Construir Empreendimentos Imobiliários é dedicada à incorporação de empreendimentos imobiliários, com atividades em loteamentos, condomínios e incorporações residenciais.

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec nec mauris interdum, suscipit turpis eget, porta velit. Praesent dignissim sollicitudin mauris a accumsan. Integer laoreet metus

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

Leroy Merlin

A Leroy Merlin chegou ao Brasil em 1998 trazendo um novo conceito para o mercado de Material de Construção. Com
foco na qualidade de produtos, atendimento e serviços, a empresa oferece em suas lojas ambientes espaçosos e
agradáveis para receber melhor seus clientes.

Considerada multiespecialista do lar, por ser especializada em Construção, Acabamento, Bricolagem, Decoração e
Jardinagem, a Leroy Merlin apresenta aos seus clientes a maior variedade de produtos em 65 mil itens divididos em
14 setores: Materiais para Construção, Madeiras, Elétrica, Ferramentas, Tapetes, Cerâmica, Sanitários, Encanamentos,
Jardinagem, Ferragens, Organização, Pintura, Decoração e Iluminação. As lojas oferecem serviços diferenciados, como
Corte de Madeira e Vidro, Enquadramento, Confecção de Cortinas sob Medida, estacionamento e Entrega em
Domicílio, entre outros.

Anúncio

Hoje, a rede francesa possui 25 lojas distribuídas em seis estados brasileiros e o Distrito Federal. Entre as unidades, a
Leroy Merlin Niterói (RJ) foi a primeira loja de Varejo Certificada do Brasil por meio do processo de construção sustentável AQUA – Alta Qualidade Ambiental, construída e mantida sob os mais rigorosos padrões de economia de recursos naturais.

Hoje, as lojas de Taguatinga (DF) e Campinas Anhanguera (SP) também possuem esta certificação.
A Leroy Merlin é líder, pelo terceiro ano consecutivo, no setor de Varejo da Construção Civil, conforme o Ranking Nacional das Lojas de Material de Construção realizado anualmente pela Anamaco (Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção) e 1º lugar do segmento Varejo de Material de Construção, no Ranking da pesquisa “As empresas mais admiradas no Brasil” (2010 e 2011), realizado pela Revista Carta Capital. A Leroy Merlin é também a Empresa do setor de Lojas de Material de Construção com o melhor reconhecimento por parte do consumidor como “Empresa que mais Respeita o Consumidor no Brasil no ano de 2010”, por meio de pesquisa realizada anualmente pela Revista Consumidor Moderno.

“Estamos muito felizes em manter este patamar de liderança.
Não é fácil manter-se nessa posição, exige muito de nós e dos colaboradores. Este título é muito importante para toda a
Leroy Merlin, pois além do reconhecimento de nosso trabalho é um grande incentivo para melhorarmos e crescermos a
cada ano. Em 2012, completamos 14 anos da empresa no Brasil, e podemos dizer que a Leroy Merlin aprendeu a ser
brasileira. Investimos fortemente em pesquisas para saber o que o nosso cliente deseja e procuramos realizar os seus
desejos da melhor forma possível.” afirma Alain Ryckeboer,
diretor geral da Leroy Merlin Brasil.

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec nec mauris interdum, suscipit turpis eget, porta velit. Praesent dignissim sollicitudin mauris a accumsan. Integer laoreet metus

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

Tinta Suvinil

A Suvinil, marca de tintas imobiliárias da BASF, produz uma linha completa de produtos para atendimento do mercado
brasileiro e mundial. As principais instalações da empresa no Brasil são o complexo Industrial de Tintas e Vernizes, em
São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, como o maior centro produtivo de tintas da BASF na América do Sul,
e a fábrica de Jaboatão dos Guararapes, em Pernambuco, como referência mundial em segurança, ordem e limpeza.
Em 2011, a marca completou 50 anos de boas práticas e resultados positivos. Líder de mercado, a marca foi
adquirida em 1969 pela BASF, que estava entrando no ramo de tintas globalmente e precisava ganhar forças em
diferentes mercados.

Para sustentar sua posição de liderança com 60% de participação no segmento premium, a Suvinil tem uma
estratégia de negócio consistente, pautada em pilares como relacionamento com clientes, inovação e forte investimento
na marca. Suas fábricas estão instaladas em São Bernardo do Campo – SP e Jaboatão dos Guararapes (PE) e produzem
uma completa linha de produtos constituída por látex PVA, acrílicos, esmaltes, vernizes, epóxi e complementos para
pintura. Seu portfólio atende todo o mercado nacional, além de já ser exportado para países como Paraguai, Venezuela,
Cuba, Bolívia e alguns países da África.

Anúncio

Responsabilidade ambiental
O setor de construção civil está se adaptando aos conceitos de sustentabilidade. Atenta a esse tema, a BASF tem
investido cada vez mais em processos e produtos de alta tecnologia que seguem critérios de sustentabilidade e que
contribuem para a conservação do meio ambiente.

A Suvinil, marca de tintas imobiliárias da BASF, é a primeira a ter produtos atestados de acordo com os critérios do
LEED (Liderança em Energia e Design Ambiental), conceito criado pelo US Green Building Council (Conselho de
Construções Verdes dos EUA) para empreendimentos sustentáveis. Isto possibilitará maior fluidez ao crescente mercado de construções sustentáveis, reduzindo custos de concepção, implantação e operação de Green Buildings (Construções “Verdes”).

A Suvinil adota conceitos de sustentabilidade e responsabilidade ambiental nos processos de produção da sua linha de tintas imobiliárias e está em conformidade com os requisitos do LEED. Estes produtos atestados serão referência para as empresas construtoras que querem certificar seus empreendimentos como sustentáveis.

Para um produto ser atestado são observadas sua formulação, excelência da qualidade, incluindo aplicabilidade
e durabilidade, o manual para sua utilização (disponibilizado na embalagem), e também os critérios de emissão de
compostos orgânicos voláteis ao meio ambiente (VOCs), de maneira que não afetem o conforto e bem estar dos
seus usuários, sempre observando o compromisso com a responsabilidade social e ambiental da empresa e a qualidade
do produto.

Sobre a BASF
A BASF é a empresa química líder mundial: The Chemical Company. Seu portfólio de produtos oferece desde químicos,
plásticos, produtos de performance e produtos para agricultura até petróleo e gás. Como uma parceira confiável,
cria a química para ajudar seus clientes de todas as indústrias a atingir ainda mais o sucesso. Com seus produtos de alto
valor e soluções inteligentes, a BASF tem um papel importante para encontrar respostas a desafios globais como proteção climática, eficiência energética, nutrição e mobilidade.

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec nec mauris interdum, suscipit turpis eget, porta velit. Praesent dignissim sollicitudin mauris a accumsan. Integer laoreet metus

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

Cerâmicas Braúnas

A Cerâmicas Braúnas foi constituída no dia 30 de abril de 1951, por Francisco Cardoso Assumpção com a missão de conquistar a confiança de seus clientes através da fabricação de blocos cerâmicos de qualidade. Desde sua fundação, a empresa traz a marca da modernidade, sempre investindo em tecnologia de ponta na fabricação de seus produtos. Na implantação do parque industrial, importou modernos fornos da Itália, reforçando a preocupação em ter
qualidade em resultados de produção.

Com todos os investimentos em tecnologia e a preocupação com a qualidade, a empresa cresceu com responsabilidade e seriedade, trazendo confiança e satisfação aos clientes.

Anúncio

Atualmente, a empresa é líder nacional na fabricação de blocos cerâmicos e firma de maneira consistente seu papel de sustentabilidade e responsabilidade social, através inúmeros certificados recebidos pelos órgãos competentes. A empresa evoluiu e hoje é a marca mais lembrada do segmento pelos mineiros, demonstrando que a constante preocupação em evoluir investindo em modernidade e qualidade conquistou seu público tão exigente.

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec nec mauris interdum, suscipit turpis eget, porta velit. Praesent dignissim sollicitudin mauris a accumsan. Integer laoreet metus

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

Gerdau

A Gerdau, líder no segmento de aços longos nas Américas e uma das principais fornecedoras de aços longos especiais
do mundo, continua apostando no dinamismo da construção civil brasileira. Para atender a este mercado, a empresa
ampliou, em 2011, a capacidade instalada do laminador de perfis estruturais, localizado na Gerdau Açominas, de
520 mil toneladas para 700 mil toneladas por ano. Diante da perspectiva de continuidade da expansão da demanda,
a companhia já iniciou estudos para ampliar para 1 milhão de toneladas a capacidade de produção anual de perfis
estruturais, os quais também são utilizados na indústria petrolífera e de máquinas e equipamentos.

Impulsionada pela maior demanda no continente americano, com destaque para os mercados da construção civil e
indústria, a Gerdau encerrou o ano de 2011 com recorde histórico de vendas físicas consolidadas, atingindo 19,2
milhões de toneladas. O volume de vendas alcançado no exercício representa 10% de crescimento sobre o desempenho comercial do ano anterior. Com o aumento, a receita líquida consolidada evoluiu 16% no quarto trimestre perante o mesmo período do ano anterior, chegando a R$ 9,1 bilhões e, em 2011, alcançou R$ 35,4 bilhões.

Anúncio

Em relação às regiões atendidas pela empresa, destacaramse os mercados do Brasil, América do Norte e demais países
da América Latina. No quarto trimestre de 2011, o mercado interno brasileiro demandou 1,2 milhão de toneladas de
aço Gerdau, o que representa uma evolução de 15% em comparação com o mesmo período do ano anterior.

Com o objetivo de ampliar a produção e manter a qualidade do aço Gerdau, a empresa vai investir, nos próximos
cinco anos (2012-2016), R$ 10,3 bilhões, sendo que aproximadamente 70% serão destinados para as operações
no Brasil e 30% para as unidades nos demais países. Apenas no quarto trimestre, os investimentos em ativo imobilizado
(CAPEX) somaram R$ 674 milhões e, no ano, alcançaram R$ 2 bilhões. Destacam-se o ingresso na produção de aços planos no Brasil, a expansão da capacidade instalada de aços especiais também no país e nos Estados Unidos,
assim como a ampliação da produção de laminados na usina Cosigua (RJ) e o início da operação do laminador e da
sinterização na Índia.

Em relação à produção própria de minério de ferro, a empresa segue com a meta de alcançar a autossuficiência da Gerdau Açominas, principal unidade consumidora dessa matéria-prima. Ademais, seguem em andamento os estudos
para a exploração comercial dos excedentes de minério de ferro localizados em Minas Gerais.

No Brasil, a Companhia iniciará a produção de aços planos no final de 2012, com o novo laminador de bobinas a quente
na Gerdau Açominas (MG), cuja capacidade instalada será de 770 mil toneladas por ano. As bobinas são utilizadas
principalmente na indústria da construção civil, petrolífera, naval e de máquinas e implementos.

Em 2011, ano em que completou 110 anos, a Gerdau encerrou o exercício com um bom desempenho operacional
e financeiro, em que se destacam o recorde histórico de vendas físicas, a adequada gestão de despesas e os
patamares confortáveis de endividamento, mesmo frente às adversidades decorrentes da desaceleração da economia
global e da crise européia. A empresa consolida, assim, uma gestão profundamente comprometida com a sustentabilidade econômica, social e ambiental. Em 2012, o desafio da Gerdau é a contínua melhoria dos resultados e, para isso, seguirá investindo cada vez mais.

Com mais de 45 mil colaboradores, possui operações industriais em 14 países – nas Américas, na Europa e na
Ásia –, as quais somam uma capacidade instalada superior a 25 milhões de toneladas por ano. É a maior recicladora
da América Latina e, no mundo, transforma, anualmente, milhões de toneladas de sucata em aço. Com mais de 140
mil acionistas, a Gerdau está listada nas bolsas de valores de São Paulo, Nova Iorque e Madri.

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec nec mauris interdum, suscipit turpis eget, porta velit. Praesent dignissim sollicitudin mauris a accumsan. Integer laoreet metus

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

Usiminas

Há mais de duas décadas, a Usiminas desenvolve aços voltados para a construção civil, inclusive com soluções de
baixo custo e alta eficiência para o mercado de habitação popular. A empresa foi a primeira do país a fornecer aço
para um programa habitacional público. Atualmente, a empresa tem dois contratos fechados para o fornecimento
de estruturas de aço para o programa do governo federal Minha Casa Minha Vida.

Em novembro do ano passado a Usiminas assinou contrato com a Caixa Econômica Federal para a construção de
1000 apartamentos com estrutura de aço. As moradias serão erguidas em Castanhal (PA), na Região Metropolitana
de Belém, dentro da segunda fase do programa federal.

Anúncio

Com um investimento de cerca de R$ 9 milhões somente na estrutura dos prédios, o projeto executará 50 prédios
de 20 apartamentos no município paraense. Cada unidade habitacional terá 45 m² e é destinada a famílias com renda de
três a seis salários mínimos.

Já em dezembro, a empresa firmou convênio no valor de R$ 3 milhões para o fornecimento de estruturas de aço
para a construção de 128 apartamentos, também incluídos no Minha Casa Minha Vida, no Rio de Janeiro (RJ). Cada
unidade habitacional terá 50 m² e será destinada às famílias com renda de três a seis salários mínimos. O projeto
prevê a execução de oito prédios de 16 apartamentos e utilizará colunas tubulares fabricadas pela siderúrgica para
o segmento da construção civil. Além disso, a Usiminas também forneceu as estruturas para a construção de 96
apartamentos no município fluminense de Volta Redonda. As moradias, direcionadas à famílias na faixa de 0 a 3 salários
mínimos, foram entregues no ano passado.

Assim, a Usiminas segue apresentando projetos e soluções que mostram as vantagens do aço e a grande competitividade do produto. A empresa conta com um corpo técnico que participa, juntamente com o Centro Brasileiro de Construção em Aço (CBCA), da elaboração das normas brasileiras de aplicação do aço na construção civil.

A siderúrgica também é sócia das empresas Codeme e Metform, que atuam no mercado de construção, industrialização e comercialização de estruturas de aço, gerando oportunidades tanto no segmento industrial privado quanto nos programas do governo nas áreas habitacional, turismo, de petróleo e gás e infraestrutura.

Segundo o diretor executivo de Vendas da Usiminas, Ascanio Merrighi, construções industrializadas com estruturas de aço significam a utilização de uma solução arrojada, com forte enfoque tecnológico. “A esta imagem associa-se também
características já largamente reforçadas junto ao mercado, como precisão construtiva, redução do tempo de obra e
das instalações do canteiro, eliminação de desperdícios com redução significativa da geração de entulhos, dentre
outras”, afirma.

Além destas, outras vantagens ganham destaque hoje com novos enfoques e perspectivas, de acordo com Ascanio. “São alternativas viáveis e sintonizadas com necessidades prementes de desenvolvimento econômico com sustentabilidade ambiental e urbana. O aço reduz significativamente os impactos urbanos e ambientais das construções. A diminuição do fluxo de entrada e saída de materiais e a menor intensidade de energia contida na obra pronta são alguns desses aspectos. Esta alternativa é cada vez mais uma opção estrutural capaz de viabilizar obras com atenção especial na velocidade de retorno do capital investido e na eliminação de transtornos no gerenciamento do processo de obra”, diz.

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *