Emirates pretende contratar 3 mil tripulantes e 500 funcionários de serviços aeroportuários nos próximos seis meses
Emirates pretende contratar 3 mil tripulantes e 500 funcionários de serviços aeroportuários nos próximos seis meses
Emirates pretende contratar 3 mil tripulantes e 500 funcionários de serviços aeroportuários nos próximos seis meses
Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

A campanha mundial da companhia aérea tem o objetivo de atender à retomada planejada de suas operações.

Dubai, Emirados Árabes Unidos, 16 de setembro de 2021 – Para apoiar o aumento planejado de suas operações, a Emirates iniciou uma campanha mundial para recrutar 3 mil tripulantes de cabine e 500 funcionários de serviços aeroportuários para o seu hub de Dubai nos próximos seis meses.

Os cargos oferecidos são para Dubai, com os funcionários atuando na linha de frente, em contato com o cliente. Os dois tipos de vagas disponíveis oferecem oportunidades interessantes para que pessoas simpáticas, animadas e dedicadas ao trabalho conheçam e interajam com o mundo como embaixadores da marca Emirates.

Anúncio

Os candidatos interessados em trabalhar na companhia aérea como tripulante de cabine ou agente de serviços aeroportuários podem acessar mais detalhes sobre as exigências das vagas e se candidatar em www.emiratesgroupcareers.com.

A Emirates tem restaurado gradualmente sua malha de voos, de acordo com a flexibilização das restrições de viagens ao redor do mundo. Nos últimos meses, a companhia aérea tem chamado de volta pilotos, tripulantes de cabine e outros funcionários operacionais que foram desligados quando a pandemia forçou uma redução drástica nos voos no ano passado.

Hoje, a companhia aérea oferece voos para mais de 120 cidades, representando 90% da sua rede antes da pandemia, e planeja restaurar 70% da sua capacidade até o final do ano, incluindo a volta das suas icônicas aeronaves A380.

Uma das cidades globais mais dinâmicas, Dubai também se destacou em termos de resposta à pandemia, graças à sua forte liderança e à cooperação dos setores público e privado. A rápida implementação da campanha de vacinação em Dubai e a clareza dos protocolos adotados para a pandemia permitiram a reabertura rápida e segura da cidade para viajantes internacionais de turismo e negócios em julho de 2020.

Dubai continua atraindo pessoas do mundo inteiro com sua cultura acolhedora, isenção de impostos e infraestrutura líder de moradia, trabalho e recreação.

Saúde e segurança

Ao longo do ano passado, a Emirates trabalhou com as autoridades e seus parceiros do setor da aviação para garantir a saúde e a segurança de todos os viajantes e funcionários do aeroporto, sempre observando a evolução contínua dos protocolos de saúde em todo o mundo.

Mesmo antes da declaração da pandemia de COVID-19 pela Organização Mundial da Saúde, a Emirates já havia implementado protocolos aprimorados de limpeza e desinfecção em todos os seus pontos de contato com o cliente no aeroporto e a bordo. No aeroporto, a Emirates também instalou painéis de proteção em todos os balcões de check-in e instituiu o distanciamento físico em todas as áreas.

Todos os seus protocolos de biossegurança são continuamente revisados e atualizados de acordo com as orientações médicas mais recentes. A Emirates também aproveitou sua parceria com o programa de incubação e inovação Aviation X-lab dos Emirados Árabes Unidos para realizar testes de limpeza com robôs em seus lounges exclusivos no aeroporto de Dubai. Esses robôs usam tecnologia especial para eliminar a maioria dos vírus e garantir ambientes mais saudáveis.

Além de ser uma das primeiras companhias aéreas a lançar EPIs (equipamentos de proteção individual) para seus funcionários da linha de frente em fevereiro de 2020, quando as vacinas COVID-19 foram disponibilizadas a Emirates implementou uma campanha em toda a empresa para incentivar os funcionários a tomar a vacina e proteger a si e aos outros, em um esforço que resultou em mais de 95% de todos os funcionários totalmente vacinados.

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades