Olá,
 
Temos a satisfação de lhe encaminhar a edição 09/2020, período de 11 a 25 de maio de 2020, de MercadoComum Notícias Online.

Para acessar a edição basta clicar no botão abaixo.
 
Acesse aqui a edição completa
 

Carlos Alberto Teixeira de Oliveira – Editor Geral

 

EDIÇÃO MC ONLINE 09/2020

Belo Horizonte – MG – 11 a 25 de maio de 2020.

DESTAQUES DA EDIÇÃO: 

Gripe Asiática e Covid-19:
Pandemias parecidas e que já mataram até presidente do Brasil

A Gripe Asiática de 1956/1958 e a Covid-19 dos tempos atuais

Já se dizia que a história é sempre a mesma, só muda os personagens e, um povo que não a conhece, está condenado a repeti-la. Sim, é a pura verdade!

Foram várias as pandemias que assolaram a humanidade A pandemia do novo coronavírus é a bola da vez. O Covid-19 infectou, de acordo com a Organização Mundial da Saúde, mais de 4 milhões de pessoas no mundo até o dia 9 de maio, causando mais de 280 mil mortes. O Brasil está 6º lugar entre os países com mais mortes confirmadas: 10.627 pessoas já haviam morrido em decorrência da covid-19 no país, de acordo com o Ministério da Saúde e, naquele dia, o número de contaminados alcançava 155.939 pessoas. Os Estados Unidos lideram o ranking mundial, com 1.274.036 ocorrências de contaminações e 77.034 mortes constatadas provocadas pelo vírus covid-19, até o dia 9 de maio último.

O cenário atual é semelhante ao que já aconteceu em outros momentos da humanidade, em que doenças se espalharam pelo mundo e causaram estragos.

O Brasil já teve até um presidente que morreu por causa do vírus do surto chamado Gripe Espanhola. Trata-se de Rodrigues Alves, que havia sido eleito presidente do Brasil, pela segunda vez, em 1º de março de 1918. Acometido pela doença, não pode tomar posse no dia 15 de novembro de 1918, tendo seu vice, Delfim Moreira (1868 – 1920), assumido o cargo em seu lugar. Rodrigues Alves faleceu meses depois, em janeiro de 1919, confinado em sua casa na rua Senador Vergueiro, no Rio de Janeiro.

Em 1957, houve um surto de um vírus conhecido como gripe asiática, que se desenvolveu no norte da China, na província de Guizhou e avançou para Ásia, Oceania, África, Europa e Estados Unidos. Alastrou-se mundo afora em dez meses, principalmente por terra e mar.

À época, Juscelino Kubitschek de Oliveira, que era médico e exercia o seu mandato como Presidente da República  proferiu um pronunciamento sobre o “Surto da chamada Gripe Asiática, transmitido do Rio de Janeiro à Nação, através da Voz do Brasil, em 08 de agosto de 1957. Leia esse pronunciamento e conheça, também,  algumas das principais pandemias que assolaram o planeta. LEIA MAIS NA EDIÇÃO COMPLETA DE MC.

A dramática e crítica situação das finanças públicas de Minas Gerais

Qualquer análise que se queira elaborar, presentemente, em relação às contas públicas do Estado de Minas Gerais, não pode desconsiderar o pressuposto da existência de alguns relevantes fatores antecedentes que provocaram a situação atual – além da repercussão, principalmente, de várias decisões governamentais federais, que imputaram pesados ônus aos cofres estaduais.

Recessão econômica dos anos 2015 a 2017

Perdas com a Lei Kandir

Renegociação dos termos e dívida de Minas Gerais com a União

Expansão dos gastos com o funcionalismo público estadual

Explosão das despesas previdenciárias com o funcionalismo público estadual

Torna-se necessário o entendimento de que, em boa medida, a situação atual deriva de várias circunstâncias estruturais mas, também, é relevante explicitar o grau de influência de vários aspectos conjunturais anteriores -provocados por decisões incorretas tomadas pelo Executivo estadual, como a realização de inúmeras obras faraônicas e desnecessárias, gastos despudorados em publicidade e falta de visão de futuro, como ainda, a incompreensão, falseamento e desentendimento em relação a questões graves e complexas, como é o caso das aposentadorias e da previdência do funcionalismo público estadual.

O governo Romeu Zema não pode ser considerado responsável ou culpado pela atual crítica, dramática e falimentar  situação das contas públicas de Minas, que serão, ademais, impactadas significativa e negativamente pelos efeitos  diretos sobre a arrecadação tributária estadual, provocados pela pandemia Covid-19 e, ainda, de repercussão imprevisível.

Um estudo amplo sobre a situação das contas do Estado de Minas Gerais é apresentado, nesta edição de MercadoComum buscando oferecer, a seus leitores, o conhecimento da sua realidade para se permitir uma reflexão isenta, despolitizada e, principalmente desideologizada das suas circunstâncias presentes. LEIA MAIS NA EDIÇÃO COMPLETA DE MC.

FIEMG estima queda de 7% do PIB mineiro em 2020 diante da pandemia da Covid-19

A intensidade e a extensão dos impactos econômicos resultantes da pandemia do novo coronavírus ainda são desconhecidas, mas especialistas da Federação das Indústrias de Minas Gerais (FIEMG) projetam que o Produto Interno Bruto (PIB) mineiro terá uma queda, em 2020, de 7%. Na avaliação nacional, a queda do PIB deverá ser de 5,7%. LEIA MAIS NA EDIÇÃO COMPLETA DE MC.

Bolsonaro pode levar o país à ingovernabilidade

Artigo de autoria de Luiz Carlos Borges da Silveira (médico, empresário e professor. Foi Ministro da Saúde e Deputado Federal. Como ministro foi o criador do “Zé Gotinha”) explicita que “ O governo Bolsonaro caminha para uma situação insustentável com risco de ingovernabilidade auto-preparada pelo estilo descomedido do presidente, não raro coadjuvado pelos filhos.  A mim a postura do presidente não surpreende. Conheci Jair Bolsonaro quando ele foi eleito pela primeira vez deputado federal em 1990 pelo PDC, partido do qual na época eu era o presidente nacional. Tratava-se de uma pessoa de trato muito difícil. Sua passagem pela Câmara Federal foi marcada por uma personalidade controversa e atitudes claramente populistas, o que de certa forma o ajudaria na campanha presidencial.” LEIA MAIS NA EDIÇÃO COMPLETA DE MC.

RELAÇÃO DAS MATÉRIAS DESTA EDIÇÃO:

01 – Gripe Asiática e Covid-19: pandemias parecidas e que já mataram até presidente do Brasil

02 – Evolução da Covid-19 – Brasil x Mundo

03 – Heróis e Jalecos

04 – DEBATE ECONÔMICO – A dramática e crítica situação das finanças públicas de Minas Gerais

05 – FIEMG divulga novas estimativas econômicas diante da pandemia da Covid-19

06 – Máquinas e Equipamentos apontam para recessão prolongada na Indústria brasileira

07 – Até final de maio, 42,8% dos transportadores devem reduzir quadro de empregados

08 – Brasileiros sem rendimentos e empregos por conta da pandemia somam 41%

09 – Retomada das conversações diminui tensão entre EUA e China

10 – Produção da Kinross chega a 567 mil onças

11 – Fitch rebaixa para negativa a perspectiva de nosso rating, que segue em BB-

12 – Condomínios do Rio de Janeiro registram a maior inadimplência da série histórica

13 – PEC Orçamento de Guerra e ajuda aos estados e municípios são aprovados

14 – AMM: Esclarecimento à população mineira sobre o auxílio emergencial federal aos municípios

15 – Tarifas e serviços da Cemig são tema de debate presidido por Agostinho Patrus

16 – Ventiladores pulmonares inteligentes desenvolvidos em MG estão próximos de se tornar realidade

17 – Tribunal de Contas mineiro atua para minimizar impactos da pandemia na Educação

18 – Parceria entre Stefanini e BDMG

19 – Bolsonaro pode levar o país à ingovernabilidade

20 – BLOG DO PCO – Legislativo e Judiciário sob ataque de todos

21 – O novo cenário político em tempos de pandemia

22 – Governos sacrificam a transparência pública durante a pandemia

23 – Micro e Pequenas empresas – Fator de desenvolvimento e estabilidade social

24 – Sebrae e BID divulgam canal para pequenos negócios expandirem vendas no exterior

25 – Copom reduz cautela, corta Selic em 75 pontos-base e sinaliza que outro corte, de até 75 pontos-base, será promovido na próxima reunião

26 – Redução da taxa Selic para 3,0% na visão da ACMinas

27 – Corte na Selic pode não aumentar consumo, e deve afastar capital estrangeiro diz especialista

28 – Banco Central anuncia a Regulação do Sistema Financeiro Aberto no Brasil

29 – Política Monetária e retomada do crescimento no Brasil

30 – Credit Suisse atualiza tendências de investimento de longo prazo diante de cenário de pandemia sem precedentes

31 – Operações de barter podem ajudar o agricultor a planejar a próxima safra

32 – Rede Mater Dei implanta mais uma ação contra o coronavírus

33 – Liberalismo ganha força: Brasil perde apenas para EUA

34 – Pandemia: o caminho é a negociação!

35 – O papel da análise de dados na transformação digital

36 – Pesquisa inédita da Voxy aponta impactos da covid-19 no mundo corporativo na América Latina

37 – 69% dos brasileiros acreditam que o pior cenário da pandemia no Brasil ainda está por vir

38 – Conhecimento em qualquer hora e lugar: Sistema FAEMG lança plataforma em EaD com mais de sessenta vídeos-aulas para o agronegócio

39 – Número de desempregados nos EUA fica abaixo do esperado, mas dados ainda causam preocupação

40 – Barômetros Econômicos Globais: crise se aprofunda

41 – Emissões no mercado de capitais somam R$ 33,7 bilhões em abril

42 – Dia Mundial da Língua Portuguesa

43 – Indicadores de Recursos Humanos: uma visão estratégica

BOA LEITURA!

 

Publicação Nacional de Economia, Finanças e Negócios

Editor Geral:
Economista Carlos Alberto Teixeira de Oliveira

Administrador, Economista e Bacharel em Ciências Contábeis, com vários cursos de pós-graduação no país e exterior. Presidente da ASSEMG-Associação dos Economistas de Minas Gerais.  Ex-Executive Vice-President e CEO do Safra National Bank of New York – New York/USA. Ex-Presidente do BDMG – Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais S.A. e ex-Secretário de Planejamento e Coordenação Geral de Minas Gerais. Ex-Presidente da ABDE-Associação Brasileira de Desenvolvimento e do IBEF Nacional – Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças. Ex-Reitor da Faculdade Estácio de Sá de Belo Horizonte. Vice-Presidente da ACMinas – Associação Comercial e Empresarial de Minas e Coordenador-Geral do Fórum JK de Desenvolvimento. Autor de vários livros, entre os quais “Juscelino Kubitschek: Profeta do Desenvolvimento – Exemplos e Lições ao Brasil do Século XXI”.  Presidente/Editor Geral de MercadoComum – Publicação Nacional de Economia, Finanças e Negócios – ora em seu 27º ano. Autor de vários livros, entre os quais a coletânea de 3 volumes e 2.336 páginas, intitulada “Juscelino Kubitschek: Profeta do Desenvolvimento – Exemplos e Lições ao Brasil do Século XXI”.

MinasPart Comunicação, Ltda.
www.mercadocomum.com  –  Fone: (031) 3281-6474

Informações: revistamc@uol.com.br
Rua Padre Odorico, 128 – 10º andar – São Pedro – 30.330-040 – Belo Horizonte – Minas Gerais