*Carlos Alberto Teixeira de Oliveira – Administrador, Economista e Bacharel em Ciências Contábeis. Presidente da ASSEMG-Associação dos Economistas de Minas Gerais.  Ex-Presidente do BDMG e ex-Secretário de Planejamento e Coordenação Geral de Minas Gerais; Coordenador Geral do Fórum JK de Desenvolvimento Econômico e Vice-Presidente da ACMinas – Associação Comercial e Empresarial de Minas. Presidente/Editor Geral…

Seu Dinheiro

1 de setembro de 2020 0

Fernando Soares Rodrigues* Busca por melhores ganhos Os juros básicos da economia, a taxa Selic, no menor patamar histórico de 2% ao ano, e a previsão de inflação ao término de 2020 abaixo deste percentual determinam o comportamento dos investidores. Para o investidor estrangeiro acabou a grande atratividade histórica da renda fixa no Brasil, na…

E depois do auxílio emergencial?

1 de setembro de 2020 0

”E daqui para a frente? O coronavírus continua implacável, causando doença e ceifando vidas. Mas, tanto o auxílio emergencial quanto as medidas trabalhistas vão acabar antes de o mercado de trabalho se recuperar” José Pastore* As fraudes no recebimento do auxílio emergencial podem ser consideradas esperadas em face da urgência que se fez necessária para…

Reforma Tributária precisa atacar a burocracia e corrigir séries distorções em que quem fatura menos acaba pagando proporcionalmente mais do que os que ganham mais O Brasil tem o sistema tributário mais complexo e mais caro do mundo, conforme aponta estudo divulgado em setembro do ano passado pelo Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT).…

José Aparecido Ribeiro* Ao assumir a presidência da Associação Brasileira de Jornalistas Especializados em Turismo – Abrajet-MG, faço com a consciência de que o turismo vive a mais severa de todas as crises em virtude da pandemia do Coronavírus. Foi de longe o setor mais afetado pelo inesperado cataclismo global. A indústria sem chaminés que…

Minas e o tempo

1 de setembro de 2020 0

Paulo Brant* Milton Campos se referia à política como sendo o “difícil caminho do meio”. Teófilo Ottoni acreditava apenas no desafiador caminho reto. Tancredo Neves saia em campo e pavimentava o improvável caminho das diferenças. José Aparecido de Oliveira tangenciava o sinuoso caminho dos interesses e JK enxergava o luminoso caminho do tempo. Cada um…

Segundo o relatório de pesquisa (parcial) do Insper sobre tributação da renda no Brasil, o sistema tributário brasileiro é ineficiente e injusto: institui distorções que podem induzir a alocação ineficiente de recursos e sobrecarrega a renda do trabalho, sobretudo dos trabalhadores menos qualificados. Assim, o Brasil consegue ter a maior carga tributária do mundo sobre…