*

Com 47 anos de experiência, a Localiza atua no segmento de aluguel de veículos, com presença em  608 agências nas 404 maiores cidades e aeroportos do Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai e Uruguai. A frota total da Localiza Rent a Car, Localiza Franchising, Localiza Gestão de Frota é de 325 mil veículos. A Localiza Seminovos é o braço de venda de veículos do grupo, com 124 lojas em 85 cidades.

Em 2019, a Localiza alcançou lucro líquido recorde de R$ 847,5 milhões, 28,6% superior ao exercício do ano anterior. A Companhia também registrou incremento de 33,7% da receita líquida, totalizando R$ 10,5 bilhões. A empresa concluiu o ano com uma frota de 323.361 carros.

Em 2020, a empresa anunciou importante fusão com a Unidas, ampliando sua liderança no segmento. Porém, a Localiza registrou no segundo trimestre um lucro líquido de R$ 90 milhões, com queda de 52,7% em relação aos R$ 190,1 milhões apurados no mesmo período de 2019. Os dados do ano anterior, de acordo com a companhia, consideram o efeito da reclassificação dos créditos de PIS e Cofins referentes ao período.

O principal fator que contribuiu para o baixo desempenho do período foi a pandemia de Covid-19, que reduziu a atividade das áreas de locação e seminovos. A receita líquida também registrou queda de 31,7% no período e fechou em R$ 1,5 bilhão, impactada pelo aumento da depreciação, despesas financeiras líquidas em função do aumento do saldo médio da diívida líquida no trimestre, compensada pela menor taxa de juros.

A frota média alugada no período caiu 8% a 108.307 unidades. A receita líquida caiu 30,2% devido a redução de 24% na diária média, em razão de descontos adicionais e mudanças de mix. A venda de veículos seminovos caiu 40,4% e a receita líquida da Localiza Seminovos recuou 40,1% intervalo. Já a divisão de Gestão de Frotas apresentou crescimento de 14% no volume de carros alugados no período, com crescimento de 15% da receita.

O lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA) em 2020 recuou 13%, para R$ 414,8 milhões. O resultado foi prejudicado por custos extraordinários decorrentes de incidente de tecnologia, do ajuste do quadro e das doações para apoio no enfrentamento da pandemia, que somaram cerca de R$ 39 milhões.