João Emilio Rocheto - Presidente do Conselho Administrativo da Bem Brasil, Dênio de Oliveira - CEO da Bem Brasil, Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias - Ministra de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e Isabela Navarro - Gerente de Sustentabilidade da Bem Brasil
João Emilio Rocheto - Presidente do Conselho Administrativo da Bem Brasil, Dênio de Oliveira - CEO da Bem Brasil, Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias - Ministra de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e Isabela Navarro - Gerente de Sustentabilidade da Bem Brasil
João Emilio Rocheto – Presidente do Conselho Administrativo da Bem Brasil, Dênio de Oliveira – CEO da Bem Brasil, Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias – Ministra de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e Isabela Navarro – Gerente de Sustentabilidade da Bem Brasil
Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

Empresa mineira recebe o selo pelo segundo ano consecutivo

 

A Bem Brasil Alimentos acaba de ser reconhecida como a empresa brasileira que possui as melhores práticas de sustentabilidade ambiental, de acordo com o Selo Mais Integridade. O anúncio foi feito nesta manhã, em Brasília (DF), durante cerimônia de entrega da premiação, que é uma iniciativa do Ministério da Agricultura. Este é o segundo ano consecutivo que a empresa, líder na venda de batatas fritas pré-congeladas, recebe o selo.

 

“A preocupação com o meio ambiente está no nosso DNA da Bem Brasil há exatos 15 anos, desde que a empresa nasceu, e hoje é um dos valores da empresa. Por isso, recebemos esse reconhecimento com muito orgulho, pois ele é a constatação de que nosso esforço em cuidar da sustentabilidade em toda a nossa cadeia produtiva frutificou. O respeito e o cuidado com o ecossistema fazem parte de nossa cultura organizacional e se refletem em projetos permanentes para garantir a produção e o consumo responsáveis”, diz o CEO da Bem Brasil, Dênio de Oliveira.

 

Além de uma gestão comprometida com as pessoas e com o meio ambiente, o reconhecimento pelo Mapa – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento –  com o Selo Mais Integridade é resultado de uma série de ações implementadas pela empresa de ponta a ponta na cadeia produtiva. Entre as inúmeras medidas da Bem Brasil para imprimir sustentabilidade em todas as etapas do processo produtivo está seu programa de economia circular, que busca transformar e renovar a cultura de linearidade, agregando valor a produtos antes descartados, na prática de ciclos consistentes e sustentáveis. Entre as práticas da empresa, estão o reuso da água, a gestão de resíduos, a fertirrigação e a compostagem.

 

Para se ter ideia dos resultados dessas iniciativas, atualmente, são destinados para o processo de compostagem cerca de 150 toneladas/dia de resíduos orgânicos de batata. A Bem Brasil produz 2.500 toneladas/mês de composto orgânico, chegando, em média, a 30 mil toneladas ano, que são aplicados em 10 mil hectares de culturas diversas. Além disso, fertirriga, em média, 3 mil m3/dia, totalizando 84 mil m3/mês em uma área de aproximadamente 600 hectares, do próprio grupo.

 

Na gestão de resíduos, a empresa destina as sobras de isopor para uma empresa que os utiliza como matéria-prima na fabricação de blocos para construção civil, material que volta para a Bem Brasil e é aplicado nas câmaras frias de armazenamento de batata in natura. Outra linha de manejo é dos resíduos de plástico e papelão, 100% destinados para reciclagem e/ou logística reversa.

Em mais uma iniciativa, transforma o amido, resíduo da batata, em subproduto na fabricação de colas e goma de produtos têxtis. “Estamos sempre buscando soluções que beneficiem não somente a indústria Bem Brasil e seus colaboradores, mas também nossos parceiros, fornecedores e clientes. Dessa forma, geramos valor compartilhado e vamos multiplicando ações sustentáveis na nossa cadeia produtiva”, acrescenta Oliveira.

 

Ações de sustentabilidade também permitem que a Bem Brasil contribua positivamente para a agenda de mudança climática. A indústria deixa de emitir cerca de 24 mil toneladas de CO2 por ano com algumas ações de economia circular e com automação de seus processos, contribuindo para a mitigação dos impactos ambientais para a sociedade.

 

O selo de integridade do Mapa – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – foi criado em dezembro de 2018 com o objetivo de fomentar, reconhecer e premiar práticas de integridade por empresas do agronegócio sob a ótica da responsabilidade social, sustentabilidade, ética e ainda o empenho para a mitigação das práticas de fraude, suborno e corrupção (integridade).

 

A Bem Brasil Alimentos, indústria 100% brasileira de batatas pré-fritas congeladas, atua no mercado há 15 anos, sendo pioneira na atividade. A marca é líder isolada em penetração da batata pré-frita congelada nos lares brasileiros – detém um share de 40%, conforme pesquisa Nielsen/SuperVarejo – e apresenta o maior índice de frequência de compras nos supermercados, de acordo com a consultoria Kantar. A companhia conta com duas unidades fabris no Triângulo Mineiro: uma em Araxá e a outra no município de Perdizes, que geram mais de 1000 empregos diretos e 2 mil indiretos. A ampliação da fábrica de Perdizes duplicou a capacidade produtiva da empresa para mais de 450 mil toneladas de produtos.

 

Seu mix contempla mais de 20 produtos voltados para food service e varejo nacional. Além de contar com o reconhecimento do mercado pela qualidade de seus produtos, ao longo dos anos, a Bem Brasil conquistou diversos prêmios pela sua excelência em segurança de alimentos e gestão de pessoas. A empresa prima pela sustentabilidade, com uma atuação focada na responsabilidade socioambiental e na governança corporativa, o que também já rendeu diversas certificações, entre elas o Selo Mais Integridade, do Ministério da Agricultura.

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades