Agostinho Patrus aponta alternativas para recuperação econômica de Minas
Agostinho Patrus aponta alternativas para recuperação econômica de Minas
40Agostinho Patrus aponta alternativas para recuperação econômica de Minas
Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

Em evento do setor de transportes, presidente da ALMG destaca importância do diálogo entre poder público e sociedade civil, tese corroborada pelo senador Rodrigo Pacheco 

O presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), deputado Agostinho Patrus (PV), participou da segunda edição do Conselho Nacional de Estudos em Transporte, Custos, Tarifas e Mercado (Conet&Intersindical) de 2021. O evento, realizado pela Associação Nacional do Transporte e Logística (NTC&Logística) nesta quinta-feira (5/8), reuniu empresários e representantes do setor de transporte de cargas, com objetivo de discutir alternativas viáveis para a recuperação econômica de Minas e do país.

Na solenidade, ocorrida na sede do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros Metropolitano, em Belo Horizonte, Agostinho Patrus destacou a mobilização de empresários e trabalhadores do transporte de cargas e de passageiros em Minas e no país que, apesar dos temores trazidos pela pandemia, seguiram cumprindo o seu papel “com muita coragem e eficiência para que os prejuízos não fossem ainda maiores”.

Anúncio

“Apesar de todas as preocupações, se não tivemos uma crise maior, a paralisia da sociedade, inflação por desabastecimento, inclusive de medicamentos e produtos hospitalares, é porque todos os dias um bravo trabalhador do setor de transporte acordou cedo e cumpriu seu dever. Enquanto muitos eram dominados pelo medo, foram eles que mantiveram o Brasil funcionando”, afirmou o presidente da Assembleia Legislativa.

Agostinho Patrus defendeu o diálogo entre poder público e sociedade civil como caminho fundamental para a retomada da economia e citou o filósofo romano Horácio ao lembrar que “o setor de transportes apresenta o que há de melhor diante das adversidades”. “Em nome da Assembleia Legislativa e de 22 milhões de mineiras e mineiros, cumprimento todos os transportadores do Brasil pela luta, pela garra e pela vontade de manter nosso país caminhando em frente por um futuro melhor para todos”, afirmou.

Importância do diálogo

O presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco, também participou da solenidade. Ao saudar os participantes do evento, lembrou a importância de se discutir estratégias para alavancar o progresso do país, o que deve passar necessariamente pelo setor de transportes. “É preciso gerar empregos e oportunidades através de uma ampla pauta de desenvolvimento econômico”, afirmou Rodrigo Pacheco.

O senador recorreu a uma declaração do presidente Agostinho Patrus, que em seu pronunciamento citou a importância da construção de alternativas por meio do diálogo. “As diferenças de entendimento são naturais, mas fica a lição da política mineira defendida pelo presidente da Assembleia, Agostinho Patrus, de todos sentarmos à mesa e dialogarmos, respeitando diferenças em busca de soluções”, disse Rodrigo Pacheco.

Também participaram do evento dezenas de dirigentes e representantes de entidades de classe ligadas ao setor. Referência no transporte de cargas, Minas Gerais possui a maior malha rodoviária do Brasil, com aproximadamente 16% da extensão nacional. No Estado há mais de 20 mil empresas de transporte rodoviário, que empregam cerca de 100 mil pessoas. Pelo território mineiro passam algumas das mais importantes rodovias federais, que fazem do Estado um entreposto entre os principais centros urbanos do Brasil.

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades