Este ano Minas Gerais completa os 300 anos da criação da Capitania de Minas, separando-a da Capitania de São Paulo, a que estava integrava desde 1709. Em comemoração a esse fato histórico, a Associação Comercial e Empresarial de Minas, por meio dos seus Conselhos Empresariais de Cultura, Turismo e Comunicação, está lançando a marca da campanha com a qual a entidade destacará, durante todo o ano, o tricentenário do Estado.

A data enseja, além das comemorações, estudos, debates e análises sobre os três séculos da História de Minas, sua evolução política, econômica, social e cultural, as dificuldades que encontra para seu pleno desenvolvimento, assim como a contribuição do Estado para a formação da nacionalidade brasileira. É também um momento extremamente oportuno para estudos e reflexões sobre as dificuldades por que passa o Estado e, principalmente, para projetar o seu futuro.

Segundo o presidente da ACMinas, Aguinaldo Diniz Filho, a entidade está comprometida com as comemorações, confiante de que a discussão desses três séculos da história de Minas, sua origem e evolução econômica, social e cultural orientem compromissos com  um novo ciclo de desenvolvimento mineiro. “A ACMinas trabalha na mobilização do empresariado e na conscientização da sociedade civil. Está empenhada na realização de um Seminário de discussão dos trezentos anos de Minas  e vem tendo iniciativas  de contatos  nas áreas do Executivo Estadual, do Legislativo e dos setores Acadêmico e Empresarial”, disse.

Minas 300+

A marca, Minas 300+, criação da agência FazCom,  retrata as montanhas de Minas e as comemorações do passado, assim como  o comprometimento com a construção do novo desenvolvimento e o futuro.