Anglo American implanta relógios inteligentes para manter o distanciamento de empregados nas operações
Anglo American implanta relógios inteligentes para manter o distanciamento de empregados nas operações
Anglo American implanta relógios inteligentes para manter o distanciamento de empregados nas operações
Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

Anglo American implanta relógios inteligentes para manter o distanciamento de empregados nas operações

Tecnologia e gestão de dados podem ser importantes aliados no combate à pandemia. Com esse direcionamento, a Anglo American está utilizando de forma inovadora relógios inteligentes que já existem no mercado. A empresa passou a usar os aparelhos para manter o distanciamento mínimo de 1,5 metro entre seus empregados nas operações.

A mineradora distribuiu cerca de 10 mil relógios para empregados próprios e terceiros em suas plantas em Minas Gerais, Goiás e Rio de Janeiro. Os aparelhos foram programados para emitir um alerta – visual, vibratório e sonoro – sempre que se encontrarem a menos de 1,5 metro um do outro, avisando ao trabalhador que é necessário manter o distanciamento do colega.

Anúncio

Os equipamentos também permitem a realização de um rastreamento de contatos com 100% de confiabilidade nas unidades da empresa. Sempre que algum empregado testar positivo para Covid-19, a equipe de saúde entra em contato com todas as pessoas que registraram um encontro prolongado com aquele trabalhador para a tomada de medidas de prevenção, como exames e quarentena. Além disso, a empresa realiza testes periódicos em todos os empregados, tendo aplicado mais de 80 mil exames desde o início da pandemia.

A utilização dos relógios inteligentes mostra como a empresa busca soluções alinhadas às melhores práticas e tecnologias a nível global. Os equipamentos registram e transmitem apenas os contatos feitos com outros aparelhos. Eles não monitoram os passos dos empregados. Além disso, só funcionam nas dependências da empresa. As informações são guardadas de forma sigilosa apenas para análise da equipe de saúde, obedecendo à legislação vigente. “Nesse projeto, estamos aliando inteligência de dados e uma gestão de saúde assertiva para prevenção à Covid-19 em nossas unidades”, explica Siham Hassan, diretora de Tecnologia da Informação (TI) da Anglo American nas Américas.

Segundo ela, a conexão entre os relógios é feita por bluetooth e os dados são transmitidos por wi-fi sempre que o equipamento se conectar à rede da própria empresa. A partir daí, as informações são enviadas a um servidor específico e passam a compor um painel de acompanhamento da saúde na empresa, sendo utilizadas junto a diversos outros dados que direcionam as decisões da mineradora sobre a pandemia.

Aldo Souza, diretor Técnico, de Projetos e Sustentabilidade da empresa, ressalta que o principal objetivo é manter as equipes, seus familiares e as comunidades que recebem as operações da empresa seguras durante a pandemia. “Inovação é uma das principais diretrizes do grupo Anglo American. Estamos avaliando o uso dessa tecnologia em outros processos, além da gestão Covid-19. Isso pode ocorrer, por exemplo no controle de acessos a áreas industriais e outros aspectos na gestão do futuro do trabalho”, conta.

Chatbot

A Anglo American também implantou, durante a pandemia, um sistema de autoavaliação dos empregados sobre sintomas de Covid-19. Realizado via whatsapp por um chatbot chamado Vitória, o sistema envia questões sobre sua saúde todos os dias antes do trabalho. Os funcionários devem responder e, caso apresentem dois ou mais sintomas, recebem automaticamente a orientação de ficar em casa. A equipe de saúde da empresa é então acionada para direcionamentos e realização de teste de Covid-19.

Esse sistema é um suporte às demais medidas de saúde e segurança contra o coronavírus e incentiva os empregados a estarem atentos aos primeiros sintomas da doença. Ele também permite à área de saúde atuar de forma a prevenir a disseminação do vírus nas unidades.

A Anglo American é uma empresa líder global em mineração e os SEUS produtos são essenciais em quase todos os aspectos da vida moderna. O seu portfólio de operações competitivas de classe mundial, projetos em desenvolvimento e recursos não desenvolvidos, fornece metais e minerais para um mundo mais limpo, mais verde e mais sustentável, atendendo ao rápido crescimento das demandas de consumo das economias desenvolvidas e em desenvolvimento.

Como produtora responsável de diamantes (através da De Beers), cobre, metais do grupo da platina, minério de ferro e carvão metalúrgico e níquel, além do projeto de nutrientes naturais em desenvolvimento e operações de carvão térmico planejadas para desinvestimento, a empresa está comprometida em atingir a neutralidade nas emissões de carbono em nossas operações até 2040.

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades