O Brasil conseguiu ultrapassar pela primeira vez, em 2019, o patamar de mil transações no total de transações de fusões e aquisições de empresas, atingindo um total 1.231 operações concretizadas – o maior número desde 1999, início da série histórica do levantamento feito pela empresa de auditoria KPMG. Em 2018, foram realizadas 967 transações.

As empresas de serviços de internet e de tecnologia (TI) responderam, juntas, por 351 fusões e aquisições no Brasil em 2019.

O reaquecimento da economia brasileira a partir de 2017, apesar de modesto, contribuiu para puxar recordes no número de fusões e aquisições (M & A – Mergers and Acquisitions) durante estes últimos três anos. O total recorde de transações em 2019 – o maior da série histórica dos últimos 21 anos – reflete, também, a melhora das perspectivas fiscais para o país, a partir da aprovação – em outubro, da Reforma da Previdência.