Usina de Aços Longos – João Monlevade - MG
Usina de Aços Longos – João Monlevade - MG
Usina de Aços Longos – João Monlevade – MG
Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

Líder no mercado brasileiro em produção de aço, a ArcelorMittal Brasil é dona de uma história sólida, consolidada ao longo de mais de 100 anos. Atualmente, conta plantas industriais em Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo, Rio de Janeiro e Mato Grosso do Sul. A produtora de aço possui mais de 100 unidades de distribuição em todo o território nacional. Cerca de 16 mil pessoas trabalham na companhia, que tem capacidade instalada anual superior a 12,5 milhões de toneladas de aço e 7 milhões de toneladas de minério de ferro.

Em Minas Gerais, são três unidades industriais, instaladas em Sabará, João Monlevade e Juiz de Fora, além de duas plantas minerárias: a Mina do Andrade, em Bela Vista de Minas, e a de Serra Azul, em Itatiaiuçu. Já a área responsável pela produção de carvão vegetal (BioFlorestas) está espalhada por 16 municípios mineiros. Já a sede administrativa e a empresa de Tecnologia da Informação (ArcelorMittal Sistemas) estão em Belo Horizonte.

Início – A empresa foi fundada em 1921, em Sabará (MG), sob o nome de Companhia Siderúrgica Belgo Mineira, uma fusão entre o grupo europeu de aço ARBED e a Companhia Siderúrgica Mineira, idealizada por engenheiros da Escola de Minas de Ouro Preto, em 1917. Já em sua criação, a companhia já mostrava grandiosidade: a usina de Sabará se transformou na primeira planta integrada da América do Sul e foi a pioneira na produção de laminados com aço 100% nacional com a operação de perfis leves e vergalhões.

Portfólio – A ArcelorMittal Brasil oferece ao mercado produtos e soluções para os setores do agronegócio, construção civil, automotivo, energia, indústria e óleo e gás. São aços longos e planos de alta qualidade presentes em automóveis e caminhões, eletrodomésticos, casas e prédios, embalagens, cercas, entre outras. Em parceria com o Grupo Bekaert, lidera no Brasil o fornecimento de arames para a indústria e o agronegócio e está entre os três maiores produtores de cordonéis de aço para reforço de pneus.

Performance operacional – Em 2021, a operação brasileira obteve a sua melhor performance da história. A empresa consolidou ainda mais a sua liderança no país e o destaque não se deu apenas pela eficiência e estabilidade operacionais, com todas as plantas industriais produzindo a plena capacidade, mas pelas vendas acima das expectativas e dos números financeiros colhidos.

O desempenho expressivo acompanhou a reação da economia brasileira, com forte demanda por aço nos setores da construção civil, indústria, automotivo e de máquinas e equipamentos. O lucro líquido da ArcelorMittal em 2021 foi de R$ 12,4 bilhões, a receita líquida atingiu R$ 69 bilhões e o resultado operacional consolidado (EBITDA) chegou aos R$ 20,2 bilhões. A produção total de aços longos e planos foi de 13,4 milhões de toneladas e a de minério de 3,4 milhões de toneladas. Já o volume de vendas fechou o ano com 12,5 milhões de toneladas e 1,6 toneladas, respectivamente.

Vistas no futuro – Centenária e dona de um passado sólido, a companhia está segura para construir um futuro promissor e continuar contribuindo com o desenvolvimento econômico, social e sustentável do Brasil e de Minas Gerais. A projeção do mercado é de queda na produção e demanda de aço na América Latina e no mundo no curto prazo. Nos dois próximos anos serão necessários ajustes pontuais como redução de custos fixos, operacionais e incremento na qualidade dos produtos para adequar a esta realidade.

Inovação – A inovação é um dos pilares mais importantes da estratégia de negócio da empresa. A ArcelorMittal Brasil investe na busca de soluções inovadoras em aço e na melhor experiência para seus clientes. A empresa tem buscado, cada vez mais, fortalecer as conexões, o envolvimento de clientes e parceiros e a cocriação no ambiente de negócios.

O Brasil abriga um dos centros de pesquisas e desenvolvimento do Grupo ArcelorMittal no mundo. O centro – localizado na ArcelorMittal Tubarão, em Serra, no Espírito Santo – conta com pesquisadores e técnicos do Brasil. Outros, vindos de centros de pesquisa da ArcelorMittal na Europa e Estados Unidos, também se juntam à equipe para projetos especiais. O centro de pesquisas da ArcelorMittal atende às demandas das unidades de produtos planos e longos da América do Sul em três temas: desenvolvimento de produtos, desenvolvimento de processos e atendimento a clientes. O foco é nas inovações para as indústrias automotiva, máquinas e equipamentos, de energia (oleodutos e gasodutos, estruturas off-shore, torres eólicas), construção civil e eletrodomésticos.

Usina de Aços Planos - Tubarão – ES
Usina de Aços Planos – Tubarão – ES

Considerado o 1° hub de inovação aberta da indústria de aço no mundo, o Açolab completou quatro anos e consolida o objetivo de fomentar a inovação para o negócio de segmento de aços longos da ArcelorMittal no Brasil. O propósito de um dos principais laboratórios de inovação aberta do país, é cocriar soluções inovadoras que gerem valor para a empresa e para a sociedade. Para se ter uma ideia de volume de trabalho, o hub de inovação está conectado atualmente a mais de 8 mil startups (cerca de 50% do total de startups brasileiras).

O papel da inovação na estratégia do negócio foi reforçado em maio de 2021 com o lançamento do Açolab Ventures. O fundo irá investir mais de R$ 100 milhões em startups e pequenas empresas inovadoras. A estratégia do fundo é identificar startups que tenham solução validada e que desenvolvam novos negócios, produtos e serviços ou incorporem novas tecnologias para aumentar a competitividade e enriquecer a proposta de valor da cadeia da ArcelorMittal. As startups selecionadas relacionam- se às áreas de Siderurgia, Mineração, Construção Civil, Indústria, Sustentabilidade, Logística, Comercial, Varejo e Distribuição.

Já o Programa de Transformação Digital da ArcelorMittal – o iNO.VC – é o programa para o segmento de aços planos no Brasil tem como premissa acelerar a transformação digital da empresa ao colocar juntos empregados, startups e pessoas que estejam desenvolvendo projetos da área em meios acadêmicos em todo o país. Os empregados da ArcelorMittal são os protagonistas do processo e responsáveis após identificar oportunidades de inovação em suas áreas. Os projetos são voltados para o desenvolvimento de três unidades da ArcelorMittal em Vitória (ES), Contagem (MG) e São Francisco do Sul (SC).

Sustentabilidade – Para a ArcelorMittal, ser competitiva e prosperar no amanhã significa entender como o mundo está evoluindo, não só do ponto de vista econômico e de mercado, mas também em termos de megatendências sociais e ambientais que moldarão o futuro. Comprometida com a agenda ESG, a empresa acredita que o crescimento deve estar alinhado aos princípios de responsabilidade, integridade e sustentabilidade, gerando ganhos para a sociedade.

Nesse âmbito, algumas metas estão acordadas. Liderar a descarbonização na indústria do aço é uma delas. Globalmente, o Grupo ArcelorMittal foi pioneiro no setor ao lançar a meta de ser carbono neutro até 2050 e, como passo intermediário, reduzir em 25% suas emissões específicas até 2030. Até o momento, o Grupo já investiu cerca de 300 milhões de euros no desenvolvimento de tecnologias de carbono neutro pelos seus Centros de Pesquisa & Desenvolvimento. Também deverá investir cerca de 10 bilhões de dólares até 2030. Entre as iniciativas que serão desenvolvidas e implementadas pelas unidades no Brasil estão o aumento do uso de sucata como matéria-prima, a utilização de gás natural e a otimização do uso de carvão vegetal, além da melhoria da eficiência energética dos processos.

Também a gestão eficiente de energia é um compromisso de todas as unidades da ArcelorMittal Brasil. A empresa busca otimizar o uso dos recursos energéticos e aproveitar os potenciais disponíveis. Em 2021, fechou o ano com autogeração de 44% de energia, e a compra dos 90% restantes foi de matriz renovável. A meta é alcançar 100% de fontes renováveis até 2030.

Com relação à Diversidade e Inclusão, em 2021 foi lançada a meta de obter 25% de mulheres em posição de liderança até 2030. Além disso, a Fundação ArcelorMittal, que atua há mais de 30 anos, contribui para a formação cidadã de crianças e jovens, dedicando-se a três eixos prioritários: educação, cultura e esporte. De 2019 a 2021, foram investidos R$ 172,7 milhões nessas áreas, entre recursos próprios e Leis de Incentivo. Atualmente, a entidade é a maior investidora do esporte em Minas Gerais. Na última década, incluindo o valor aplicado por meio das Leis de Incentivo Estaduais, foram mais de R$ 47,5 milhões investidos em projetos que atenderam cerca de meio milhão de pessoas.

Estrutura

Brasil

Operação em cinco estados brasileiros: Minas Gerais, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro e São Paulo

Mais de 100 unidades de distribuição no território nacional

16 mil empregados

Capacidade de produção anual de 12,5 milhões de toneladas de aço bruto e 7 milhões de toneladas de minério de ferro

Minas Gerais

Três operações industriais no estado: Sabará, João Monlevade e Juiz de Fora

Duas plantas minerárias: Mina do Andrade, em Bela Vista de Minas, e Serra Azul, em Itatiaiuçu

Uma sede administrativa e uma empresa de Tecnologia da Informação (ArcelorMittal Sistemas), localizadas na capital mineira

Produção de carvão vegetal (BioFlorestas) em 16 municípios

ARCELORMITTAL

RAZÕES QUE JUSTIFICARAM A ESCOLHA DA ARCELORMITTAL BRASIL

como “Empresa Destaque do Ano de Minas Gerais – 2022”

 

RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA

1º – ArcelorMittal Brasil S.A…………………………………………………..   R$ 57.183,76

2º – FCA Fiat Chrysler Automóveis Brasil Ltda………………………….   R$ 49.548,70

3º – Usiminas – Usinas Siderúrgicas de M. Gerais S.A……………….     R$ 28.347,01

LUCRO LÍQUIDO

1º – ArcelorMittal Brasil S.A…………………………………………………..   R$ 12.841,59

2º – Usiminas – Usinas Siderúrgicas de M. Gerais S.A………………..   R$   9.070,52

3º – Anglo American Min. Ferro Brasil S.A………………………………. R$    8.550,60

PATRIMÔNIO LÍQUIDO

1º – Anglo American Min. Ferro Brasil S.A……………………………….. R$ 30.677,07

2º – Usiminas – Usinas Siderúrgicas de M. Gerais S.A………………… R$ 21.749,34

3º – ArcelorMittal Brasil S.A……………………………………………………. R$ 19.843,72

ATIVOS TOTAIS

1º – ArcelorMittal Brasil S.A…………………………………………………..     R$ 55.460,95

2º – FCA Fiat Chrysler Automóveis Brasil S.A……………………………   R$ 45.150,69

3º – Anglo American Min. Ferro Brasil S.A……………………………….   R$ 40.624,86

EBITIDA

1º – ArcelorMittal Brasil S.A…………………………………………………..     R$ 20.574,10

2º – Anglo American Min. Ferro Brasil S.A………………………………..   R$ 16.531,00

3º – Usiminas – Usinas Siderúrgicas de M. Gerais S.A………………..   R$ 12.473,20

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

Mercado Comum: Jornal on-line BH - Cultura - Economia - Política e Variedades

Rua Padre Odorico, 128 – Sobreloja São Pedro
Belo Horizonte, Minas Gerais 30330-040
Brasil
Telefone: (0xx31) 3281-6474
Fax: (0xx31) 3223-1559
Email: revistamc@uol.com.br
URL: https://www.mercadocomum.com/
DomingoAberto 24 horas
SegundaAberto 24 horas
TerçaAberto 24 horas
QuartaAberto 24 horas
QuintaAberto 24 horas
SextaAberto 24 horas
SábadoAberto 24 horas