Brasileira tem 23 anos de atuação na empresa e terá como foco a saúde do consumidor por meio da inovação

A primeira mulher a liderar a Philips na América Latina é Fabia Tetteroo-Bueno. Ela passa a ocupar o cargo de vice-presidente e diretora geral da organização nessa região. Fabia substituiu David Reveco Sotomayor, que deixa a companhia para iniciar uma próxima etapa da sua carreira, após 20 anos na Philips.

“A profunda experiência de Fabia, sua bagagem internacional e sua capacidade de liderança a chancelam para dar continuidade à nossa jornada de transformar o futuro da saúde nos países latino americanos, fornecendo soluções integradas e possibilitando melhores resultados para a nossa estratégia de health continuum”, diz diretor de mercados internacionais e membro do comitê executivo da Royal Philips, Henk de Jong.

Fabia Tetteroo-Bueno será responsável pela implementação da estratégia da Philips para a saúde do consumidor e para os negócios do setor da saúde na América Latina e por fortalecer ainda mais a posição de liderança da companhia em tecnologia da saúde por meio de um crescimento rentável consistente, além de se tornar uma voz importante para melhorar a vida das pessoas em uma região na qual aproximadamente 30% delas não têm acesso a um atendimento médico de qualidade.

Em seu cargo anterior como chefe de vendas de marketing empresarial para Personal Health, que são as marcas de cuidados pessoais, na América Latina, Fabia promoveu diferentes iniciativas para possibilitar uma vida mais saudável, com propostas conectadas e focadas em rotinas saudáveis e cuidados domiciliares e sólidos resultados em toda a região.

Recentemente, a executiva completou 23 anos de trajetória profissional na Philips, tendo ocupado vários cargos de nível sênior em gestão geral e vendas & marketing. Seu histórico profissional apresenta um misto de B2C e B2B, em diversos países, como China, Alemanha, Filipinas, Países Baixos e, nos últimos quatro anos, na América Latina.

Nascida no Brasil, Fabia está muito disposta para ficar à frente da missão da Philips de melhorar a vida das pessoas na região por meio da inovação. Ao resumir seu próprio estilo de gestão, a executiva se descreve como “motivada por um propósito, orientada ao desempenho”. “Acredito que devemos ter um relacionamento muito próximo com nossos clientes para entender como podem atender melhor aos seus consumidores e pacientes. Quero me certificar de que todos nós, na Philips, estamos cientes de como impactamos positivamente a vida das pessoas na América Latina com nossas inovações para o bem-estar, prevenção e saúde. Liderar com um propósito é o meu lema”, diz.