Michael R. Bloomberg, Dr. Henry A. Kissinger, Henry M. Paulson, Jr., Zeng Peiyan, Jorge Paulo Lemann, Ursula Burns, Gary Cohn, Bill Gates, Martin Lau, Jack Ma, Strive Masiyiwa, Lubna Al-Olayan, Condoleezza Rice, Lawrence H. Summers, Tung Chee-hwa, Zhang Lei, Zhou Xiaochuan e 500 líderes empresariais e governamentais globais se reúnem no segundo fórum anual para discutir economias e tecnologias emergentes

A Bloomberg e o Centro de Intercâmbio Econômico Internacional da China (CCIEE) anunciaram que o Fórum da Nova Economia de 2019 será realizado em Pequim do dia 20 ao dia 22 de novembro nas margens do Lago Yanqi, com visão para a Grande Muralha. Aproximadamente de 500 dos executivos mais influentes do mundo, inovadores em tecnologia, autoridades governamentais, especialistas e acadêmicos de mais de 60 países e regiões se reunirão em Pequim para propor soluções para a enorme desordem que está ocorrendo, à medida que o equilíbrio do poder econômico global está em transição para o continente asiático.

A nova economia será cada vez mais moldada por potências emergentes, bem como por tecnologias avançadas, enquanto uma revolução industrial está promovendo desenvolvimentos críticos nos campos da ciência e tecnologia, comércio e finanças. Ao mesmo tempo, o protecionismo comercial está em ascensão e instituições multilaterais como a Organização Mundial do Comércio (OMC) enfrentam desafios. Os conflitos sobre o comércio levarão os países a continuar construindo muros que impedem o fluxo de ideias, pessoas, capital e outros elementos críticos da produção? A colaboração pode permitir um crescimento inclusivo e sustentável? Os líderes do Fórum da Nova Economia estão comprometidos em trabalhar juntos, compartilhando ideias para enfrentar os desafios que ameaçam a prosperidade e a estabilidade social.

Lançado em 2018 por Michael R. Bloomberg, fundador da Bloomberg LP e da Bloomberg Philanthropies e Prefeito da cidade de Nova York por três mandatos, o Fórum da Nova Economia está comprometido em promover a transição suave da velha economia – baseada em trabalho intensivo de fabricação e comércio de bens – para um novo foco em automação industrial, serviços digitais e intercâmbio de dados. O Fórum da Nova Economia tornou-se uma plataforma de convocação global única na qual empresas e governos, usando fatos e dados, podem se engajar em uma troca aberta de ideias sobre como facilitar a transição global que está em andamento.

Organizado pela Bloomberg e pelo Centro de Intercâmbio Econômico Internacional da China, o Fórum da Nova Economia de 2019 focará nos tópicos de governança econômica global, comércio, tecnologia, finanças e mercado de capitais, mudanças climáticas, urbanização e inclusão. O fórum buscará soluções para os principais desafios e questões trazidas pelas transições econômicas globais, explorará como fomentar condutores críticos de desenvolvimento na nova era econômica, promoverá o desenvolvimentosustentável, reduzirá a desigualdade e enfrentará as mudanças climáticas em todo o mundo.

“Estamos experimentando um período de profundas mudanças no mundo, em que novos centros econômicos estão emergindo, novas alianças comerciais estão se formando e novas tecnologias estão transformando as indústrias” comenta Michael R. Bloomberg. “O Fórum da Nova Economia abordará essas mudanças sísmicas através de um diálogo franco e de alto nível, que fomentará a parceria público privada. A China é uma parte importante destas discussões e o Fórum da Nova Economia reunirá líderes de todo o mundo para enfrentar desafios comuns e promover nossos interesses em comum”

O Conselho Consultivo do Fórum inclui os líderes mais influentes do mundo, liderado pelo ex-assessor de Segurança Nacional e Secretário de Estado dos EUA Dr. Henry A. Kissinger, juntamente com o ex-secretário do Tesouro dos EUA e presidente do Instituto Paulson, Henry M. Paulson Jr. e Zeng Peiyan, ex Vice-Premier do Conselho de Estado, PRC e Presidente do CCIEE, como co-presidentes.

O Dr. Henry A. Kissinger comenta, “O mundo está passando uma transformação histórica. As diferentes sociedades em constante mudança, estão buscando formas de moldar suas relações de maneira que promovam novas formas de paz e progresso. A China e os Estados Unidos, como as duas maiores economias e países tecnologicamente mais avançados, têm papel fundamental neste processo. O Fórum da Nova Economia celebrará uma oportunidade para este dialógo global entre personalidades de destaque. Eu apoio a iniciativa visionária de do amigo de longa data, Mike Bloomberg, na criação do fórum e espero ansiosamente pela participação.”

Zeng Peiyan disse: “O mundo de hoje está enfrentando uma transição do século. Uma nova rodada de revolução tecnológica e transformações industriais estão mudando profundamente o mundo. Novas economias, novos negócios e novos vetores de crescimento estão se desenvolvendo de forma robusta, as economias emergentes estão crescendo rapidamente e a reforma dos sistemas de governança global e da ordem internacional está se acelerando. O mundo está cheio de esperança e desafios. Os países desenvolvidos e em desenvolvimento devem trabalhar juntos para construir uma comunidade pacífica, próspera e bela para toda a humanidade”.

Henry M. Paulson Jr., disse: “No espirito de seu fundador, o Fórum da Nova Economia da Bloomberg é orientado a ações e focado no alcance de resultados reais. Em um momento em que governos e empresas de todo mundo são atingidos por novos e emergentes riscos, o Fórum proporciona uma oportunidade para que líderes entendam os desafios e desenvolvam soluções em conjunto”.

Estamos felizes em receber o apoio e participação de nossos conselheiros, incluindo:
• Henry A. Kissinger Ex-secretário de Estado dos EUA e assessor de segurança nacional
• Henry M. Paulson, Jr. Ex-secretário do Tesouro dos EUA e presidente do Instituto Paulson
• Zeng Peiyan Ex Vice-Premier do Conselho de Estado, PRC e Presidente do CCIEE
• Mukesh Ambani Presidente, Reliance Industries Limited
• Bassem Awadallah CEO, Tomoh Advisory
• Ursula Burns Presidente, Veon Ltd.
• Gary Cohn Ex Assistente do Presidente de Política Económica dos Estados Unidos e diretor do Conselho Econômico NacionalOrit Gadiesh Chairman, Bain & Company
• Bill Gates Co presidente, Bill & Melinda Gates Foundation
• Kenneth C. Griffin Fundador and CEO, Citadel
• Walter Isaacson Professor de História, Tulane University; Exr CEO, The Aspen Institute
• Yoriko Kawaguchi Ex Ministro Relações Exteriores and Meio Ambiente, Japan; Membro, Musashino Institute for Global Affairs
• Martin Lau Presidente, Tencent
• Jorge Paulo Lemann Fundador, 3G Capital
• Jack Ma Presidente Executivo, Alibaba Group
• Strive Masiyiwa Fundador e Presidente Executivo, Econet Group
• Nandan Nilekani Presidente, Infosys Limited
• Eyal Ofer Presidente, Ofer Global
• Lubna Al-Olayan CEO, Olayan Financing Company
• Penny Pritzker ex secretária de Comercio dos Estados Unidos; fundador, PSP Partners
• Raghuram Rajan Ex Governador, Reserve Bank of India; Professor de Finanças, University of Chicago Booth School of Business
• Condoleezza Rice Ex Secretária de Estados dos Estados Unidos e Conselheira de Segurança Nacional
• David M. Rubenstein Cofundador and Copresidente, The Carlyle Group
• Kevin Rudd Ex Primeiro Ministro, Australia; Presidente, Asia Society Policy Institute
• Minouche Shafik Ex Vice-Governador, Bank of England; Diretor, London School of Economics and Politics
• Tharman Shanmugaratnam Ministro Senior and Ministro Coordenador de Políticas Sociais, Republic of Singapore
• Lawrence H. Summers Ex Secretário da Fazenda dos Estados Unidos; Presidente Emérito, Harvard University
• Tung Chee-hwa Ex director executive de Hong Kong; Vice-Presidente, Comitê Nacional de Conferencia Consultiva Política (CPPCC)
• Janet Yellen Ex Presidente, Junta de Governadores da Reserva Federal dos Estados Unidos
• Zhang Lei Fundador e CEO, Hillhouse Capital Management Group
• Zhou Xiaochuan Ex Governador, People’s Bank of China; Vice-Presidente, Boao Forum for Asia and Chief Representative of China
• Robert Zoellick Ex Presidente, World Bank; Principal, Brunswick Group

“O Fórum da Nova Economia reúne líderes globais de todos os setores para discutir soluções baseadas em dados orientados a resultados para alguns dos maiores desafios encontrados atualmente”, comenta Bill Gates. “Aguardo ansiosamente o encontro este ano em Pequim, onde poderemos discutir sobre o aproveitamento da tecnologia e inovação para melhorar a economia mundial”.

O fórum de 2019 é apoiado por dez empresas parceiras e suas lideranças corporativas, incluindo: Mike Roman, Presidente do Conselho e CEO, 3M; H.E. Dr. Sultan Al Jaber, Ministro de Estado dos Emirados Árabes Unidos e CEO do Grupo, ADNOC; AlikoDangote, Presidente e Diretor Executivo da Dangote Industries Limited; Darren W. Woods, Presidente e CEO da ExxonMobil; Frederick W. Smith, Presidente e CEO da FedEx; John M. Flint, Diretor Executivo do HSBC; Euisun Chung, Vice-Presidente Executivo da Hyundai Motor Group; Ajay Banga, Presidente e CEO da Mastercard; Natarajan Chandrasekaran, Presidente Executivo da Tata Sons. O fórum deste ano também recebe seu primeiro parceiro chinês, Yu Liang, Chairman, Vanke. A McKinsey andCompany é o parceiro de conhecimento exclusivo.

Detalhes adicionais sobre o Fórum, incluindo a agenda e os delegados, serão anunciados em uma data futura. Para mais detalhes, visite neweconomyforum.com. Para participar da conversa e se manter atualizado sobre o Fórum, nos siga no Twitter, Facebook, e LinkedIn, usando #NewEconForum.

Sobre a Bloomberg
A Bloomberg, líder global de informações financeiras e de negócios e notícias, fornece aos tomadores influentes de decisão uma vantagem crítica, conectando-os a uma rede dinâmica de informações, pessoas e ideias. A força da empresa – fornecimento de dados, notícias e análises através de uma tecnologia inovadora, de forma rápida e precisa – é o cerne do Terminal Bloomberg. As soluções corporativas da Bloomberg estão centradas na força do núcleo da empresa: alavancando a tecnologia para permitir que clientes acessem, integrem, distribuam e gerenciem seus dados e informações entre organizações de forma mais eficiente e eficaz. Para mais informações, visite https://www.bloomberg.com.br/ ou solicite uma demonstração.

Sobre o CCIEE
Fundado em 20 de março de 2009, o Centro de Intercâmbio Econômico Internacional da China (CCIEE) é uma organização social e um novo tipo de think tank, registrado e aprovado pelas autoridades competentes do governo chinês. Orientada pela filosofia de “Originalidade, Objetividade, Racionalidade e Compatibilidade”, a CCIEE visa servir ao desenvolvimento nacional, melhorar o bem-estar das pessoas e promover intercâmbios e cooperação através de pesquisas sobre questões estratégicas e econômicas no país e no exterior, desenvolvendo intercâmbios internacionais e cooperação e prestação de serviços de consultoria e apoio intelectual ao governo e empresas na tomada de decisões. Para mais informações, visite: www.cciee.org.cn