Emater MG lança programa Minas Pecuária para atendimento diferenciado de propriedades do estado
Emater MG lança programa Minas Pecuária para atendimento diferenciado de propriedades do estado
Emater MG lança programa Minas Pecuária para atendimento diferenciado de propriedades do estado
Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

participação no programa

A Emater-MG deu início a um programa que vai adotar um modelo diferenciado de assistência técnica a propriedades rurais que desenvolvem a bovinocultura em Minas Gerais. No dia 14 de julho, foi lançado o Minas Pecuária durante um encontro virtual com a participação de diretores, gerentes regionais e coordenadores técnicos da empresa.

Neste ano, o Minas Pecuária vai selecionar centenas de propriedades em todas as regiões do estado que servirão de unidades de referência. A ideia é permitir que produtores rurais tenham acesso a tecnologias e estratégias de administração da atividade, com foco num sistema sustentável e competitivo, que promovam melhoria de renda. As propriedades selecionadas irão receber assistência técnica sistematizada e contínua, com foco na adoção de Boas Práticas Agropecuárias (BPA) de produção.

Anúncio

“Numa visita inicial será feito um diagnóstico, com levantamento da realidade da propriedade.  Depois, juntamente com o produtor, será estabelecido um plano anual de ação, estipulando metas de rentabilidade e eficiência a serem atingidas.  Nestas propriedades será dado um atendimento mensal, sistemático e continuado, para se obter os resultados planejados” explica o coordenador técnico estadual em Bovinocultura da Emater-MG, Nauto Martins.

O primeiro passo do Minas Pecuária é a capacitação dos técnicos da Emater-MG sobre a metodologia, execução e monitoramento dos trabalhos desenvolvidos nas propriedades que serão selecionadas. Também faz parte do treinamento, como utilizar e abastecer, com os dados de cada unidade de produção, o Módulo Minas Pecuária do Deméter. Ele é um software de interface amigável, lançado pela empresa, que permite maior agilidade, registros e melhoria das análises sobre as atividades desenvolvidas, possibilitando a melhoria na gestão das propriedades acompanhadas.

“Depois que os dados são lançados no Módulo Minas Pecuária do Deméter, o sistema faz, de maneira automática, com que estes dados gerem diversos relatórios de desempenho produtivo e reprodutivo do rebanho, sobre a qualidade do leite, além de aspectos econômicos e financeiros da propriedade. Estes relatórios irão ajudar os técnicos e produtores durante a execução das ações e serão fundamentais para a melhor tomada de decisão. Além disso, nos permitirá criar um amplo banco de dados diferenciado da pecuária bovina de Minas Gerais”, explica o coordenador da Emater-MG.

A participação dos produtores no Minas Pecuária é voluntária e gratuita. A contrapartida exigida é o comprometimento em seguir o plano de ação estabelecido pelo programa.  Além disso, o produtor deve concordar que a propriedade selecionada esteja e sirva de modelo e referência para outros criadores.

“Serão selecionados produtores que tenham disposição em adotar as orientações e em abrir sua unidade de produção para visitas e realização de eventos técnicos. Ele precisa ter a motivação em se fazer um agente multiplicador das tecnologias adotadas e bem-sucedidas, beneficiando outros produtores”, afirma Nauto Martins.

A proposta da Emater-MG é promover encontros conhecidos como ‘dias de campo’ nas propriedades selecionadas pelo Minas Pecuária.  Além disso, será realizado o Circuito Mineiro da Bovinocultura em polos regionais, quando especialistas irão abordar temas relacionados às boas práticas agropecuárias, tecnologias adotadas e resultados obtidos nas unidades de referência do Minas Pecuária.

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades