Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec nec mauris interdum, suscipit turpis eget, porta velit. Praesent dignissim sollicitudin mauris a accumsan. Integer laoreet metus

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

Nova linha de financiamento oferece taxas de juros a partir de 0,95% ao mês, prazos maiores e atendimento personalizado a todos os setores econômicos

Após revisar as condições do BDMG Geraminas, principal produto destinado ao segmento de clientes de micro e pequeno porte, o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) volta-se para as médias empresas mineiras e cria um novo produto: o BDMG Giro Média Empresa.

O Banco oferecerá condições ainda melhores para capital de giro para empresas de médio porte, figurando dentre as mais competitivas do mercado. As taxas de juros foram reduzidas e os prazos para pagamento, ampliados. O BDMG Giro Média Empresa destina-se a empresas com faturamento anual entre R$ 10,5 milhões e R$ 90 milhões de todos os setores econômicos. Podem ser financiados até R$ 3 milhões por cliente.

Anúncio

Para financiamentos com prazo total de até 15 meses, o BDMG oferece taxas de juros de 0,95% ao mês e carência de três meses. Já financiamentos com prazo total de até 36 meses, as taxas de juros são a partir de 1,06% ao mês e carência de seis meses. Para prazos de até 42 meses, o BDMG Giro Média Empresa oferece taxas a partir de 1,10% ao mês e carência de seis meses. Vale ressaltar que as taxas de juros serão fixas, ou seja, o cliente saberá quanto vai pagar até o término do financiamento.

De acordo com o gerente de Departamento de Médias Empresas do BDMG, Alexandre Drummond, os diferenciais do Banco são o atendimento personalizado e o compromisso com o sucesso dos clientes. “Oferecemos atendimento individualizado para o segmento de média empresa e contamos com uma equipe especializada, que conhece as peculiaridades econômicas do Estado”, explica.

Desembolsos – Em 2011, o BDMG desembolsou um total de R$ 129,2 milhões para empresas mineiras de médio porte. Para 2012, a previsão do Banco é alcançar R$ 185 milhões em liberações.

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *