Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

A doação ou cessão de equipamentos, implementos agrícolas e insumos, por meio da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater-MG), alavanca a produção da agricultura familiar no Estado. Entre 2018 e 2019, a empresa pública, vinculada à Secretária de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, aplicará mais de R$ 4 milhões nestas ações, beneficiando produtores de aproximadamente 700 municípios mineiros.

Os recursos, vindos dos Governos Federal e Estadual, por intermédio de emendas parlamentares e convênios, somados a contrapartidas da Emater-MG, que também executa as ações, já foram aplicados, em 2018, na compra de 29 tratores equipados com 50 implementos agrícolas; 78 kits de inseminação bovina (botijão criogênico, sêmen e maleta);quatro tanques de resfriamento de leite; cinco kits de sala de prova de café; 100 kits feira (barraca, jaleco e caixas de transporte dos produtos); 15 sistemas de abastecimento de água; 43 conjuntos de microtratores com carreta; 27 motocicletas para a logística dos inseminadores, três veículos utilitários para apoio a frigoríficos de pescado, além de sementes.

A última entrega de equipamentos ocorreu na segunda-feira, 18 de março, na Unidade Central da Emater-MG, em BH, para 15 municípios do Sul de Minas: Areado, Boa esperança, Bom Jesus da Penha, Caldas, Coqueiral, Doresópolis, Elói Mendes, Fortaleza de Minas, Ibiraci, Machado, Nova Resende, São Pedro da União, Varginha, Cássia e Carmo do Rio Claro. Eles foram contemplados com duas Salas de Prova de Café; dez motocicletas; dois kits de Feira Livre e três veículos.

Anúncio

A Associação Comunitária de Produtores Rurais e Agropecuaristas da Comunidade das Posses, no município de Coqueiral, no Sul de Minas, é uma das beneficiadas. A organização reúne 56 pequenos produtores de café, como o cafeicultor Vanderlúcio Lázaro Ferreira, que planta sete hectares do grão. Para ele, ações como essa são fundamentais para o desenvolvimento dos produtores. “Acredito que isso seja muito importante pra nós, pois colocamos o nosso café na cooperativa, mas não sabemos a qualidade dele. Agora com a sala de prova de café, poderemos medir a qualidade do nosso produto”, afirmou.

Piscicultura

O prefeito de Cássia, Marco Leandro Almeida de Arantes, que levou para o município duas caminhonetes para usar na logística de um frigorífico de pescado, montado por piscicultores locais, com o apoio da Emater-MG, também ressaltou a iniciativa. “A importância é muito grande, pois Cássia é um município banhado pela represa de Mascarenhas, que é de Furnas e tem um potencial de exploração de peixes muito alto. Há dois anos conseguimos realizar um sonho de 16 anos que é o frigorífico. Então, esses carros vão ajudar na entrega do pescado”, explicou.

O frigorífico, segundo o prefeito Marco Leandro, conta com o trabalho de 15 piscicultores, mas esse número deverá aumentar com a valorização cada vez maior do preço da tilápia, cujo filé é comercializado pela instituição. “Atualmente, o frigorífico abate 300 quilos de peixe por dia, mas a perspectiva é chegar aos três mil quilos diários, uma vez que já temos certificado de inspeção federal, podendo ser comercializado em todo Brasil”, completou.

O prefeito de Carmo do Claro, na região de Furnas, Sebastião Cézar Lemos, recebeu da Emater-MG, com alegria, uma pick-up Montana. “A caminhonete será usada para transportar a produção da agricultura familiar (artesanato, doces, hortaliças) para a feira, que é realizada aos domingos, e ajudar o pescador que precisa levar o seu peixe para o processamento no frigorífico de Cássia”, informou. Segundo o prefeito, 70% da renda do município vem da agricultura. “Temos leite, café e soja. Daí a importância desse veículo para Carmo de Rio Claro. Temos em média 400 agricultores familiares trabalhando nas lavouras de café, soja, arroz, milho e mais 200 piscicultores. A Emater é nossa parceira número um”, disse.

Os equipamentos e veículos entregues nessa segunda-feira (18/03), na ordem de R$ 300 mil, foram adquiridos por meio de emenda parlamentar de autoria do deputado federal Emídio Madeira. “É muito importante a gente estender a mão ao pequeno produtor porque ele sabe plantar, colher com qualidade e em quantidade, mas tudo sempre é mais difícil para ele. Então, uma ensiladeira numa comunidade onde pica 20 carretas de silo, para cada produtor faz a diferença na vida dele”, destacou o parlamentar.

Segundo o secretário adjunto de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Amarildo Kalil, a cessão e doação de equipamentos, implementos agrícolas e insumos a municípios mineiros, através da Emater-MG, faz parte do contexto de trabalho da Secretaria de Agricultura, Emater-MG e Assembleia. “A gente faz essa parceria das emendas parlamentares entre o Estado e a Assembleia para disponibilizar equipamentos que vão contribuir para o trabalho do produtor, garantindo maior produtividade e renda para a agricultura familiar”, reforça.

Kalil explica que as motocicletas vão dar suporte logístico para inseminação artificial em vários municípios, assim como os veículos na piscicultura. Os kits de feira livre darão suporte para comercialização e as salas de café vão aferir a qualidade da bebida, oferecendo ao produtor poder de barganha na hora da venda de seu produto. “São coisas simples, mas que fazem a diferença pra quem utiliza isso no dia a dia. Acreditamos que isso vai contribuir mais com o desenvolvimento da agricultura nesses municípios”.

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *