A programação cultural da Casa de Juscelino, em Diamantina, estreou no último fim de semana, com shows de Affosinho Heliodoro, Mariana Nunes, Seresta de Diamantina e Jazz Band.

O repertório foi todo inspirado no ex-presidente Kubitschek. A iniciativa é resultado de um projeto, viabilizado por meio da Lei de Incentivo à Cultura, com patrocínio da Cemig, que por meio de uma agenda artística e informativa busca resgatar o legado histórico e cultural de JK para a cidade e para o Brasil. As atrações culturais, que incluem shows, oficinas e palestras, são conduzidas pela Nó de Rosa Produções, e acontecem até março de 2020.

A administração do memorial é de Serafim Jardim, amigo pessoal de JK. A verba arrecadada com a visitação e com a participação nas atividades será destinada para a manutenção da casa, que há 35 anos é um dos principais pontos turísticos de Diamantina. Também é possível contribuir com a preservação do espaço, por meio da vaquinha online, disponível no: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/reabertura-da-casa-de-juscelino-serafim-melo-jardim. Mais informações no casadejuscelino.com.br.