Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec nec mauris interdum, suscipit turpis eget, porta velit. Praesent dignissim sollicitudin mauris a accumsan. Integer laoreet metus

Entre os segmentos incluídos no ranking Ibevar, que apresenta a relação das 120 maiores empresas do varejo brasileiro e um panorama do consumo no Brasil em 2013, o de supermercados, hipermercados e atacado é o maior em termos de faturamento e, consequentemente, o que contempla mais empresas com receita superior a R$ 1 bilhão. Das 55 companhias ranqueadas nesse segmento, 30 estão na casa do bilhão em receita anual. De Minas Gerais, a rede Supermercados BH aparece na 11ª posição, com faturamento de R$ 2,85 bilhões, 127 lojas e 12,2 mil funcionários. Já a DMA Distribuidora ocupa o 16º lugar (faturamento de R$ 2,27 bilhões, 93 lojas e 9.785 funcionários).

O Grupo Pão de Açúcar (GPA) continua no topo da lista com faturamento de R$ 64,4 bilhões no período, seguido de Carrefour e Grupo Walmart. Dia Brasil e Supermercados Em palestra na Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais – Apimec MG, a editora executiva da Agência Estado, jornalista Teresa Navarro, disse que 2015 será um ano de duros ajustes na economia brasileira e que isso é um consenso entre diversos economistas e investidores, que preveem um inevitável aumento de preços de energia elétrica, dos combustíveis e desvalorização do câmbio, pressionando a inflação. No evento que marcou uma das fases do reposicionamento institu- Mundial entraram para o ‘clube do bilhão’—título conferido às 82 empresas que superaram R$ 1 bilhão em faturamento anual no ranking Ibevar 2014. A dimensão do segmento supermercadista e de atacado é tão expressiva que corresponde a 56,5% do montante registrado pelas 120 maiores empresas do ranking: o equivalente a cerca de R$ 214 bilhões.

Comparado ao ano de 2012, o faturamento total do setor cresceu 11,3%. “O que podemos observar é que o primeiro colocado desse segmento possui um faturamento cerca de 20 vezes maior do que o 10º colocado, o que indica que há espaço para crescimento, principalmente para fusões e aquisições. Essa disparidade significa que há perspectivas para a entrada de novos players no mercado ou de consolidação entre os grupos menores”, afirma a especialista em cional da Apimec MG, voltado para a produção e difusão de informações técnicas, Navarro afirmou que o próximo governante terá que lidar com a correção de preços administrados e com controle da inflação, além de estabelecer uma política fiscal mais rigorosa, aumentar impostos, ajustar o câmbio e buscar a reforma tributária. Para ela, a primeira questão a enfrentar é o risco de rebaixamento do rating soberano, pois desde 2013 começou uma sinalização de piora no rating do Brasil. Em junho, a S&P baixou perspectiva da nota de “esvarejo e consumo da PwC Brasil, Ana Hubert.

Nos últimos anos, o PIB foi afetado positivamente pela aceleração do consumo das famílias brasileiras (bens de consumo, serviços e outras despesas). Consumo este que representa 62,6% do PIB. De acordo com o levantamento, 52% das despesas familiares são destinadas aos bens de consumo. Excluindo veículos e combustíveis, a participação cai para 42%. O segmento supermercadista representa 19,5% nas vendas de varejo, atrás apenas do setor de veículos, motos e peças.

ECOMMERCE

Outro ponto a ser destacado são as empresas que disponibilizam serviço de comércio eletrônico. Pão de Açúcar e Sonda, por exemplo, que ocupam primeiro e 12° lugares no ranking respectivamente, permitável” para “negativa”, em março de 2014 a nota foi rebaixada, mas a perspectiva passou de negativa para estável. “Foi a primeira vez, desde 2002, ano da eleição do Lula, que uma das três principais agências de rating piorou a classificação do País”, citou. Na palestra foi mostrado que o próximo ano será caracterizado por um crescimento econômico baixo, com queda nos índices de confiança dos investidores no país, curva descendente dos investimentos, deterioração das contas públicas e piora nas contas externas do País. tem que o cliente faça compras pela internet e as receba em domicílio. Segundo Ana Hubert, o mercado de eCommerce cresce anualmente acima do mercado de varejo total. “Em 2014, considerado um ano de menor crescimento, observamos um aumento de 26% no faturamento do eCommerce no primeiro semestre e a estimativa é fechar o ano com um crescimento de 21% no faturamento, chegando a 63 milhões de e-consumidores únicos, ou seja, que já realizaram pelo menos uma compra on -line. Esses números mostram que os varejistas não podem ficar de fora desse canal que pode impulsionar as vendas do setor”, explica Ana. Ranking Ibevar –Com o objetivo de apresentar a relação das 120 maiores empresas do varejo brasileiro e um panorama do consumo no Brasil em 2013, o Ranking Ibevar traz em sua quarta edição novos Fontes ouvidas pela Agência Estado não esperam a retomada das taxas de investimentos, que só viria a partir de 2016. “Com Aécio eleito, alguns economistas calculam que os investimentos poderiam atingir 20% a 21% do PIB em 2016. Já com Dilma a retomada seria mais difícil, na avaliação deles, porque precisaria haver a retomada da confiança. A taxa ficaria em torno de 18%. A causa apontada é a maior intervenção do governo atual na economia, ante o histórico tucano de mais privatizações”, disse a editora. dados do setor. As 120 ranqueadas faturaram juntas R$ 379 bilhões no ano passado, o que responde por 30% do faturamento total do setor no país —valor 13,2% maior que o observado em 2012, que era de R$ 326 bilhões.O levantamento divulgado pelo Ibevar (Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo) foi realizado pelo Provar (Programa de Administração de Varejo da FIA), com apoio da PwC Brasil.

SOBRE A PWC

As firmas do network PwC assessoram empresas e indivíduos a criar o valor que eles buscam. Somos um network de firmas que atuam em 157 países com 195.000 profissionais que se dedicam a prestar serviços de alta qualidade em auditoria, consultoria tributária e societária e de negócios. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *