Balança Comercial: Brasil atinge novo recorde de superávit em 2022
Balança Comercial: Brasil atinge novo recorde de superávit em 2022
Balança Comercial: Brasil atinge novo recorde de superávit em 2022
Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

Setores agropecuário e de transformação têm forte crescimento nas exportações; novo governo deve planejar cuidadosamente para manter o sucesso da Balança Comercial em 2023

O Brasil atingiu um novo recorde de superávit comercial em 2022, com um aumento de 1,5% em relação ao recorde anterior de US$ 61,4 bilhões em 2021. As exportações cresceram 19,3% em relação ao ano anterior, atingindo US$ 335,01 bilhões, enquanto as importações aumentaram 24,3%, atingindo US$ 272,697 bilhões.

Fábio Pizzamiglio, diretor da Efficienza, uma empresa especializada em comércio exterior, afirma que é importante que o novo governo faça um planejamento cuidadoso para continuar tendo sucesso no comércio exterior em 2023. Isso inclui considerar os fatores que ajudaram o Brasil a alcançar um recorde de superávit comercial e exportações em 2022.

“Com o aumento recorde nas exportações e no superávit comercial em 2022, o Brasil está em uma posição favorável para continuar a crescer no comércio exterior em 2023. No entanto, é importante considerar os fatores que contribuíram para esse sucesso, como a valorização das commodities, e como eles podem mudar no futuro. Além disso, é necessário monitorar as relações comerciais com os principais parceiros do Brasil e como qualquer mudança nessas relações pode afetar o comércio exterior”, afirmou.

O setor agropecuário foi o que mais cresceu nas exportações, com um aumento de 36,1%, impulsionado principalmente pelo aumento de 31,5% nos preços de produtos básicos devido à guerra na Ucrânia. A indústria de transformação também teve um crescimento nas exportações, de 26,2%, graças ao aumento de 15,7% nos preços e de 9,8% nos volumes exportados.

Para Fábio, é crucial que os investimentos na agropecuária continuem para o país manter o crescimento no comércio internacional. “O setor do agronegócio e da indústria de transformação tiveram um crescimento significativo nas exportações em 2022, o que demonstra a força e a importância desses setores para a economia brasileira. Além do aumento nos preços de produtos básicos, também houve um aumento nos volumes embarcados e nos preços e volumes exportados, o que contribuiu para o crescimento desses setores.

Os principais produtos exportados foram soja, óleos brutos de petróleo, minério de ferro e concentrados, óleos combustíveis de petróleo ou minerais betuminosos, milho não moído e carne bovina fresca, refrigerada ou congelada.

A valorização das commodities foi o principal fator para o sucesso da balança comercial em 2022. Em dezembro, o superávit foi de US$ 4,779 bilhões, um aumento de 24,5% em relação ao mesmo mês do ano anterior. A perspectiva para este ano é a manutenção do crescimento das exportações, com uma expectativa de aumento de 4,6% nas vendas para o exterior.

Novo Governo

O vice-presidente Geraldo Alckmin será responsável por manter esses bons resultados na Balança Comercial, pois também acumula o cargo de Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). Ele escolheu Jorge Viana para a presidência da Agência Nacional Brasileira de Promoção de Exportação e Investimentos (Apex) e Tatiana Prazeres como secretária de Comércio Exterior.

Com a escolha de Viana, ex-governador do Acre e ex-senador, para a Apex, Alckmin deixou claro que a agência, que havia sido transferida para o Itamaraty durante o governo de Michel Temer, voltará para o órgão original.

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

Mercado Comum: Jornal on-line BH - Cultura - Economia - Política e Variedades

Rua Padre Odorico, 128 – Sobreloja São Pedro
Belo Horizonte, Minas Gerais 30330-040
Brasil
Telefone: (0xx31) 3281-6474
Fax: (0xx31) 3223-1559
Email: revistamc@uol.com.br
URL: https://www.mercadocomum.com/
DomingoAberto 24 horas
SegundaAberto 24 horas
TerçaAberto 24 horas
QuartaAberto 24 horas
QuintaAberto 24 horas
SextaAberto 24 horas
SábadoAberto 24 horas