Inovação Tecnológica e Meio Ambiente

LafargeHolcim reaproveita em torno de 85% da água usada na produção

LafargeHolcim reaproveita em torno de 85% da água usada na produção

LafargeHolcim comemora o Dia Mundial da Água deste ano (22 de março) com dados que reforçam o compromisso da empresa com o meio ambiente. A empresa recircula em torno de 85% da água utilizada no processo produtivo em todas as suas unidades no Brasil. O processo representa uma economia anual de 11 milhões de m³ de água – o equivalente ao consumo quinzenal na cidade do Rio de Janeiro, que tem cerca de 6,7 milhões de habitantes. Além disso, a indústria de cimento promove o aproveitamento da água da chuva, retendo-a para uso na fabricação e umidificação de vias.

A LafargeHolcim mantém, em âmbito global, programas internos que balizam como os recursos hídricos devem ser geridos, captados, tratados e utilizados nos processos, tais como a Diretriz de Água, o Protocolo de Água e o Plano de Gestão de Águas. Adicionalmente, a empresa lançou, em 2015, o Plano 2030, no qual está prevista a redução de 20% no uso de recursos hídricos, dentre outros desafios.

A atenção da LafargeHolcim com a água não é recente. Um exemplo é a unidade de Pedro Leopoldo, que desde a década de 90 implementa ações para recuperação de água e, atualmente, atinge índices de recirculação acima de 90%.

Sobre a LafargeHolcim

A LafargeHolcim é a empresa líder mundial em materiais de construção e soluções que atende pedreiros, construtores, arquitetos e engenheiros em todo o mundo. As operações do Grupo produzem cimento, agregados e concreto que são usados em projetos de construção que vão desde moradias populares e pequenos projetos locais até os maiores e mais tecnicamente desafiadores projetos de infraestrutura. Como a urbanização impacta cada vez mais pessoas e o planeta, o Grupo oferece produtos inovadores e soluções construtivas com um claro compromisso com a sustentabilidade social e ambiental. Com posições de liderança em todas as regiões, a LafargeHolcim emprega cerca de 90 mil funcionários em mais de 80 países e tem presença equilibrada entre mercados desenvolvidos e maduros.

 

 

Siga o MercadoComum