Oferta de emprego

16 de julho de 2018 0

Pedro da Lica tocava sua vidinha lá em Dores na maior tranquilidade. Muito estimado, tinha entrada em qualquer roda, todo mundo apreciava suas papeatas. Se perguntavam o que andava fazendo, bem que podia responder como um outro sujeito, meio colega dele: –  “Tretas.” Entre seus diversos amigos, um era muito importante: o Doutor Francisco Campos,…

Carona

17 de maio de 2018 0

O caminhoneiro vinha sozinho. Carga pesada, viagem vagarosa, vontade de poder conversar. Na baixada logo depois do Rio Pará, numa reta mais comprida, avistou um homem fazendo sinal. Diminuiu a velocidade, reduziu a marcha, foi encostando. O mercedão sacolejou, deu uma suspirada, parou.   – Vai pra onde, compadre? – Lages, Santa Catarina. – Rumo…

A borracha e a constituinte

26 de março de 2018 0

Observando o filho fazer o para-casa, Terezinha pensa, divertida: “Esse menino é fogo na roupa”. Ele ia lendo as perguntas em voz alta, imediatamente cantava a resposta, logo passada para o papel. O que aconteceu com os Inconfidentes? Mor-reram todos. Enquanto escrevia, ia falando: “A professora não vai poder achar ruim. Depois de tanto tempo,…

O Alazão do Doutor

3 de janeiro de 2018 0

O Alazão do Doutor A primeira mensagem no celular é do Edgardzi-nho, o fraterno amigo Edgard Penna Amorim, desem-bargador presidente do Tribunal Regional Eleitoral, de cujo pai e xará herdou a cordial integridade e o inarre-dável compromisso ético. Às duas e meia da madru-gada, comunicava o falecimento do Prof. José Carlos Monteiro de Moura, de…

Como vivem as pessoas

24 de outubro de 2017 0

Olavo Romano olavoromano@task.com.br   O velho jipe largou o asfalto e pegou a estrada de terra. Tudo correndo normal, com hora e meia entra-vam em Santa Maria. Os dois casais eram estrangei-ros e iam apreciando a paisagem: região montanhosa, terra fraca, campo ralo e cerrado. De vez em quando uma fazenda com capineiras perto da…

Eta eguinha boa!

1 de agosto de 2017 0

Olavo Romano – olavoromano@task.com.br Tio Sebastião chegou da Serra, quatros léguas batidas. Desarreou a Princesa, jogou-lhe água no lombo, que ela sacudiu com prazer. Passou a raspadeira e tirou o cabresto. Enquanto a égua se refestelava rolando no curral, enquanto esperava a hora de comer milho no cocho, ele colocou o enxergão pra secar, guardou…

Lembrando Victor Nunes Leal

1 de julho de 2017 0

Olavo Romano (olavoromano@task.com.br) A palestra e o lançamento do livro "Crimes Políticos – A Hermenêutica de Victor Nunes Leal no STF", do jurista e professor Aurélio Wander Bastos, seriam à noite na Academia Mineira de Letras. Aristoteles Atheniense, sempre gentil e agregador, ofereceu um almoço no restaurante Príncipe de Gales, do Automóvel Clube, em homenagem…

Olavo Romano | olavoromano@task.com.br Todo ano, em novembro, eu começo a percorrer feiras, sacolões e supermercados atrás de manga ubá, delícia que marca o meu Natal – mais do que as nozes, castanhas e avelãs, neve de isopor, o velho de barba branca fazendo rou-rou-rou enquanto tira foto com crianças ao som de estridentes gingolbéis.…

A forte brisa que sopra

4 de setembro de 2015 0

Por: Olavo Romano olavoromano@task.com.br Na lida de roça e gado, Zé da Brígida era ligeiro, era pau pra toda obra. Jeitoso com gente e bicho, virou um bom retireiro. De dia ele dava duro, de noite era sanfoneiro. Tirava da sanfoninha cada moda, uma beleza! Do chamado pé-de-bode, oito baixos afinados, saiam, encarreiradas, as melodias…

Milagres e enganos

24 de julho de 2015 0

Na sala de espera para o exame ergométrico, encontro Alexandre Paulineli, que, dez anos antes, tivera uma “esquimiazinha”. Lembra as eleições de 1986, Itamar e Aécio Cunha disputando com Newton e Júnia Marise o governo estadual, seu pai eleito deputado federal constituinte com mais de 50.000 votos. Havia um comício em Lavras, previsto para as…