Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec nec mauris interdum, suscipit turpis eget, porta velit. Praesent dignissim sollicitudin mauris a accumsan. Integer laoreet metus

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

O tema corrupção, que há muito se destaca como um dos maiores problemas mundiais e se tornou um dos maiores obstáculos ao desenvolvimento das economias globais, foi o tema do almoço palestra organizado pela Associação de Dirigentes Cristão de Empresas – ADCE – em parceria com o SESI FIEMG no dia 18 de fevereiro.

O advogado Ordélio de Azevedo Sette, sócio-fundador da Azevedo Sette Advogados, falou sobre a “A Nova Lei Brasileira Anticorrupção” para os associados da ADCE e Fiemg e convidados.

A partir desta nova lei, empresas envolvidas em corrupção terão punições mais severas. Focada no corruptor, a nova legislação determina que as companhias devolvam aos cofres públicos os prejuízos causados por atos ilícitos, além de estipular a aplicação de multas e até o fechamento delas em casos mais graves. As companhias também serão responsabilizadas por atos ilícitos dos seus funcionários, ao contrário do que ocorria.

Anúncio

Especificamente em relação à nova lei anticorrupção, a ADCE entende que as leis são necessárias para ordenar a vida em sociedade, mas não são suficientes, pois o que assegura o correto agir das pessoas são os valores que trazem dentro de si.

Mercado Comum Jornal on line BH Cultura Economia Política e Variedades

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *