Destaques do Mundo Empresarial

Manifesto da ACMinas declara apoio à Reforma da Previdência

A PEC da Reforma da Previdência já iniciou sua tramitação na Câmara Federal. Sua aprovação, contudo, não pode depender apenas dos parlamentares. Nós, empresários, devemos influir de maneira ativa e decisiva na sua tramitação, exigindo dos deputados que elegemos considerar seriamente a necessidade, não só de aprová-la com a maior rapidez possível como, também, de preservar a sua qualidade e efetividade.

       

O que esperamos da Nova Previdência:

  • Que dê sustentabilidade ao sistema. O déficit da Previdência é maior que os orçamentos da Saúde e da Educação somados. Sem a Reforma, chegará inevitavelmente o momento em que Brasil estará falido e não haverá como manter os benefícios, pensões e aposentadorias. Trata-se, simplesmente, de assegurar o futuro.
     
  • Que reduza substantivamente o seu peso no orçamento. Hoje a Previdência, sozinha, é responsável por quase 60% dos gastos do Governo Federal. Se a Petrobras inteira for vendida hoje, pelo valor de mercado, o dinheiro da venda não cobriria nem um ano do déficit da Previdência.
  • Que busque o equilíbrio das contribuições de todas as categorias: serviço público, políticos e iniciativa privada. Trata-se da promoção de justiça social.
     
  • Que promova o equilíbrio fiscal do Brasil, criando ambiente propício aos investimentos, tanto da iniciativa privada quanto governamentais, fatores determinantes do crescimento sustentado, pilar da modernização do País. 


A Associação Comercial e Empresarial de Minas – ACMinas – leva aos seus vice-presidentes, diretores, associados e a toda a comunidade empresarial mineira a sua mensagem de otimismo e alinha-se aos esforços pela aprovação da Reforma, com a necessária rapidez e a preservação de seus fundamentos – e enfatiza o papel aglutinador que exerce em sua defesa. Ela é essencial para que o Brasil retome taxas de crescimento condizentes com o seu potencial e com as aspirações de um futuro de prosperidade.

 
Com isto, a ACMinas manifesta sua decisão de participar de maneira ativa deste debate, aglutinando os esforços de todos os segmentos sociais e corporativos em favor das mudanças.

 

 

Siga o MercadoComum